Cearenses criam jogo de tabuleiro com temática medieval


Cearenses criam jogo de tabuleiro com temática medieval e buscam “vaquinha” para lançamento

Idealizado durante três anos, Reinos & Relíquias precisa de doações para ser colocado à venda no mercado

Por Roberta Tavares em Cotidiano

17 de novembro de 2014 às 12:00

Há 5 anos
Idealizadores divulgaram o jogo em escolas e universidades de Fortaleza (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Idealizadores divulgaram o jogo em escolas e universidades de Fortaleza (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Deixando a imaginação fluir, três cearenses criaram um jogo de tabuleiro que promete ser sucesso no mercado. Trata-se do Reinos & Relíquias, jogo com temática medieval e com situações diferentes a serem experimentadas pelos jogadores.

A ideia surgiu há quatro anos, quando o programador Bruno Teixeira, de 30 anos, pensou em criar um game que possibilitasse jogar de formas completamente distintas. O jogador é capaz de ficar perdido ao jogar no modo Sombras, assim como pode se tornar bastante competitivo no modo Luz. Mesmo com as novidades, ainda é familiar, por trazer consigo todas as coisas esperadas da temática fantástica/medieval; tais como magos, guerreiros, arqueiros, elfos, combates e magias.

“Eu tive a ideia e guardei durante um tempo. Até que, certo dia, conversando com um amigo, mostrei a novidade, e ele achou bem legal. Começamos a colocar para a frente e fazer o projeto funcionar”, conta Bruno Teixeira, que teve a ajuda de outros dois cearenses Felipe Franklin e Ulisses Silva. “Criei a parte da mecânica, pensando onde vai caber cada carta e quais as técnicas. O Felipe ajudou nas regras e nos testes, e o Ulisses fez toda a ilustração e design das cartas”.

Formado no curso de Jogos Digitais da Faculdade Integrada do Ceará (FIC), Bruno e os amigos passaram três anos trabalhando no projeto, que teve como influência jogos como Magic e Bang. “É um jogo de competição e cooperação, feito para partidas de dois a seis jogadores”, explica.

Reinos & Relíquias
1/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
2/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
3/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
4/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
5/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
6/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
7/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
8/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
9/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões para torná-lo cheio de possibilidades. Existem quatro tipos de cartas: cartas de Reinos, cartas de Relíquias, cartas de personagens e cartas do baralho principal (que contêm ações e equipamentos).

O jogo já foi apresentado em universidades e escolas da capital cearense, além de ter sido enviado para grupos de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraíba que se reúnem para jogar. “Nos Encontros Universitários da UFC [Universidade Federal do Ceará], muitas pessoas tiveram contato com os Reino & Relíquias. Gostaram, e muitos quiseram jogar de novo”, comemora Bruno.

Mesmo assim, para colocar para frente o protótipo são necessários R$ 25 mil. Para tornar o sonho possível, os idealizadores criaram uma ‘vaquinha coletiva’ online. Em apenas uma semana, já foram doados mais de R$ 6 mil. Caso consigam atingir o total, farão 500 cópias dos jogos e distribuirão entre os financiadores. As outras serão vendidas por cerca de R$ 60 a unidade.

“Temos acesso à lista de apoiadores e entraremos em contato para agradecer a ajuda. Boa parte deles são as pessoas que conheceram o jogo”, afirma. “Já chegamos a 30% do total. Estamos dentro do esperado”, completa. Veja como ajudar os idealizadores e, quem sabe, ter em casa o Reino & Relíquias.

Conheça o jogo

Reinos & Relíquias – Entre Luz e Trevas é um jogo competitivo/cooperativo de cartas, feito para partidas de 2 a 6 jogadores. Os jogadores são representados por cartas de personagens e têm como objetivo adquirir Relíquias que valem pontos para o seu time. Isso mesmo, time! Cada jogador recebe aleatoriamente uma carta de reino indicando à qual time pertence. Os jogadores disputam em times, existindo três modos de jogo: o modo Luz, o modo Penumbra e o modo Sombras.

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15269762″]

Publicidade

Dê sua opinião

Cearenses criam jogo de tabuleiro com temática medieval e buscam “vaquinha” para lançamento

Idealizado durante três anos, Reinos & Relíquias precisa de doações para ser colocado à venda no mercado

Por Roberta Tavares em Cotidiano

17 de novembro de 2014 às 12:00

Há 5 anos
Idealizadores divulgaram o jogo em escolas e universidades de Fortaleza (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Idealizadores divulgaram o jogo em escolas e universidades de Fortaleza (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Deixando a imaginação fluir, três cearenses criaram um jogo de tabuleiro que promete ser sucesso no mercado. Trata-se do Reinos & Relíquias, jogo com temática medieval e com situações diferentes a serem experimentadas pelos jogadores.

A ideia surgiu há quatro anos, quando o programador Bruno Teixeira, de 30 anos, pensou em criar um game que possibilitasse jogar de formas completamente distintas. O jogador é capaz de ficar perdido ao jogar no modo Sombras, assim como pode se tornar bastante competitivo no modo Luz. Mesmo com as novidades, ainda é familiar, por trazer consigo todas as coisas esperadas da temática fantástica/medieval; tais como magos, guerreiros, arqueiros, elfos, combates e magias.

“Eu tive a ideia e guardei durante um tempo. Até que, certo dia, conversando com um amigo, mostrei a novidade, e ele achou bem legal. Começamos a colocar para a frente e fazer o projeto funcionar”, conta Bruno Teixeira, que teve a ajuda de outros dois cearenses Felipe Franklin e Ulisses Silva. “Criei a parte da mecânica, pensando onde vai caber cada carta e quais as técnicas. O Felipe ajudou nas regras e nos testes, e o Ulisses fez toda a ilustração e design das cartas”.

Formado no curso de Jogos Digitais da Faculdade Integrada do Ceará (FIC), Bruno e os amigos passaram três anos trabalhando no projeto, que teve como influência jogos como Magic e Bang. “É um jogo de competição e cooperação, feito para partidas de dois a seis jogadores”, explica.

Reinos & Relíquias
1/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
2/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
3/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
4/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
5/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
6/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
7/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
8/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

Reinos & Relíquias
9/9

Reinos & Relíquias

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões (FOTO: Arquivo pessoal/Bruno Teixeira)

O Reinos & Relíquias não é um card game colecionável, mas sim um jogo fechado e completo que pode ser ampliado por meio de expansões para torná-lo cheio de possibilidades. Existem quatro tipos de cartas: cartas de Reinos, cartas de Relíquias, cartas de personagens e cartas do baralho principal (que contêm ações e equipamentos).

O jogo já foi apresentado em universidades e escolas da capital cearense, além de ter sido enviado para grupos de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraíba que se reúnem para jogar. “Nos Encontros Universitários da UFC [Universidade Federal do Ceará], muitas pessoas tiveram contato com os Reino & Relíquias. Gostaram, e muitos quiseram jogar de novo”, comemora Bruno.

Mesmo assim, para colocar para frente o protótipo são necessários R$ 25 mil. Para tornar o sonho possível, os idealizadores criaram uma ‘vaquinha coletiva’ online. Em apenas uma semana, já foram doados mais de R$ 6 mil. Caso consigam atingir o total, farão 500 cópias dos jogos e distribuirão entre os financiadores. As outras serão vendidas por cerca de R$ 60 a unidade.

“Temos acesso à lista de apoiadores e entraremos em contato para agradecer a ajuda. Boa parte deles são as pessoas que conheceram o jogo”, afirma. “Já chegamos a 30% do total. Estamos dentro do esperado”, completa. Veja como ajudar os idealizadores e, quem sabe, ter em casa o Reino & Relíquias.

Conheça o jogo

Reinos & Relíquias – Entre Luz e Trevas é um jogo competitivo/cooperativo de cartas, feito para partidas de 2 a 6 jogadores. Os jogadores são representados por cartas de personagens e têm como objetivo adquirir Relíquias que valem pontos para o seu time. Isso mesmo, time! Cada jogador recebe aleatoriamente uma carta de reino indicando à qual time pertence. Os jogadores disputam em times, existindo três modos de jogo: o modo Luz, o modo Penumbra e o modo Sombras.

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15269762″]