Amigos de infância, ciclistas conhecem 15 estados do Brasil pedalando durante 6 meses


Amigos de infância, ciclistas conhecem 15 estados do Brasil pedalando durante seis meses

Do Sul ao Nordeste, eles percorreram mais de 10 mil quilômetros. Imagens da viagem farão parte de um documentário sobre cicloturismo

Por Rosana Romão em Cotidiano

14 de outubro de 2014 às 09:30

Há 5 anos

Viajar pelo Brasil ao ar livre e com pouco dinheiro, um desejo que muitos têm, mas poucos levam adiante. Não foi assim com os amigos de infância Marcelo Rachmuth, Felipe Fontes e Filipe Falcone. Por mais de um ano eles juntaram dinheiro e planejaram uma longa jornada sob duas rodas pelo País. Foram 10 mil quilômetros percorridos em 15 estados, incluindo o Ceará. As imagens capturadas durante a viagem irão compor um documentário sobre cicloturismo intitulado Sobre Seis Rodas.

Filipe Falcone, Marcelo Rachmuth e Felipe Fontes foram de São Paulo até o Nordeste pedalando. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Filipe Falcone, Marcelo Rachmuth e Felipe Fontes foram de São Paulo até o Nordeste pedalando. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Cada um levava cerca de 40 kg de bagagem, com roupas, equipamentos fotográficos e material de acampamento. Os seis meses de viagem reservaram um visual bastante diversificado, com a geografia característica de cada lugar e pessoas pelo caminho que mostravam a cultura local. “O grande aprendizado é que tem muita gente boa nesse mundo. Se você chegar com humildade e sinceridade, as pessoas te acolhem”, indica Felipe Fontes.

Com um orçamento bem modesto, os três planejaram que gastariam R$ 500 por mês, mas na prática o gasto foi de apenas R$ 300. Isso porque durante o caminho, encontraram pessoas que ofereciam comida e hospedagem. Durante à noite o trio procurava um lugar para ficar, pois só pedalavam durante o dia. Montavam barracas no quintal das casas de pessoas que encontravam pelo caminho e faziam amizade. No Nordeste, os moradores ofereciam as redes de suas casas para eles dormirem.

Os equipamentos de filmagem foram adquiridos através de financiamento coletivo pela internet. Já os custos com edição e produção do documentário serão mais um desafio. Os ciclistas pretendem cobrir os gastos com patrocínio de empresas através de leis de incentivo ao audiovisual.

O nosso chefe era o Sol. Ele que decidia a hora de levantar, de almoçar e a hora de parar pra dormir. (Felipe Fontes)
No Ceará, o que marcou o grupo foi a diferença entre as microrregiões, tanto de clima como de relevo e culinária. “Em todo lugar do Brasil as pessoas comem arroz com feijão, mas no Ceará a diversidade é maior, tem feijão verde, feijão de corda, feijão preto, muitas variações. Sem falar que em todo o Nordeste a comida é muito temperada, uma delícia!”, relembra Felipe Fontes.

Além de curtir a natureza e a culinária do local, o grupo destaca a receptividade dos cearenses, que se mostraram prestativos e bem humorados. Os lugares onde o calor imperava e eles pedalaram menos foram Sergipe, Alagoas e Maranhão. Já o maior choque cultural que encontraram foi em uma reserva indígena de Tocantins. “Encontramos muitas pessoas legais, essa interação entre povos diferentes foi uma experiência incrível”.

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
1/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Imagens registradas pelos três ciclistas farão parte de um documentário. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
2/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Parada na ponte sobre o rio Parnaíba. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
3/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro do pôr-do-Sol em Fortaleza. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
4/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro na Praia de Iracema – Fortaleza. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
5/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro na Praia de Iracema – Fortaleza. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
6/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Às vezes, os moradores ofereciam até suas redes para os ciclistas descansarem. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
7/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Vista da Igreja do Céu, em Viçosa do Ceará. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
8/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Cidade de Aprazível (CE) durante o jogo entre Brasil e Croácia pela Copa do Mundo de 2014. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
9/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Céu de São João do Cariri, na Paraíba. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
10/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Na hora de dormir, os aventureiros estacionavam as bikes e montavam barracas. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
11/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Chegada nos Lençóis Maranhenses. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
12/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Chegada nos Lençóis Maranhenses. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
13/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro dos Lençóis Maranhenses. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
14/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Vaqueiros de fita, em São Luís – Maranhão. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
15/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Vaqueiros de fita, em São Luís – Maranhão. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
16/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Urubus na cidade de Pombal – Paraíba. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
17/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro das gerações em uma reserva indígena da Ilha do Bananal, em Tocantins (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
18/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Às vezes, os moradores ofereciam até suas redes para os ciclistas descansarem. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

A receptividade do povo brasileiro foi o que mais marcou na viagem. Em especial, a passagem por São José do Egito, cidade do sertão de Pernambuco. Os ciclistas passaram pelo município e quando estavam voltando para a estrada foram abordados por um senhor, chamado Clayton, em uma caminhonete.Ele disse ser ciclista, que tinha visto a gente na cidade, chamou nossa atenção e não percebemos. Pegou o carro e foi atrás da gente”, recorda.

Além de convidar os jovens para almoçar com ele, Clayton se ofereceu para fazer revisão nas bikes e sua esposa conseguiu um lugar para eles dormirem à noite. Amigos de Clayton fizeram um “city tour” para apresentá-los à cidade. Durante o passeio, os moradores os olhavam, curiosos. “Fomos a sensação da cidade. Tiramos fotos, demos entrevista, até nos pagaram dois picolés. À noite, os ciclistas da cidade organizaram um pedal em nossa homenagem, e fizeram uma vaquinha pra ajudar no resto da viagem”.

Ao descobrir que um dos ciclistas era vegetariano, um morador foi buscar em sua casa uma sopa de soja que a esposa tinha feito e levou para Felipe Fontes. Os viajantes se impressionaram com a simpatia e a animação dos moradores de São José do Egito, sempre dispostos a colaborar. “A gente sempre recebe ajuda e o interesse de pessoas nos lugares que passamos, mas foi a primeira vez que uma cidade inteira parou para nos conhecer”, Felipe Fontes.

O físico também foi afetado com a viagem. Marcelo Rachmuth foi de São Paulo até João Pessoa e, em dois meses, emagreceu 16 kg. Não continuou a viagem com os amigos pois estava de casamento marcado. Os três já haviam se preparado para eventuais separações. Com compromissos de emprego e faculdade, Falcone finalizou a viagem na volta a São Paulo. Já Felipe Fontes continuará sozinho e pretende percorrer a América Latina, de São Paulo até o México. A viagem terá 1 ano de duração, onde novas imagens serão captadas. O documentário está previsto para ser lançado em 2016.

Publicidade

Dê sua opinião

Amigos de infância, ciclistas conhecem 15 estados do Brasil pedalando durante seis meses

Do Sul ao Nordeste, eles percorreram mais de 10 mil quilômetros. Imagens da viagem farão parte de um documentário sobre cicloturismo

Por Rosana Romão em Cotidiano

14 de outubro de 2014 às 09:30

Há 5 anos

Viajar pelo Brasil ao ar livre e com pouco dinheiro, um desejo que muitos têm, mas poucos levam adiante. Não foi assim com os amigos de infância Marcelo Rachmuth, Felipe Fontes e Filipe Falcone. Por mais de um ano eles juntaram dinheiro e planejaram uma longa jornada sob duas rodas pelo País. Foram 10 mil quilômetros percorridos em 15 estados, incluindo o Ceará. As imagens capturadas durante a viagem irão compor um documentário sobre cicloturismo intitulado Sobre Seis Rodas.

Filipe Falcone, Marcelo Rachmuth e Felipe Fontes foram de São Paulo até o Nordeste pedalando. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Filipe Falcone, Marcelo Rachmuth e Felipe Fontes foram de São Paulo até o Nordeste pedalando. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Cada um levava cerca de 40 kg de bagagem, com roupas, equipamentos fotográficos e material de acampamento. Os seis meses de viagem reservaram um visual bastante diversificado, com a geografia característica de cada lugar e pessoas pelo caminho que mostravam a cultura local. “O grande aprendizado é que tem muita gente boa nesse mundo. Se você chegar com humildade e sinceridade, as pessoas te acolhem”, indica Felipe Fontes.

Com um orçamento bem modesto, os três planejaram que gastariam R$ 500 por mês, mas na prática o gasto foi de apenas R$ 300. Isso porque durante o caminho, encontraram pessoas que ofereciam comida e hospedagem. Durante à noite o trio procurava um lugar para ficar, pois só pedalavam durante o dia. Montavam barracas no quintal das casas de pessoas que encontravam pelo caminho e faziam amizade. No Nordeste, os moradores ofereciam as redes de suas casas para eles dormirem.

Os equipamentos de filmagem foram adquiridos através de financiamento coletivo pela internet. Já os custos com edição e produção do documentário serão mais um desafio. Os ciclistas pretendem cobrir os gastos com patrocínio de empresas através de leis de incentivo ao audiovisual.

O nosso chefe era o Sol. Ele que decidia a hora de levantar, de almoçar e a hora de parar pra dormir. (Felipe Fontes)
No Ceará, o que marcou o grupo foi a diferença entre as microrregiões, tanto de clima como de relevo e culinária. “Em todo lugar do Brasil as pessoas comem arroz com feijão, mas no Ceará a diversidade é maior, tem feijão verde, feijão de corda, feijão preto, muitas variações. Sem falar que em todo o Nordeste a comida é muito temperada, uma delícia!”, relembra Felipe Fontes.

Além de curtir a natureza e a culinária do local, o grupo destaca a receptividade dos cearenses, que se mostraram prestativos e bem humorados. Os lugares onde o calor imperava e eles pedalaram menos foram Sergipe, Alagoas e Maranhão. Já o maior choque cultural que encontraram foi em uma reserva indígena de Tocantins. “Encontramos muitas pessoas legais, essa interação entre povos diferentes foi uma experiência incrível”.

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
1/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Imagens registradas pelos três ciclistas farão parte de um documentário. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
2/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Parada na ponte sobre o rio Parnaíba. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
3/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro do pôr-do-Sol em Fortaleza. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
4/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro na Praia de Iracema – Fortaleza. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
5/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro na Praia de Iracema – Fortaleza. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
6/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Às vezes, os moradores ofereciam até suas redes para os ciclistas descansarem. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
7/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Vista da Igreja do Céu, em Viçosa do Ceará. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
8/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Cidade de Aprazível (CE) durante o jogo entre Brasil e Croácia pela Copa do Mundo de 2014. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
9/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Céu de São João do Cariri, na Paraíba. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
10/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Na hora de dormir, os aventureiros estacionavam as bikes e montavam barracas. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
11/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Chegada nos Lençóis Maranhenses. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
12/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Chegada nos Lençóis Maranhenses. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
13/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro dos Lençóis Maranhenses. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
14/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Vaqueiros de fita, em São Luís – Maranhão. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
15/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Vaqueiros de fita, em São Luís – Maranhão. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
16/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Urubus na cidade de Pombal – Paraíba. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
17/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Registro das gerações em uma reserva indígena da Ilha do Bananal, em Tocantins (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses
18/19

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

Às vezes, os moradores ofereciam até suas redes para os ciclistas descansarem. (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ciclistas percorrem 15 estados do Brasil em seis meses

A receptividade do povo brasileiro foi o que mais marcou na viagem. Em especial, a passagem por São José do Egito, cidade do sertão de Pernambuco. Os ciclistas passaram pelo município e quando estavam voltando para a estrada foram abordados por um senhor, chamado Clayton, em uma caminhonete.Ele disse ser ciclista, que tinha visto a gente na cidade, chamou nossa atenção e não percebemos. Pegou o carro e foi atrás da gente”, recorda.

Além de convidar os jovens para almoçar com ele, Clayton se ofereceu para fazer revisão nas bikes e sua esposa conseguiu um lugar para eles dormirem à noite. Amigos de Clayton fizeram um “city tour” para apresentá-los à cidade. Durante o passeio, os moradores os olhavam, curiosos. “Fomos a sensação da cidade. Tiramos fotos, demos entrevista, até nos pagaram dois picolés. À noite, os ciclistas da cidade organizaram um pedal em nossa homenagem, e fizeram uma vaquinha pra ajudar no resto da viagem”.

Ao descobrir que um dos ciclistas era vegetariano, um morador foi buscar em sua casa uma sopa de soja que a esposa tinha feito e levou para Felipe Fontes. Os viajantes se impressionaram com a simpatia e a animação dos moradores de São José do Egito, sempre dispostos a colaborar. “A gente sempre recebe ajuda e o interesse de pessoas nos lugares que passamos, mas foi a primeira vez que uma cidade inteira parou para nos conhecer”, Felipe Fontes.

O físico também foi afetado com a viagem. Marcelo Rachmuth foi de São Paulo até João Pessoa e, em dois meses, emagreceu 16 kg. Não continuou a viagem com os amigos pois estava de casamento marcado. Os três já haviam se preparado para eventuais separações. Com compromissos de emprego e faculdade, Falcone finalizou a viagem na volta a São Paulo. Já Felipe Fontes continuará sozinho e pretende percorrer a América Latina, de São Paulo até o México. A viagem terá 1 ano de duração, onde novas imagens serão captadas. O documentário está previsto para ser lançado em 2016.