Carro "morreu"? Especialista explica como enfrentar alagamentos sem sair com prejuízos

TEMPO CHUVOSO

Carro “morreu”? Especialista explica como enfrentar alagamentos sem sair com prejuízos

Alagamentos devem ser evitados. Mas, e quando você já está na chuva e não tem mais jeito? O especialista dá a dica

Por Tribuna Bandnews FM em Cotidiano

25 de março de 2017 às 06:30

Há 2 anos

Não se deve passar o alagamento maior do que o centro da roda. (FOTO: Divulgação)

Enfrentar os alagamentos causados pelas chuvas, sem o conhecimento básico de direção, pode causar danos no veículo e no seu bolso. Por isso a Tribuna BandNews FM foi buscar informações e dicas importantes com especialistas em veículos automotores.

O colunista Roberto Costa, especialista em automóveis, é claro quando diz que enfrentar um alagamento com água acima do meio do pneu pode causar danos no motor do veículo.

“Não se deve passar o alagamento maior do que o centro da roda. O carro até tem condições de ir um pouco mais, mas muitas vezes um veículo grande em sentido contrário, acaba que essa água invade o carro, muitas vezes é até absorvida pelo motor, causando problemas graves”, explica.

Hamilton Cavalcante, gerente de uma loja especializada em veículos automotores localizada no Centro de Fortaleza, prefere não enfrentar a chuva. “A regra principal é não enfrentar trechos alagados, profundidades maiores, nem pensar. O motor pode aspirar água, parar e causar prejuízo financeiro muito grande”, diz.

E quando você já está na chuva e não tem mais jeito? “Manter a marcha de força, normalmente 1ª ou 2ª, que é para evitar que a água impeça os gases do escapamento de sair, e manter o motor bem acelerado segurando na embreagem”, orienta Roberto.

Os especialistas explicam, ainda, que se o carro ‘morrer’ no meio do alagamento, não se deve tentar ligá-lo novamente. Neste caso, a única coisa a fazer é ligar o pisca-alerta para sinalizar que o carro está com problemas e levar chamar o reboque.

Saiba mais na reportagem de Lucas Leite para a Tribuna BandNews FM:

Publicidade

Dê sua opinião

TEMPO CHUVOSO

Carro “morreu”? Especialista explica como enfrentar alagamentos sem sair com prejuízos

Alagamentos devem ser evitados. Mas, e quando você já está na chuva e não tem mais jeito? O especialista dá a dica

Por Tribuna Bandnews FM em Cotidiano

25 de março de 2017 às 06:30

Há 2 anos

Não se deve passar o alagamento maior do que o centro da roda. (FOTO: Divulgação)

Enfrentar os alagamentos causados pelas chuvas, sem o conhecimento básico de direção, pode causar danos no veículo e no seu bolso. Por isso a Tribuna BandNews FM foi buscar informações e dicas importantes com especialistas em veículos automotores.

O colunista Roberto Costa, especialista em automóveis, é claro quando diz que enfrentar um alagamento com água acima do meio do pneu pode causar danos no motor do veículo.

“Não se deve passar o alagamento maior do que o centro da roda. O carro até tem condições de ir um pouco mais, mas muitas vezes um veículo grande em sentido contrário, acaba que essa água invade o carro, muitas vezes é até absorvida pelo motor, causando problemas graves”, explica.

Hamilton Cavalcante, gerente de uma loja especializada em veículos automotores localizada no Centro de Fortaleza, prefere não enfrentar a chuva. “A regra principal é não enfrentar trechos alagados, profundidades maiores, nem pensar. O motor pode aspirar água, parar e causar prejuízo financeiro muito grande”, diz.

E quando você já está na chuva e não tem mais jeito? “Manter a marcha de força, normalmente 1ª ou 2ª, que é para evitar que a água impeça os gases do escapamento de sair, e manter o motor bem acelerado segurando na embreagem”, orienta Roberto.

Os especialistas explicam, ainda, que se o carro ‘morrer’ no meio do alagamento, não se deve tentar ligá-lo novamente. Neste caso, a única coisa a fazer é ligar o pisca-alerta para sinalizar que o carro está com problemas e levar chamar o reboque.

Saiba mais na reportagem de Lucas Leite para a Tribuna BandNews FM: