Funcionário de parque de diversões se apresenta à polícia - Noticias


Funcionário de parque de diversões se apresenta à polícia

O operador do brinquedo “Surf” que atingiu o menino Francisco Luiz da Silva Ribeiro, 10 anos, no último domingo (7) se apresentou na manhã desta terça-feira (9) na delegacia de Guaraciaba do Norte, Serra da Ibiapaba.

Por Tribuna do Ceará em Ceará

9 de agosto de 2011 às 15:02

Há 8 anos

Foto: Sobral Portal de Notícias

O operador do brinquedo  que atingiu e matou o menino Francisco Luiz da Silva Ribeiro, 10 anos, no último domingo (7) se apresentou na manhã desta terça-feira (9) na delegacia de Guaraciaba do Norte, Serra da Ibiapaba.

Leia mais:
Veja as fotos do local: criança morre em parque de diversões

O homem identificado como Juarez, 56 anos, se apresentou à Polícia Civil acompanhado de advogados. O delegado responsável pelo caso, Rudson Rocha, falou no Programa Barra Pesada desta terça que o operador já trabalhava no parque há 15 anos. Após o acidente o operador acabou fugindo do local.

Em depoimento, Juarez afirmou ao delegado que não percebeu o retorno da criança ao brinquedo e acabou ligando a máquina. Uma falta de atenção que virou fatalidade.O proprietário do parque, José Cláudio Nascimento, também  prestou esclarecimentos à Polícia Civil e informou que nunca havia acontecido acidentes no parque.

De acordo com o delegado, após o laudo da perícia ser concluído o inquérito será remetido ao Poder Judiciários que vai tomar as devidas providências.

O sepultamento do menino Francisco Luiz da Silva Ribeiro aconteceu, no fim da tarde desta segunda-feira (8), no Cemitério do distrito de Sussuanha, sete quilômetros de Guaraciaba do Norte.

Interdição

Apesar de apresentar alvará de funcionamento regularizado, a promotora de Justiça de Guaraciaba do Norte, Ana Beatriz Pereira de Oliveira e Lima, expediu nesta terça-feira (9) uma recomendação para que a Prefeitura do município interdite o Parque de Diversões Boa Vista, onde o menino Francisco Luiz da Silva, morreu após ser atingido por um brinquedo.

Segundo a promotora, a interdição foi expedida, pois há evidências claras que o parque não tem condições físicas de funcionar. A prefeita de Guaraciaba tem um prazo de 24h para informar se irá aceitar a recomendação. Caso o pedido não seja acatado o Ministério Público vai entrar com pedido de cautela à Justiça. O objetivo da interdição é evitar que maiores acidente aconteçam.

Redação Jangadeiro Online, com informações do delegado Rudson Rocha

Publicidade

Dê sua opinião

Funcionário de parque de diversões se apresenta à polícia

O operador do brinquedo “Surf” que atingiu o menino Francisco Luiz da Silva Ribeiro, 10 anos, no último domingo (7) se apresentou na manhã desta terça-feira (9) na delegacia de Guaraciaba do Norte, Serra da Ibiapaba.

Por Tribuna do Ceará em Ceará

9 de agosto de 2011 às 15:02

Há 8 anos

Foto: Sobral Portal de Notícias

O operador do brinquedo  que atingiu e matou o menino Francisco Luiz da Silva Ribeiro, 10 anos, no último domingo (7) se apresentou na manhã desta terça-feira (9) na delegacia de Guaraciaba do Norte, Serra da Ibiapaba.

Leia mais:
Veja as fotos do local: criança morre em parque de diversões

O homem identificado como Juarez, 56 anos, se apresentou à Polícia Civil acompanhado de advogados. O delegado responsável pelo caso, Rudson Rocha, falou no Programa Barra Pesada desta terça que o operador já trabalhava no parque há 15 anos. Após o acidente o operador acabou fugindo do local.

Em depoimento, Juarez afirmou ao delegado que não percebeu o retorno da criança ao brinquedo e acabou ligando a máquina. Uma falta de atenção que virou fatalidade.O proprietário do parque, José Cláudio Nascimento, também  prestou esclarecimentos à Polícia Civil e informou que nunca havia acontecido acidentes no parque.

De acordo com o delegado, após o laudo da perícia ser concluído o inquérito será remetido ao Poder Judiciários que vai tomar as devidas providências.

O sepultamento do menino Francisco Luiz da Silva Ribeiro aconteceu, no fim da tarde desta segunda-feira (8), no Cemitério do distrito de Sussuanha, sete quilômetros de Guaraciaba do Norte.

Interdição

Apesar de apresentar alvará de funcionamento regularizado, a promotora de Justiça de Guaraciaba do Norte, Ana Beatriz Pereira de Oliveira e Lima, expediu nesta terça-feira (9) uma recomendação para que a Prefeitura do município interdite o Parque de Diversões Boa Vista, onde o menino Francisco Luiz da Silva, morreu após ser atingido por um brinquedo.

Segundo a promotora, a interdição foi expedida, pois há evidências claras que o parque não tem condições físicas de funcionar. A prefeita de Guaraciaba tem um prazo de 24h para informar se irá aceitar a recomendação. Caso o pedido não seja acatado o Ministério Público vai entrar com pedido de cautela à Justiça. O objetivo da interdição é evitar que maiores acidente aconteçam.

Redação Jangadeiro Online, com informações do delegado Rudson Rocha