Municípios mais pobres do Ceará receberão recursos de R$ 162,2 milhões


Municípios mais pobres do Ceará receberão recursos de R$ 162 mi

Recursos fazem parte do Projeto Paulo Freire e serão destinados a projetos para famílias que moram nos 31 municípios

Por Tribuna do Ceará em Ceará

17 de agosto de 2013 às 10:15

Há 6 anos
Recurso será aplicado entre os anos de 2013 e 2019 (FOTO: Flickr/Creative Commons/Milton Jung)

Recurso será aplicado entre os anos de 2013 e 2019 (FOTO: Flickr/Creative Commons/Milton Jung)

Os 31 municípios do Ceará que têm os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) vão receber R$ 162,2 milhões oriundos de financiamento do Governo do Estado junto ao Fundo Internacional do Desenvolvimento Agrícola (Fida) – 50% via Fida e 50% Tesouro do Estado.

Os recursos fazem parte do Projeto Paulo Freire e serão destinados a projetos produtivos para famílias que moram nos 31 municípios cearenses com os menores IDH localizados no semiárido cearense.

O recurso será aplicado entre os anos de 2013 e 2019, em ações para reduzir a pobreza rural no semiárido cearense no âmbito agrícola e não agrícola, com foco principal em jovens e mulheres.

Beneficiados

Os municípios que serão beneficiados são Altaneira, Antonina do Norte, Araripe, Assaré, Campos Sales, Nova Olinda, Potengi, Salitre, Santana do Cariri, Tarrafas, Aiuaba, Arneiroz, Hidrolândia, Parambu, Ipu, Ipueiras, Pires Ferreira, Quiterianópolis, Tauá, Coreaú, Frecheirinha, Graça, Massapê, Moraújo, Mucambo, Pacujá, Reriutaba, Senador Sá, Sobral, Varjota e Irauçuba.

Ações

Segundo o gerente de Programas do Fida para o Brasil, Ivan Cossio, haverá um foco em ações para beneficiar principalmente os agricultores inseridos no Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), nas linhas A e B. “Nosso foco é principalmente o combate à pobreza rural, com a geração de renda para as famílias beneficiadas”, afirma.

Assinatura do convênio

Na segunda-feira (19), às 9h30min, no auditório do Palácio da Abolição, acontecerá a solenidade de assinatura do convênio que terá a presença do governador Cid Gomes.

Publicidade

Dê sua opinião

Municípios mais pobres do Ceará receberão recursos de R$ 162 mi

Recursos fazem parte do Projeto Paulo Freire e serão destinados a projetos para famílias que moram nos 31 municípios

Por Tribuna do Ceará em Ceará

17 de agosto de 2013 às 10:15

Há 6 anos
Recurso será aplicado entre os anos de 2013 e 2019 (FOTO: Flickr/Creative Commons/Milton Jung)

Recurso será aplicado entre os anos de 2013 e 2019 (FOTO: Flickr/Creative Commons/Milton Jung)

Os 31 municípios do Ceará que têm os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) vão receber R$ 162,2 milhões oriundos de financiamento do Governo do Estado junto ao Fundo Internacional do Desenvolvimento Agrícola (Fida) – 50% via Fida e 50% Tesouro do Estado.

Os recursos fazem parte do Projeto Paulo Freire e serão destinados a projetos produtivos para famílias que moram nos 31 municípios cearenses com os menores IDH localizados no semiárido cearense.

O recurso será aplicado entre os anos de 2013 e 2019, em ações para reduzir a pobreza rural no semiárido cearense no âmbito agrícola e não agrícola, com foco principal em jovens e mulheres.

Beneficiados

Os municípios que serão beneficiados são Altaneira, Antonina do Norte, Araripe, Assaré, Campos Sales, Nova Olinda, Potengi, Salitre, Santana do Cariri, Tarrafas, Aiuaba, Arneiroz, Hidrolândia, Parambu, Ipu, Ipueiras, Pires Ferreira, Quiterianópolis, Tauá, Coreaú, Frecheirinha, Graça, Massapê, Moraújo, Mucambo, Pacujá, Reriutaba, Senador Sá, Sobral, Varjota e Irauçuba.

Ações

Segundo o gerente de Programas do Fida para o Brasil, Ivan Cossio, haverá um foco em ações para beneficiar principalmente os agricultores inseridos no Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), nas linhas A e B. “Nosso foco é principalmente o combate à pobreza rural, com a geração de renda para as famílias beneficiadas”, afirma.

Assinatura do convênio

Na segunda-feira (19), às 9h30min, no auditório do Palácio da Abolição, acontecerá a solenidade de assinatura do convênio que terá a presença do governador Cid Gomes.