Justiça interdita matadouro público de Bela Cruz - Noticias


Justiça interdita matadouro público de Bela Cruz

O Maradouro Público de Bela Cruz, no Litoral Leste do Estado, foi interditado por ordem do juiz Rafael Lopes do Amaral. A interdição foi recomendada pelo Ministério Público, que detectou várias irregularidades no equipamento, resultando em Ação Civil Pública interposta pelo promotor de Justiça Francisco Elnatan Carlos de Oliveira Júnior.

Por Tribuna do Ceará em Ceará

26 de agosto de 2011 às 16:17

Há 8 anos

O Maradouro Público de Bela Cruz, no Litoral Leste do Estado, foi interditado por ordem do juiz Rafael Lopes do Amaral. A interdição foi recomendada pelo Ministério Público, que detectou várias irregularidades no equipamento, resultando em Ação Civil Pública interposta pelo promotor de Justiça Francisco Elnatan Carlos de Oliveira Júnior.

Leia mais:
Ministério Público pede interdição de matadouro de Quixeramobim

O equipamento só pode voltar a funcionar quando forem realizadas as melhorias recomendadas pelos representante do Ministério Público. O descumprimento da ordem judicial resultará em multa diária R$ 1 mil.

O magistrado também ordenou a designação e a realização de audiência pública para dar conhecimento à população a respeito do assunto. Enquanto o matadouro não voltar a funcionar, a Prefeitura de Bela Cruz terá a responsabildiade de fiscalizar a venda de carnes, com poder de interdição do estabelecimento que não seguir as recomendações básicas da Vigilância Sanitária.

Assista ao flagrante de falta de higiêne no matadouro de Pindoretama, mostrado no Barra Pesada:

Com informações da PGJ

Publicidade

Dê sua opinião

Justiça interdita matadouro público de Bela Cruz

O Maradouro Público de Bela Cruz, no Litoral Leste do Estado, foi interditado por ordem do juiz Rafael Lopes do Amaral. A interdição foi recomendada pelo Ministério Público, que detectou várias irregularidades no equipamento, resultando em Ação Civil Pública interposta pelo promotor de Justiça Francisco Elnatan Carlos de Oliveira Júnior.

Por Tribuna do Ceará em Ceará

26 de agosto de 2011 às 16:17

Há 8 anos

O Maradouro Público de Bela Cruz, no Litoral Leste do Estado, foi interditado por ordem do juiz Rafael Lopes do Amaral. A interdição foi recomendada pelo Ministério Público, que detectou várias irregularidades no equipamento, resultando em Ação Civil Pública interposta pelo promotor de Justiça Francisco Elnatan Carlos de Oliveira Júnior.

Leia mais:
Ministério Público pede interdição de matadouro de Quixeramobim

O equipamento só pode voltar a funcionar quando forem realizadas as melhorias recomendadas pelos representante do Ministério Público. O descumprimento da ordem judicial resultará em multa diária R$ 1 mil.

O magistrado também ordenou a designação e a realização de audiência pública para dar conhecimento à população a respeito do assunto. Enquanto o matadouro não voltar a funcionar, a Prefeitura de Bela Cruz terá a responsabildiade de fiscalizar a venda de carnes, com poder de interdição do estabelecimento que não seguir as recomendações básicas da Vigilância Sanitária.

Assista ao flagrante de falta de higiêne no matadouro de Pindoretama, mostrado no Barra Pesada:

Com informações da PGJ