A dois dias da eleição, viaduto do Cocó será inaugurado mesma com obra inacabada nesta sexta-feira


A dois dias da eleição, viaduto do Cocó será inaugurado mesmo inacabado nesta sexta

Parte do viaduto localizado Avenida Engenheiro Santana Júnior, obra da Prefeitura de Fortaleza cercada de polêmica, será liberado para o trânsito a 0h desta sexta-feira (24)

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

23 de outubro de 2014 às 18:39

Há 5 anos

Dois dias antes da eleição que decidirá o futuro governador do Ceará, uma das obras mais polêmicas da atual gestão de Fortaleza será inaugurada a partir da 0h desta sexta-feira (24). Sem um evento convencional e restando ainda 5% para finalização da infraestrutura, o viaduto localizado Avenida Engenheiro Santana Júnior (nível 1) será liberado para o trânsito durante a madrugada.

O equipamento faz a ligação do tráfego para os motoristas que vêm do bairro Papicu em direção à região Sul da cidade – bairros Luciano Cavalcante e Messejana, por exemplo. A pista lateral, no sentido inverso ao do viaduto nível 1, também está pronta e terá o trânsito liberado.

A pressa para concluir o projeto, que conta com 95% completos, influenciou na rotina dos fortalezenses, gerando um grande engarrafamento durante o dia. Desde a manhã desta quinta-feira, o trânsito ficou lento nas avenidas Antônio Sales e Pontes Vieira, causando uma sensação de caos nos motoristas.

Confira a galeria

Viaduto liberado
1/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
2/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
3/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
4/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
5/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
6/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
7/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
8/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
9/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Ainda em obra

Na reta final de conclusão, a Prefeitura de Fortaleza ressaltou que os operários ainda trabalham nas seguintes obras: encabeçamento (ligação do equipamento com a pista) do segundo viaduto (nível 2), que faz a ligação da Antônio Sales ao Papicu; intervenções de urbanização, pavimentação e paisagismo das vias no entorno; obras complementares, como o asfaltamento do viaduto nível 2; finalização de canteiros e calçadas, expansão da largura das vias e uma elevação no nível da pista, além da sinalização e iluminação do ambiente. A previsão é que o segundo viaduto seja entregue até o final de outubro.

Transporte público e desvio

Com a liberação da Avenida Engenheiro Santana Júnior, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) retorna o itinerário original de doze linhas de ônibus que estavam realizando desvios. A partir de sábado (25), todos os coletivos que fazem o trajeto em direção ao terminal do Papicu passarão a seguir pela via que será liberada, reduzindo o tempo de viagem dos passageiros.

004-Messejana/Papicu/Cambeba TJ; 021-Luciano Cavalcante/Papicu; 023-Edson Queiroz/Papicu(Corujão); 034-Av. Paranjana I (Corujão); 041-Parangaba/Oliveira Paiva/Papicu; 051-Grande Circular I; 055-Grande Circular I(Corujão); 068-Messejana/Papicu/Cambeba; 712-Conjunto Palmeiras/Papicu; 815-Cidade dos Funcionários/Papicu/Tancredo Neves; 825-Cidade dos Funcionários/Papicu/Jardim das Oliveiras; 835-Defensoria/Papicu/Via Câmara.

Anúncio e polêmica

Em julho de 2013, o prefeito Roberto Cláudio anunciou uma obra de grande porte que iria eliminar o congestionamento no Cocó: a construção dos dois viadutos. A partir daí uma série de discussões tomou conta da cidade. A principal queixa para a obra não ser iniciada era que parte da vegetação do Parque do Cocó iria ser desmatada, o que acabou acontecendo.

No dia 19 de julho, manifestantes contra a intervenção ocuparam o parque e permaneceram acampados até o início de outubro de 2013. Em agosto, o grupo foi expulso do acampamento pela polícia, durante a madrugada do dia 8. Porém, eles retornaram ao parque e continuaram a protestar.

Enquanto isso, uma briga na Justiça acontecia. A prefeitura iniciou várias vezes a obra, que eram paralisadas logo depois. A discussão envolveu a Advocacia Geral da União (AGU), Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) e o Ministério Público Federal, que foi o responsável por solicitar a suspensão das atividades. Por fim, as obras tiveram início no dia 7 de outubro de 2013, com demarcação definitiva.

Publicidade

Dê sua opinião

A dois dias da eleição, viaduto do Cocó será inaugurado mesmo inacabado nesta sexta

Parte do viaduto localizado Avenida Engenheiro Santana Júnior, obra da Prefeitura de Fortaleza cercada de polêmica, será liberado para o trânsito a 0h desta sexta-feira (24)

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

23 de outubro de 2014 às 18:39

Há 5 anos

Dois dias antes da eleição que decidirá o futuro governador do Ceará, uma das obras mais polêmicas da atual gestão de Fortaleza será inaugurada a partir da 0h desta sexta-feira (24). Sem um evento convencional e restando ainda 5% para finalização da infraestrutura, o viaduto localizado Avenida Engenheiro Santana Júnior (nível 1) será liberado para o trânsito durante a madrugada.

O equipamento faz a ligação do tráfego para os motoristas que vêm do bairro Papicu em direção à região Sul da cidade – bairros Luciano Cavalcante e Messejana, por exemplo. A pista lateral, no sentido inverso ao do viaduto nível 1, também está pronta e terá o trânsito liberado.

A pressa para concluir o projeto, que conta com 95% completos, influenciou na rotina dos fortalezenses, gerando um grande engarrafamento durante o dia. Desde a manhã desta quinta-feira, o trânsito ficou lento nas avenidas Antônio Sales e Pontes Vieira, causando uma sensação de caos nos motoristas.

Confira a galeria

Viaduto liberado
1/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
2/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
3/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
4/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
5/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
6/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
7/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
8/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Viaduto liberado
9/9

Viaduto liberado

Finalização de viaduto deixou trânsito bem engarrafado (FOTO: Tribuna do Ceará)

Ainda em obra

Na reta final de conclusão, a Prefeitura de Fortaleza ressaltou que os operários ainda trabalham nas seguintes obras: encabeçamento (ligação do equipamento com a pista) do segundo viaduto (nível 2), que faz a ligação da Antônio Sales ao Papicu; intervenções de urbanização, pavimentação e paisagismo das vias no entorno; obras complementares, como o asfaltamento do viaduto nível 2; finalização de canteiros e calçadas, expansão da largura das vias e uma elevação no nível da pista, além da sinalização e iluminação do ambiente. A previsão é que o segundo viaduto seja entregue até o final de outubro.

Transporte público e desvio

Com a liberação da Avenida Engenheiro Santana Júnior, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) retorna o itinerário original de doze linhas de ônibus que estavam realizando desvios. A partir de sábado (25), todos os coletivos que fazem o trajeto em direção ao terminal do Papicu passarão a seguir pela via que será liberada, reduzindo o tempo de viagem dos passageiros.

004-Messejana/Papicu/Cambeba TJ; 021-Luciano Cavalcante/Papicu; 023-Edson Queiroz/Papicu(Corujão); 034-Av. Paranjana I (Corujão); 041-Parangaba/Oliveira Paiva/Papicu; 051-Grande Circular I; 055-Grande Circular I(Corujão); 068-Messejana/Papicu/Cambeba; 712-Conjunto Palmeiras/Papicu; 815-Cidade dos Funcionários/Papicu/Tancredo Neves; 825-Cidade dos Funcionários/Papicu/Jardim das Oliveiras; 835-Defensoria/Papicu/Via Câmara.

Anúncio e polêmica

Em julho de 2013, o prefeito Roberto Cláudio anunciou uma obra de grande porte que iria eliminar o congestionamento no Cocó: a construção dos dois viadutos. A partir daí uma série de discussões tomou conta da cidade. A principal queixa para a obra não ser iniciada era que parte da vegetação do Parque do Cocó iria ser desmatada, o que acabou acontecendo.

No dia 19 de julho, manifestantes contra a intervenção ocuparam o parque e permaneceram acampados até o início de outubro de 2013. Em agosto, o grupo foi expulso do acampamento pela polícia, durante a madrugada do dia 8. Porém, eles retornaram ao parque e continuaram a protestar.

Enquanto isso, uma briga na Justiça acontecia. A prefeitura iniciou várias vezes a obra, que eram paralisadas logo depois. A discussão envolveu a Advocacia Geral da União (AGU), Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) e o Ministério Público Federal, que foi o responsável por solicitar a suspensão das atividades. Por fim, as obras tiveram início no dia 7 de outubro de 2013, com demarcação definitiva.