Ex-alunos do 7 de Setembro criam grupo de Carnaval que usa antiga farda

GRUPO DE FACEBOOK

Ex-alunos do 7 de Setembro criam grupo de Carnaval que usa antiga farda

O que era para ser apenas um bloquinho de Carnaval, se transformou em uma onda de nostalgia com quase 10 mil pessoas

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

18 de janeiro de 2017 às 10:47

Há 2 anos
setembrinos-na-avenida

Amigos foram fantasiados para Olinda com antiga farda (FOTO: Reprodução)

A saudade dos tempos de escola é forte para os que vivem a fase adulta. Foi para relembrar os velhos tempos, que quatro amigos resolveram fazer uma brincadeira durante o Carnaval. Eles só não esperavam que essa atitude fosse gerar uma onda de nostalgia entre quase 10 mil pessoas.

Os amigos Humberto Lívio Vasconcelos, Roberio Magalhães, Rubens Oliveira de Couto e Nicholas Holanda têm afinidades. Dentre elas, está o fato de terem estudado e nutrirem um afeto pelo Colégio 7 de Setembro. Por isso, resolveram passar o Carnaval em Olinda, fantasiados com a antiga farda da escola.

“A ideia surgiu porque o Nicholas foi para alguns carnavais já com aquela fardinha dos anos 90. Ano passado, a gente combinou de ir para o Carnaval de Olinda e, por coincidência, eram todos amigos setembrinos. A gente combinou de replicar a farda do Nicholas, que era o único que tinha”, explica Humberto.

Durante o festejo, várias pessoas reconheceram a farda e conversaram com os quatro amigos. A partir daí, eles tiveram a ideia de criar um bloquinho de Carnaval em Fortaleza, para matar a saudade dos amigos ainda da época de colégio. A ideia surgiu em maio de 2016, mas só em novembro eles criaram um grupo no Facebook chamado Setembrinos na Avenida.

Em janeiro de 2017, eles foram convidando os amigos, aqueles que eram lembrados nos corredores do C7S, como a escola é chamada. De repente, o grupo ficou lotado e foi enchido de postagens nostálgicas. São quase 9 mil pessoas comentando diariamente e mais 1 mil na fila de espera.

“O colégio [7 de Setembro] é um colégio particular, caro, que passa a vida toda pagando, e o povo sente orgulho de ser setembrino”, comenta Humberto.

Sobre o bloquinho, ainda não é certo como se dará, já que o número estipulado de pessoas aumentou 100 vezes. Mas os amigos idealizadores buscam realizar eventos para reunir os setembrinos que tanto sentem saudade dos tempos de colégio.

setembrinos-na-avenida3

(FOTO: Arquivo pessoal)

Deu certo!

Ao que tudo indica, o bloco vai mesmo sair. Nesta quarta-feira (18), dois representantes do quarteto idealizador foram conversar com o diretor do colégio. Là, ficou certo de ter um evento no dia 26 de fevereiro, na sede que fica no Centro. De lá, o bloo deve sair pelas ruas até a Praça da Gentilândia.

Publicidade

Dê sua opinião

GRUPO DE FACEBOOK

Ex-alunos do 7 de Setembro criam grupo de Carnaval que usa antiga farda

O que era para ser apenas um bloquinho de Carnaval, se transformou em uma onda de nostalgia com quase 10 mil pessoas

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

18 de janeiro de 2017 às 10:47

Há 2 anos
setembrinos-na-avenida

Amigos foram fantasiados para Olinda com antiga farda (FOTO: Reprodução)

A saudade dos tempos de escola é forte para os que vivem a fase adulta. Foi para relembrar os velhos tempos, que quatro amigos resolveram fazer uma brincadeira durante o Carnaval. Eles só não esperavam que essa atitude fosse gerar uma onda de nostalgia entre quase 10 mil pessoas.

Os amigos Humberto Lívio Vasconcelos, Roberio Magalhães, Rubens Oliveira de Couto e Nicholas Holanda têm afinidades. Dentre elas, está o fato de terem estudado e nutrirem um afeto pelo Colégio 7 de Setembro. Por isso, resolveram passar o Carnaval em Olinda, fantasiados com a antiga farda da escola.

“A ideia surgiu porque o Nicholas foi para alguns carnavais já com aquela fardinha dos anos 90. Ano passado, a gente combinou de ir para o Carnaval de Olinda e, por coincidência, eram todos amigos setembrinos. A gente combinou de replicar a farda do Nicholas, que era o único que tinha”, explica Humberto.

Durante o festejo, várias pessoas reconheceram a farda e conversaram com os quatro amigos. A partir daí, eles tiveram a ideia de criar um bloquinho de Carnaval em Fortaleza, para matar a saudade dos amigos ainda da época de colégio. A ideia surgiu em maio de 2016, mas só em novembro eles criaram um grupo no Facebook chamado Setembrinos na Avenida.

Em janeiro de 2017, eles foram convidando os amigos, aqueles que eram lembrados nos corredores do C7S, como a escola é chamada. De repente, o grupo ficou lotado e foi enchido de postagens nostálgicas. São quase 9 mil pessoas comentando diariamente e mais 1 mil na fila de espera.

“O colégio [7 de Setembro] é um colégio particular, caro, que passa a vida toda pagando, e o povo sente orgulho de ser setembrino”, comenta Humberto.

Sobre o bloquinho, ainda não é certo como se dará, já que o número estipulado de pessoas aumentou 100 vezes. Mas os amigos idealizadores buscam realizar eventos para reunir os setembrinos que tanto sentem saudade dos tempos de colégio.

setembrinos-na-avenida3

(FOTO: Arquivo pessoal)

Deu certo!

Ao que tudo indica, o bloco vai mesmo sair. Nesta quarta-feira (18), dois representantes do quarteto idealizador foram conversar com o diretor do colégio. Là, ficou certo de ter um evento no dia 26 de fevereiro, na sede que fica no Centro. De lá, o bloo deve sair pelas ruas até a Praça da Gentilândia.