Governo anuncia investimentos em aeroportos do Ceará


Governo anuncia investimentos em aeroportos do Ceará

Serão beneficiados nove aeroportos, totalizando R$ 363 milhões: Aracati, Canindé, Crateús, Iguatu, Itapipoca, Jijoca, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral

Por Tribuna do Ceará em Ceará

20 de dezembro de 2012 às 17:25

Há 6 anos
Aeroportos do Ceará receberão investimentos do governo federal. Foto: Divulgação

Aeroportos do Ceará receberão investimentos do governo federal. Foto: Divulgação

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quinta-feira (20), em Brasília, investimentos na infraestrutura e qualidade dos serviços aeroportuários do Ceará. Serão beneficiados nove aeroportos, totalizando recursos de R$ 363 milhões: Aracati, Canindé, Crateús, Iguatu, Itapipoca, Jijoca, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral.

Ao todo, estão previstos investimentos de mais de R$ 7,3 bilhões na expansão da aviação regional. As ações para a aeroportos integram o Programa de Investimentos em Logística, lançado em agosto para os setores ferroviários e rodoviários e, no início de dezembro, para a área portuária do país.

Regiões

Os investimentos previstos são da ordem de R$ 1,7 bilhão em 67 aeroportos na região Norte; R$ 2,1 bilhões em 64 aeroportos na região Nordeste; R$ 924 milhões em 31 aeroportos no Centro-Oeste; R$ 1,6 bilhão em 65 aeroportos no Sudeste; e R$ 994 milhões em 43 aeroportos na região Sul. O programa visa ampliar o acesso da população brasileira a serviços aéreos. O objetivo é que 96% da população brasileira esteja a menos de 100 quilômetros de distância de um aeroporto apto ao recebimento de voos regulares.

Projetos

Os projetos promoverão a melhoria, o reaparelhamento, a reforma e a expansão da infraestrutura aeroportuária, tanto em instalações físicas quanto em equipamentos. Os investimentos incluirão, por exemplo, reforma e construção de pistas, melhorias em terminais de passageiros, ampliação de pátios, revitalização de sinalizações e de pavimentos, entre outros. Os recursos virão do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC).

Os planos de investimentos obedecerão as seguintes fases: diagnóstico da infraestrutura e da gestão dos aeródromos; elaboração do programa de necessidades de investimento e de projetos conceituais e termos de referência de equipamentos.

Publicidade

Dê sua opinião

Governo anuncia investimentos em aeroportos do Ceará

Serão beneficiados nove aeroportos, totalizando R$ 363 milhões: Aracati, Canindé, Crateús, Iguatu, Itapipoca, Jijoca, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral

Por Tribuna do Ceará em Ceará

20 de dezembro de 2012 às 17:25

Há 6 anos
Aeroportos do Ceará receberão investimentos do governo federal. Foto: Divulgação

Aeroportos do Ceará receberão investimentos do governo federal. Foto: Divulgação

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quinta-feira (20), em Brasília, investimentos na infraestrutura e qualidade dos serviços aeroportuários do Ceará. Serão beneficiados nove aeroportos, totalizando recursos de R$ 363 milhões: Aracati, Canindé, Crateús, Iguatu, Itapipoca, Jijoca, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral.

Ao todo, estão previstos investimentos de mais de R$ 7,3 bilhões na expansão da aviação regional. As ações para a aeroportos integram o Programa de Investimentos em Logística, lançado em agosto para os setores ferroviários e rodoviários e, no início de dezembro, para a área portuária do país.

Regiões

Os investimentos previstos são da ordem de R$ 1,7 bilhão em 67 aeroportos na região Norte; R$ 2,1 bilhões em 64 aeroportos na região Nordeste; R$ 924 milhões em 31 aeroportos no Centro-Oeste; R$ 1,6 bilhão em 65 aeroportos no Sudeste; e R$ 994 milhões em 43 aeroportos na região Sul. O programa visa ampliar o acesso da população brasileira a serviços aéreos. O objetivo é que 96% da população brasileira esteja a menos de 100 quilômetros de distância de um aeroporto apto ao recebimento de voos regulares.

Projetos

Os projetos promoverão a melhoria, o reaparelhamento, a reforma e a expansão da infraestrutura aeroportuária, tanto em instalações físicas quanto em equipamentos. Os investimentos incluirão, por exemplo, reforma e construção de pistas, melhorias em terminais de passageiros, ampliação de pátios, revitalização de sinalizações e de pavimentos, entre outros. Os recursos virão do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC).

Os planos de investimentos obedecerão as seguintes fases: diagnóstico da infraestrutura e da gestão dos aeródromos; elaboração do programa de necessidades de investimento e de projetos conceituais e termos de referência de equipamentos.