Confira dicas para economizar o vale-refeição e fazer ele durar todo o mês

ECONOMIA

Confira dicas para economizar o vale-refeição e fazer ele durar todo o mês

Uma das dicas é que, caso extrapole o limite em um dia, tente compensar no outro, assim para não perder o saldo

Por Lyvia Rocha em Cotidiano

23 de julho de 2017 às 06:30

Há 2 anos
Economizar é o ponto para usar o vale (FOTO: Divulgação)

Economizar é o ponto para usar o vale (FOTO: Divulgação)

O vale-refeição é um direito para os trabalhadores que ajudam a economizar aquele dinheiro do salário. Porém, algumas pessoas acabam gastando mais que o planejado e o benefício acaba lhe deixando na mão antes do fim do mês. Por isso, é importante ficar atento a algumas dicas para não ter que gastar o salário com o almoçou ou lanche.

1 – Procure saber os valores dos restaurantes: Apesar de parecer uma dica sem importância, muita gente não sabe os valores da maioria dos restaurantes próximos ao trabalho. Por isso, procure saber os valores dos outros restaurantes, e não só do que você almoça. Quem sabe onde o almoço estará mais barato, não é?

2 – Determine um limite diário de gastos: Que atire a primeira pedra quem nunca extrapolou o valor que, teoricamente, seria de uns três ou, até mesmo, cinco dias? Por isso, é extremamente importante determinar um valor médio para gastar, e que de preferência esteja dentro ou abaixo do valor já pré-determinado. É importante lembrar também que, caso extrapole o limite em um dia, tente compensar no outro.

3 – Aposte nos pacotes de refeições: Hoje em dia, muitos restaurantes apostam na estratégia de fechar pacotes de refeições, sejam eles semanais, quinzenais ou mensais. As vantagens de apostar nessa nova estratégia são inúmeras, tanto para os restaurantes, quanto para os clientes. Pagar um valor fechado das refeições pode sair bem mais em conta. Procure saber se há essa opção perto da sua empresa.

4 – Evite usar o vale-refeição nos finais de semana: Usar o vale-refeição nos finais de semana também nos prejudica — e muito — na hora de fazê-lo durar o mês todo. Apesar do intuito principal ser economizar o próprio salário, gastar o benefício nos finais de semana pode acabar te dando um prejuízo ainda maior. Por isso, evite gastá-lo nos dias em que você não trabalha, para conseguir se alimentar o máximo possível durante todo o mês.

5 – Quer economizar ainda mais? Aposte na marmita: Outro alternativa para fazer com que o seu vale-refeição dure mais é levar marmita — principalmente se você tem vale-alimentação . Eleja um dia da semana ou mescle as refeições, o importante é balancear — principalmente se você costuma gastar mais que o limite diário. Deste modo, você economiza e ainda acumula um valor legal pra fazer uma refeição diferenciada na sexta-feira, por exemplo.

Publicidade

Dê sua opinião

ECONOMIA

Confira dicas para economizar o vale-refeição e fazer ele durar todo o mês

Uma das dicas é que, caso extrapole o limite em um dia, tente compensar no outro, assim para não perder o saldo

Por Lyvia Rocha em Cotidiano

23 de julho de 2017 às 06:30

Há 2 anos
Economizar é o ponto para usar o vale (FOTO: Divulgação)

Economizar é o ponto para usar o vale (FOTO: Divulgação)

O vale-refeição é um direito para os trabalhadores que ajudam a economizar aquele dinheiro do salário. Porém, algumas pessoas acabam gastando mais que o planejado e o benefício acaba lhe deixando na mão antes do fim do mês. Por isso, é importante ficar atento a algumas dicas para não ter que gastar o salário com o almoçou ou lanche.

1 – Procure saber os valores dos restaurantes: Apesar de parecer uma dica sem importância, muita gente não sabe os valores da maioria dos restaurantes próximos ao trabalho. Por isso, procure saber os valores dos outros restaurantes, e não só do que você almoça. Quem sabe onde o almoço estará mais barato, não é?

2 – Determine um limite diário de gastos: Que atire a primeira pedra quem nunca extrapolou o valor que, teoricamente, seria de uns três ou, até mesmo, cinco dias? Por isso, é extremamente importante determinar um valor médio para gastar, e que de preferência esteja dentro ou abaixo do valor já pré-determinado. É importante lembrar também que, caso extrapole o limite em um dia, tente compensar no outro.

3 – Aposte nos pacotes de refeições: Hoje em dia, muitos restaurantes apostam na estratégia de fechar pacotes de refeições, sejam eles semanais, quinzenais ou mensais. As vantagens de apostar nessa nova estratégia são inúmeras, tanto para os restaurantes, quanto para os clientes. Pagar um valor fechado das refeições pode sair bem mais em conta. Procure saber se há essa opção perto da sua empresa.

4 – Evite usar o vale-refeição nos finais de semana: Usar o vale-refeição nos finais de semana também nos prejudica — e muito — na hora de fazê-lo durar o mês todo. Apesar do intuito principal ser economizar o próprio salário, gastar o benefício nos finais de semana pode acabar te dando um prejuízo ainda maior. Por isso, evite gastá-lo nos dias em que você não trabalha, para conseguir se alimentar o máximo possível durante todo o mês.

5 – Quer economizar ainda mais? Aposte na marmita: Outro alternativa para fazer com que o seu vale-refeição dure mais é levar marmita — principalmente se você tem vale-alimentação . Eleja um dia da semana ou mescle as refeições, o importante é balancear — principalmente se você costuma gastar mais que o limite diário. Deste modo, você economiza e ainda acumula um valor legal pra fazer uma refeição diferenciada na sexta-feira, por exemplo.