Estudantes realizam protesto na Assembleia Legislativa - Noticias


Estudantes realizam protesto na Assembleia Legislativa

Estudantes de cinco escolas públicas de Fortaleza realizaram um protesto nesta terça-feira (22), em frente à Assembleia Legislativa. O objetivo da manifestação é sensibilizar os deputados estaduais a respeito da melhoria das condições de trabalho e reajuste salarial dos professores

Por Tribuna do Ceará em Ceará

22 de novembro de 2011 às 10:55

Há 8 anos

Estudantes caminham até a Assembleia Legislativa (Foto: Marlos Araújo)

Estudantes de cinco escolas públicas de Fortaleza realizaram um protesto nesta terça-feira (22), em frente à Assembleia Legislativa do Ceará. O objetivo da manifestação é sensibilizar os deputados estaduais a respeito da melhoria das condições de trabalho e reajuste salarial dos professores da rede estadual de ensino.

Sob palavras de ordem, os estudantes promoveram uma caminhada a partir da Praça da Imprensa até a AL, onde entregaram um manifesto aos parlamentares. Por conta do protesto, o trânsito na Avenida Desembargador Moreira foi interrompido em alguns trechos.

Alguns professores que estavam na manifestação carregavam faixas e cartazes pedindo uma posição do governador Cid Gomes (PSB) diante às negociações das exigências feitas pela categoria.

Debate na Apeoc

O movimento não está relacionado com o Sindicato dos Professores do Estado do Ceará (Apeoc), que promove um debate sobre gestão escolar, a partir das 15h desta terça-feira (22), em sua sede, na Rua Solom Pinheiro, no bairro José Bonifácio, na Capital.

Na próxima sexta-feira (25), os professores da rede estadual de ensino participam de uma assembleia geral, a partir das 8h, no Ginásio Paulo Sarasate. Na ocasião, será discutida a deflagração de uma nova greve da categoria.

Nova greve

No dia 11 de novembro, em votação acirrada, os manifestantes resolveram encerrar a greve deflagrada em agosto e propuseram uma nova paralisação que pode ser iniciada no dia 28.A categoria recusou o reajuste de 15% oferecido pelo governador Cid Gomes.

Confira algumas imagens da manifestação:

Exif_JPEG_422
Exif_JPEG_422
Exif_JPEG_422
3/3

Exif_JPEG_422

Estudantes caminham até a Assembleia Legislativa (Foto: Marlos Araújo)

Leia mais:
Estudantes paralisam rotatória da Aguanambi em apoio aos professores

Professores da rede estadual suspendem a greve

Professores voltam as aulas após 63 dias de greve

Governo propõe 15% de aumento para professores da rede pública estadual

Redação Jangadeiro Online

Publicidade

Dê sua opinião

Estudantes realizam protesto na Assembleia Legislativa

Estudantes de cinco escolas públicas de Fortaleza realizaram um protesto nesta terça-feira (22), em frente à Assembleia Legislativa. O objetivo da manifestação é sensibilizar os deputados estaduais a respeito da melhoria das condições de trabalho e reajuste salarial dos professores

Por Tribuna do Ceará em Ceará

22 de novembro de 2011 às 10:55

Há 8 anos

Estudantes caminham até a Assembleia Legislativa (Foto: Marlos Araújo)

Estudantes de cinco escolas públicas de Fortaleza realizaram um protesto nesta terça-feira (22), em frente à Assembleia Legislativa do Ceará. O objetivo da manifestação é sensibilizar os deputados estaduais a respeito da melhoria das condições de trabalho e reajuste salarial dos professores da rede estadual de ensino.

Sob palavras de ordem, os estudantes promoveram uma caminhada a partir da Praça da Imprensa até a AL, onde entregaram um manifesto aos parlamentares. Por conta do protesto, o trânsito na Avenida Desembargador Moreira foi interrompido em alguns trechos.

Alguns professores que estavam na manifestação carregavam faixas e cartazes pedindo uma posição do governador Cid Gomes (PSB) diante às negociações das exigências feitas pela categoria.

Debate na Apeoc

O movimento não está relacionado com o Sindicato dos Professores do Estado do Ceará (Apeoc), que promove um debate sobre gestão escolar, a partir das 15h desta terça-feira (22), em sua sede, na Rua Solom Pinheiro, no bairro José Bonifácio, na Capital.

Na próxima sexta-feira (25), os professores da rede estadual de ensino participam de uma assembleia geral, a partir das 8h, no Ginásio Paulo Sarasate. Na ocasião, será discutida a deflagração de uma nova greve da categoria.

Nova greve

No dia 11 de novembro, em votação acirrada, os manifestantes resolveram encerrar a greve deflagrada em agosto e propuseram uma nova paralisação que pode ser iniciada no dia 28.A categoria recusou o reajuste de 15% oferecido pelo governador Cid Gomes.

Confira algumas imagens da manifestação:

Exif_JPEG_422
Exif_JPEG_422
Exif_JPEG_422
3/3

Exif_JPEG_422

Estudantes caminham até a Assembleia Legislativa (Foto: Marlos Araújo)

Leia mais:
Estudantes paralisam rotatória da Aguanambi em apoio aos professores

Professores da rede estadual suspendem a greve

Professores voltam as aulas após 63 dias de greve

Governo propõe 15% de aumento para professores da rede pública estadual

Redação Jangadeiro Online