Pescadores cearenses desaparecidos desde abril são encontrados no litoral do Pará

ALÍVIO

Pescadores cearenses desaparecidos desde abril são encontrados no litoral do Pará

A embarcação foi encontrada por outro barco pesqueiro, a cerca de 280 quilômetros da cidade de Bragança, no Pará; a Marinha está deslocando um navio para resgatar os tripulantes e a embarcação

Por Tribuna do Ceará em Ceará

14 de maio de 2019 às 18:00

Há 1 semana
A embarcação saiu de Camocim no dia 14 de abril para pescar atum (FOTO: Benjamim Lucas/ Arquivo)

A embarcação saiu de Camocim no dia 14 de abril para pescar atum (FOTO: Benjamim Lucas/ Arquivo)

Atualizada às 18h44

Os sete pescadores que estavam desaparecidos há mais de 20 dias foram encontrados na tarde desta terça-feira (14), na região de Bragança, no Pará.  A embarcação saiu de Camocim, litoral do Ceará, no dia 14 de abril para pescar atum, a cerca de 500 milhas náuticas da costa, quase 1000 quilômetros. A informação foi confirmada pela Capitania dos Portos do Ceará.

A embarcação foi encontrada por outro barco pesqueiro, cerca de 280 quilômetros da cidade de Bragança. A marinha está deslocando um navio para resgatar os tripulantes e a embarcação.

Em 21 de abril, o barco fez a última comunicação quando estava a cerca de 530 milhas, desde então não houve localização da tripulação que era desconhecida. Em 2 de maio, a marinha foi acionada para as buscas dos sete pescadores.

A TV Jangadeiro apurou que todos os tripulantes estão em boas condições de saúde. A embarcação ficou à deriva após falhas no maquinário. O sistema de comunicação, que transmite a localização do barco em alto mar, também não estaria funcionando. O resgate está sendo comandado pela Marinha do Brasil e deve ser iniciado na quarta-feira (15). O barco está em alto mar, junto à outra embarcação de pesca, que fez a localização e que repassou a posição à capitania dos protos através do sistema de comunicação.

Publicidade

Dê sua opinião

ALÍVIO

Pescadores cearenses desaparecidos desde abril são encontrados no litoral do Pará

A embarcação foi encontrada por outro barco pesqueiro, a cerca de 280 quilômetros da cidade de Bragança, no Pará; a Marinha está deslocando um navio para resgatar os tripulantes e a embarcação

Por Tribuna do Ceará em Ceará

14 de maio de 2019 às 18:00

Há 1 semana
A embarcação saiu de Camocim no dia 14 de abril para pescar atum (FOTO: Benjamim Lucas/ Arquivo)

A embarcação saiu de Camocim no dia 14 de abril para pescar atum (FOTO: Benjamim Lucas/ Arquivo)

Atualizada às 18h44

Os sete pescadores que estavam desaparecidos há mais de 20 dias foram encontrados na tarde desta terça-feira (14), na região de Bragança, no Pará.  A embarcação saiu de Camocim, litoral do Ceará, no dia 14 de abril para pescar atum, a cerca de 500 milhas náuticas da costa, quase 1000 quilômetros. A informação foi confirmada pela Capitania dos Portos do Ceará.

A embarcação foi encontrada por outro barco pesqueiro, cerca de 280 quilômetros da cidade de Bragança. A marinha está deslocando um navio para resgatar os tripulantes e a embarcação.

Em 21 de abril, o barco fez a última comunicação quando estava a cerca de 530 milhas, desde então não houve localização da tripulação que era desconhecida. Em 2 de maio, a marinha foi acionada para as buscas dos sete pescadores.

A TV Jangadeiro apurou que todos os tripulantes estão em boas condições de saúde. A embarcação ficou à deriva após falhas no maquinário. O sistema de comunicação, que transmite a localização do barco em alto mar, também não estaria funcionando. O resgate está sendo comandado pela Marinha do Brasil e deve ser iniciado na quarta-feira (15). O barco está em alto mar, junto à outra embarcação de pesca, que fez a localização e que repassou a posição à capitania dos protos através do sistema de comunicação.