"O Céu no Andar de Baixo" é o grande vencedor do Curta Canoa - Noticias


“O Céu no Andar de Baixo” é o grande vencedor do Curta Canoa

Os vencedores do Curta Canoa – Festival Latino-Americano de Cinema de Canoa Quebrada, foram anunciados neste sábado (10). O filme “O Céu no Andar de Baixo” recebeu dois prêmios, incluindo o de melhor filme

Por Tribuna do Ceará em Ceará

11 de dezembro de 2011 às 12:39

Há 8 anos

Trecho do filme "O Céu no Andar de Baixo" (Foto: Reprodução)

Os vencedores do Curta Canoa – Festival Latino-Americano de Cinema de Canoa Quebrada, foram anunciados neste sábado (10), em Canoa Quebrada. O filme “O Céu no Andar de Baixo” recebeu dois prêmios, incluindo o de melhor filme.

Os curtas-metragens foram exibidos durante toda a semana gratuitamente. Segundo a organização do evento, mais de 10 mil pessoas compareceram à mostra a céu aberto.

Confira a lista completa de vencedores:

Curtas em 35 mm
Melhor Filme: “O Céu no Andar De Baixo”, de Leonardo Cata Preta (MG)
Melhor Direção: “Ratão”, de Santiago Dellape (DF)
Melhor Roteiro: “Lápis de Cor”, de Alice Gomes (RJ)
Melhor Fotografia: “Doce de Coco”, por Kátia Coelho e Naji Sidki (CE)
Melhor Trilha Sonora Original: “O Céu no Andar de Baixo”, por Daniel Nunes (MG)
Melhor Direção de Arte: “Fábula das Três Avós”, por Maíra Mesquita (SP)
Melhor Ator: “Lápis de Cor”, por Rodrigo Costa (RJ)
Melhor Atriz: “Fábula das Três Avós”, por Mariana Emerick (SP)
Melhor Som: “Ratão”, por Dirceu Lustosa (DF)

Curtas em vídeo:
Melhor Vídeo: “Julie, Agosto, Setembro”, de Jarleo Barbosa (RJ)
Melhor Direção: “Trabalho Final”, por Felipe Mendonça (SP)
Melhor Roteiro: “Trocam-se Bolinhos por História de Vida”, por Denise Marchi  (RS)
Melhor Fotografia: “Dormentes do Tempo”, por Pablo Escajedo (RS)
Melhor Trilha Sonora Original: “Imperfeito”, por Júlia Ferrari e Gui Campos (RJ)
Melhor Direção de Arte: “A Melhor Idade”, por Fernanda Teixeira e Yves Moura (RJ)
Melhor Som: “Tempestade”, por Cláudio Augusto Ferreira e Fernanda Nascimento (SP)
Menção Honrosa: “A Dama do Peixoto”, por Douglas Soares e Allan Ribeiro (RJ)

Leia mais:
Curta Canoa: 76 filmes brasileiros disputam prêmio

Jovens cineastas cearenses apresentam trabalhos no 7° Curta Canoa

Abertas as inscrições para o VII Curta Canoa

Redação Jangadeiro Online, com informações do Curta Canoa

Publicidade

Dê sua opinião

“O Céu no Andar de Baixo” é o grande vencedor do Curta Canoa

Os vencedores do Curta Canoa – Festival Latino-Americano de Cinema de Canoa Quebrada, foram anunciados neste sábado (10). O filme “O Céu no Andar de Baixo” recebeu dois prêmios, incluindo o de melhor filme

Por Tribuna do Ceará em Ceará

11 de dezembro de 2011 às 12:39

Há 8 anos

Trecho do filme "O Céu no Andar de Baixo" (Foto: Reprodução)

Os vencedores do Curta Canoa – Festival Latino-Americano de Cinema de Canoa Quebrada, foram anunciados neste sábado (10), em Canoa Quebrada. O filme “O Céu no Andar de Baixo” recebeu dois prêmios, incluindo o de melhor filme.

Os curtas-metragens foram exibidos durante toda a semana gratuitamente. Segundo a organização do evento, mais de 10 mil pessoas compareceram à mostra a céu aberto.

Confira a lista completa de vencedores:

Curtas em 35 mm
Melhor Filme: “O Céu no Andar De Baixo”, de Leonardo Cata Preta (MG)
Melhor Direção: “Ratão”, de Santiago Dellape (DF)
Melhor Roteiro: “Lápis de Cor”, de Alice Gomes (RJ)
Melhor Fotografia: “Doce de Coco”, por Kátia Coelho e Naji Sidki (CE)
Melhor Trilha Sonora Original: “O Céu no Andar de Baixo”, por Daniel Nunes (MG)
Melhor Direção de Arte: “Fábula das Três Avós”, por Maíra Mesquita (SP)
Melhor Ator: “Lápis de Cor”, por Rodrigo Costa (RJ)
Melhor Atriz: “Fábula das Três Avós”, por Mariana Emerick (SP)
Melhor Som: “Ratão”, por Dirceu Lustosa (DF)

Curtas em vídeo:
Melhor Vídeo: “Julie, Agosto, Setembro”, de Jarleo Barbosa (RJ)
Melhor Direção: “Trabalho Final”, por Felipe Mendonça (SP)
Melhor Roteiro: “Trocam-se Bolinhos por História de Vida”, por Denise Marchi  (RS)
Melhor Fotografia: “Dormentes do Tempo”, por Pablo Escajedo (RS)
Melhor Trilha Sonora Original: “Imperfeito”, por Júlia Ferrari e Gui Campos (RJ)
Melhor Direção de Arte: “A Melhor Idade”, por Fernanda Teixeira e Yves Moura (RJ)
Melhor Som: “Tempestade”, por Cláudio Augusto Ferreira e Fernanda Nascimento (SP)
Menção Honrosa: “A Dama do Peixoto”, por Douglas Soares e Allan Ribeiro (RJ)

Leia mais:
Curta Canoa: 76 filmes brasileiros disputam prêmio

Jovens cineastas cearenses apresentam trabalhos no 7° Curta Canoa

Abertas as inscrições para o VII Curta Canoa

Redação Jangadeiro Online, com informações do Curta Canoa