Incêndio em museu no Rio de Janeiro alerta para condições de equipamentos no Ceará

SEGURANÇA

Incêndio em museu no Rio de Janeiro alerta para condições de equipamentos no Ceará

De acordo com o chefe do setor de análise de projetos do Corpo de Bombeiros, no estado ainda não foi detectado nenhum equipamento em situação critica

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

3 de setembro de 2018 às 16:56

Há 9 meses
Museu Nacional do Rio de Janeiro em referência a Incêndio em museu no Rio de Janeiro alerta para condições de equipamentos no Ceará

Os museus devem obedecer a critérios de manutenção e segurança (FOTO: Tânia Rego/ Agência Brasil)

O incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro acendeu o alerta para a manutenção dos equipamentos públicos no Ceará e em todo o país.

De acordo com o chefe do setor de análise de projetos do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Wagner, no Ceará ainda não foi detectado nenhum equipamento em situação crítica em relação aos protocolos de segurança.

“O que a gente tá pensando com tudo isso é que ele faz o alerta geral não só Ceará, mas em todo o país acerca das condições de instalação e funcionamento desse equipamento público”.

Ainda de acordo com o tenente-coronel, todas as edificações, inclusive os museus, devem obedecer a critérios de manutenção e segurança, com os devidos certificados permanentemente atualizados.

Os equipamentos devem seguir alguns critérios na análise das edificações. “E passa aqui para que as condições de segurança sejam verificadas. A gente entra não só nos itens básicos como também nos sistemas mais complexos, como sistema de detecção de alarme”.

Ele ainda comenta que a avaliação é feita de acordo com sua dimensão. “São necessários sistemas de detecção, de alarme e brigada contra incêndio. Todos esses elementos são avaliados, apurados e dimensionados de acordo com o tamanho, área construída”.

O incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro foi controlado na madrugada desta segunda (3). Grande parte da estrutura do prédio era de madeira e o acervo tinha muito material inflamável.

Confira áudio de Jackson de Moura para a Tribuna BandNews FM:

Publicidade

Dê sua opinião

SEGURANÇA

Incêndio em museu no Rio de Janeiro alerta para condições de equipamentos no Ceará

De acordo com o chefe do setor de análise de projetos do Corpo de Bombeiros, no estado ainda não foi detectado nenhum equipamento em situação critica

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

3 de setembro de 2018 às 16:56

Há 9 meses
Museu Nacional do Rio de Janeiro em referência a Incêndio em museu no Rio de Janeiro alerta para condições de equipamentos no Ceará

Os museus devem obedecer a critérios de manutenção e segurança (FOTO: Tânia Rego/ Agência Brasil)

O incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro acendeu o alerta para a manutenção dos equipamentos públicos no Ceará e em todo o país.

De acordo com o chefe do setor de análise de projetos do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Wagner, no Ceará ainda não foi detectado nenhum equipamento em situação crítica em relação aos protocolos de segurança.

“O que a gente tá pensando com tudo isso é que ele faz o alerta geral não só Ceará, mas em todo o país acerca das condições de instalação e funcionamento desse equipamento público”.

Ainda de acordo com o tenente-coronel, todas as edificações, inclusive os museus, devem obedecer a critérios de manutenção e segurança, com os devidos certificados permanentemente atualizados.

Os equipamentos devem seguir alguns critérios na análise das edificações. “E passa aqui para que as condições de segurança sejam verificadas. A gente entra não só nos itens básicos como também nos sistemas mais complexos, como sistema de detecção de alarme”.

Ele ainda comenta que a avaliação é feita de acordo com sua dimensão. “São necessários sistemas de detecção, de alarme e brigada contra incêndio. Todos esses elementos são avaliados, apurados e dimensionados de acordo com o tamanho, área construída”.

O incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro foi controlado na madrugada desta segunda (3). Grande parte da estrutura do prédio era de madeira e o acervo tinha muito material inflamável.

Confira áudio de Jackson de Moura para a Tribuna BandNews FM: