Casal cearense conta como é a celebração de bênção ao casamento dada pelo papa

HONRARIA PARA POUCOS

Casal cearense conta como é a celebração de bênção ao casamento dada pelo papa

Recém-casados, Amanda Peixoto e Jackson Ferreira participaram da audiência geral com o papa Francisco

Por Lucas Barbosa em Cotidiano

18 de julho de 2017 às 06:45

Há 2 anos

O choro que marcou o tão esperado encontro (FOTO: Arquivo Pessoal)

Em 17 de maio, um casal cearense esteve diante do papa Francisco em uma das honrarias mais almejadas por católicos do mundo inteiro. Os recém-casados Amanda Peixoto e Jackson Ferreira tiveram a união abençoada pelo próprio papa Francisco, em audiência realizada na Praça São Pedro, no Vaticano.

Quatro dias antes, ainda em Fortaleza, eles haviam se casado. Foi quando receberam a primeira bênção de Francisco: um pergaminho assinado pelo Santo Padre, desejando felicidades ao casal. Foi a grande surpresa preparada por Jackson para Amanda na cerimônia.

Partiram, então, em lua de mel, com destino a Europa. Foi o momento de encontrar com o papa. Ao lado de dezenas de casais, eles acompanharam a audiência papal e, após o término da cerimônia, Francisco foi ao encontro deles.

É uma emoção indescritível”, conta Amanda. “Vai ficar marcado para o resto da nossa vida”. A comoção era tão grande, ela relembra, que eles só conseguiam dizer ao papa “que o amavam muito” e que haviam se casado no Dia de Nossa Senhora de Fátima.

“Indescritível” também é a palavra usada por Jackson para se referir ao momento. Ele só conseguiu acrescentar às declarações de amor o apreço pelo “jeito de ser” do papa e que tentavam trazer suas qualidades para as próprias vidas.

“De resto, só choramos”, diz ele, lembrando que é o que  as fotos vão levar para a eternidade. Além da benção matrimonial, os dois tiveram abençoados os broches que mandaram fazer com a foto deles com o pergaminho enviado pelo Vaticano.

Para receber as bendições, Amanda e Jackson não precisaram gastar nada. Bastou enviar solicitações por email. O pergaminho foi enviado via Correios, cerca de 30 dias depois da solicitação à Prefeitura do Vaticano. A permissão para participar da audiência, porém, costuma demorar mais.

Jackson lembra ter feito o pedido em meados de novembro último e que, mesmo assim, temiam não ser atendidos, já que às vésperas da data marcada não haviam recebido respostas. Deu certo mesmo assim e eles receberam o email com o que poderiam retirar os bilhetes da audiência. Os pré-requisitos para a audiência com o papa determinavam apenas que o casal deveria ter até três meses e comparecer à cerimônia em trajes matrimoniais.

Publicidade

Dê sua opinião

HONRARIA PARA POUCOS

Casal cearense conta como é a celebração de bênção ao casamento dada pelo papa

Recém-casados, Amanda Peixoto e Jackson Ferreira participaram da audiência geral com o papa Francisco

Por Lucas Barbosa em Cotidiano

18 de julho de 2017 às 06:45

Há 2 anos

O choro que marcou o tão esperado encontro (FOTO: Arquivo Pessoal)

Em 17 de maio, um casal cearense esteve diante do papa Francisco em uma das honrarias mais almejadas por católicos do mundo inteiro. Os recém-casados Amanda Peixoto e Jackson Ferreira tiveram a união abençoada pelo próprio papa Francisco, em audiência realizada na Praça São Pedro, no Vaticano.

Quatro dias antes, ainda em Fortaleza, eles haviam se casado. Foi quando receberam a primeira bênção de Francisco: um pergaminho assinado pelo Santo Padre, desejando felicidades ao casal. Foi a grande surpresa preparada por Jackson para Amanda na cerimônia.

Partiram, então, em lua de mel, com destino a Europa. Foi o momento de encontrar com o papa. Ao lado de dezenas de casais, eles acompanharam a audiência papal e, após o término da cerimônia, Francisco foi ao encontro deles.

É uma emoção indescritível”, conta Amanda. “Vai ficar marcado para o resto da nossa vida”. A comoção era tão grande, ela relembra, que eles só conseguiam dizer ao papa “que o amavam muito” e que haviam se casado no Dia de Nossa Senhora de Fátima.

“Indescritível” também é a palavra usada por Jackson para se referir ao momento. Ele só conseguiu acrescentar às declarações de amor o apreço pelo “jeito de ser” do papa e que tentavam trazer suas qualidades para as próprias vidas.

“De resto, só choramos”, diz ele, lembrando que é o que  as fotos vão levar para a eternidade. Além da benção matrimonial, os dois tiveram abençoados os broches que mandaram fazer com a foto deles com o pergaminho enviado pelo Vaticano.

Para receber as bendições, Amanda e Jackson não precisaram gastar nada. Bastou enviar solicitações por email. O pergaminho foi enviado via Correios, cerca de 30 dias depois da solicitação à Prefeitura do Vaticano. A permissão para participar da audiência, porém, costuma demorar mais.

Jackson lembra ter feito o pedido em meados de novembro último e que, mesmo assim, temiam não ser atendidos, já que às vésperas da data marcada não haviam recebido respostas. Deu certo mesmo assim e eles receberam o email com o que poderiam retirar os bilhetes da audiência. Os pré-requisitos para a audiência com o papa determinavam apenas que o casal deveria ter até três meses e comparecer à cerimônia em trajes matrimoniais.