Saiba como pedir um aumento salarial


Momento certo: saiba como pedir aumento salarial

Dedicação, responsabilidade e doação. O profissionais que “dão um duro danado”, conquistando melhorias na empresa, merecem ser reconhecidos. A questão salarial também é uma forma de reconhecimento, umas da melhores até

Por Jackson Cruz em Ceará

10 de setembro de 2012 às 10:06

Há 7 anos

Fique atento para quatro dicas de como abordar o chefe. Foto: Divulgação

Dedicação, responsabilidade e doação. O profissionais que “dão um duro danado”, conquistando melhorias na empresa, merecem ser reconhecidos. A questão salarial também é uma forma de reconhecimento, umas da melhores até. Porém, em alguns casos, a busca por esse aumento, geralmente, parte somente do profissional, por isso fique atento!

O Jangadeiro Online entrevistou o consultor pessoal Marcelo Vasconcelos para dar dicas da melhor forma de pedir uma maior remuneração. Segundo Vasconcelos, existem dois fatores primordiais para que seja solicitado aumento salarial. “O primeiro é o tempo de empresa. Ninguém recebe aumento salarial com apenas um, dois ou seis meses de prestação de serviço, a não ser que esteja no plano de cargos e salários da empresa. Vai depender muito da função. O outro é a contribuição do profissional. Será que ele está valendo o que se paga ou vale mais?”, dá a dica.

O consultor ressalta que em alguns casos específicos, como cargos técnicos ou difíceis de encontrar no mercado, para que a empresa não fique sem o profissional, pode ocorrer um aumento mais fácil pelo fator da qualificação profissional. “Mas na maioria dos casos, o interessado deve ter muito cuidado em sua solicitação de aumento”, alerta.

Siga os passos

Marcelo Vasconcelos comenta que, em muitas empresas, existe o plano de cargos e salários com todas possibilidades de ascensão salarial. “Esse plano fica no Recursos Humanos da empresa e o profissional pode estar buscando as informações para fazer seu planejamento”, explica.

Segundo ele, caso a empresa não tenha o plano, o empregado deve avaliar bem o momento da empresa. “Deve perceber se a mesma encontra-se em boa situação financeira, este é o primeiro passo. O segundo passo é fazer uma auto análise de seu próprio trabalho perguntando-se: quais resultados eu atinjo para a empresa? Eu sou um ótimo funcionário ou cumpro meramente as funções inerentes ao meu cargo? Eu mereço um aumento salarial por quê?”, aconselha.

Já o terceiro passo é questionar: eu tenho qualificação suficiente para ser promovido? “Eu estou constantemente me reciclando, fazendo cursos, dando novas ideias, inovando em minha área e contribuindo para o sucesso da empresa? Eu tenho condições de quem sabe atingir um nível maior de cargo e com isso absorver maiores responsabilidades? Depois do terceiro passo, se você está seguro, converse com o seu chefe”, diz.

Além disso, o consultor pontua que não há um valor correto para solicitar. “Esteja certo que dificilmente a empresa dará um aumento superior a 20%, a não ser que seja ascensão de cargo”, esclarece.

Como pedir?

Marcelo Vasconcelos também enumerou quatro dicas para abordar o chefe da melhor forma.

1- Observe como está o temperamento do chefe, se está preocupado, sofrendo pressão, aborrecido com alguma coisa.

2- Caso ele esteja tranquilo, comunique que deseja conversar em particular e marque um horário, pois trata-se de um assunto direcionado a apenas o chefe e funcionário. A presença de outras pessoas pode acarretar em constrangimentos ou até problemas.

3- Ao iniciar a conversa tente descontrair, mas não faça rodeios no assunto. Após a descontração, seja objetivo e direto. Leve fatos e números.

4- Justifique o porquê de merecer um aumento salarial e tente convencê-lo.

Publicidade

Dê sua opinião

Momento certo: saiba como pedir aumento salarial

Dedicação, responsabilidade e doação. O profissionais que “dão um duro danado”, conquistando melhorias na empresa, merecem ser reconhecidos. A questão salarial também é uma forma de reconhecimento, umas da melhores até

Por Jackson Cruz em Ceará

10 de setembro de 2012 às 10:06

Há 7 anos

Fique atento para quatro dicas de como abordar o chefe. Foto: Divulgação

Dedicação, responsabilidade e doação. O profissionais que “dão um duro danado”, conquistando melhorias na empresa, merecem ser reconhecidos. A questão salarial também é uma forma de reconhecimento, umas da melhores até. Porém, em alguns casos, a busca por esse aumento, geralmente, parte somente do profissional, por isso fique atento!

O Jangadeiro Online entrevistou o consultor pessoal Marcelo Vasconcelos para dar dicas da melhor forma de pedir uma maior remuneração. Segundo Vasconcelos, existem dois fatores primordiais para que seja solicitado aumento salarial. “O primeiro é o tempo de empresa. Ninguém recebe aumento salarial com apenas um, dois ou seis meses de prestação de serviço, a não ser que esteja no plano de cargos e salários da empresa. Vai depender muito da função. O outro é a contribuição do profissional. Será que ele está valendo o que se paga ou vale mais?”, dá a dica.

O consultor ressalta que em alguns casos específicos, como cargos técnicos ou difíceis de encontrar no mercado, para que a empresa não fique sem o profissional, pode ocorrer um aumento mais fácil pelo fator da qualificação profissional. “Mas na maioria dos casos, o interessado deve ter muito cuidado em sua solicitação de aumento”, alerta.

Siga os passos

Marcelo Vasconcelos comenta que, em muitas empresas, existe o plano de cargos e salários com todas possibilidades de ascensão salarial. “Esse plano fica no Recursos Humanos da empresa e o profissional pode estar buscando as informações para fazer seu planejamento”, explica.

Segundo ele, caso a empresa não tenha o plano, o empregado deve avaliar bem o momento da empresa. “Deve perceber se a mesma encontra-se em boa situação financeira, este é o primeiro passo. O segundo passo é fazer uma auto análise de seu próprio trabalho perguntando-se: quais resultados eu atinjo para a empresa? Eu sou um ótimo funcionário ou cumpro meramente as funções inerentes ao meu cargo? Eu mereço um aumento salarial por quê?”, aconselha.

Já o terceiro passo é questionar: eu tenho qualificação suficiente para ser promovido? “Eu estou constantemente me reciclando, fazendo cursos, dando novas ideias, inovando em minha área e contribuindo para o sucesso da empresa? Eu tenho condições de quem sabe atingir um nível maior de cargo e com isso absorver maiores responsabilidades? Depois do terceiro passo, se você está seguro, converse com o seu chefe”, diz.

Além disso, o consultor pontua que não há um valor correto para solicitar. “Esteja certo que dificilmente a empresa dará um aumento superior a 20%, a não ser que seja ascensão de cargo”, esclarece.

Como pedir?

Marcelo Vasconcelos também enumerou quatro dicas para abordar o chefe da melhor forma.

1- Observe como está o temperamento do chefe, se está preocupado, sofrendo pressão, aborrecido com alguma coisa.

2- Caso ele esteja tranquilo, comunique que deseja conversar em particular e marque um horário, pois trata-se de um assunto direcionado a apenas o chefe e funcionário. A presença de outras pessoas pode acarretar em constrangimentos ou até problemas.

3- Ao iniciar a conversa tente descontrair, mas não faça rodeios no assunto. Após a descontração, seja objetivo e direto. Leve fatos e números.

4- Justifique o porquê de merecer um aumento salarial e tente convencê-lo.