Especialista explica motivos para formação de lagoa de azul cristalino em Horizonte

ATRAÇÃO TURÍSTICA

Especialista explica motivos para formação de lagoa azul cristalino em Horizonte

A denominada Lagoa Azul deve permanecer com essa cor por tempo indeterminado, a não ser que haja um processo de contaminação

Por Tribuna do Ceará em Ceará

15 de abril de 2019 às 09:04

Há 1 semana
Segundo especialista, a cor da lagoa é formada por um processo de reflexão (FOTO: Reprodução/ De Olho em Horizonte)

Segundo especialista, a cor da lagoa é formada por um processo de reflexão (FOTO: Reprodução/ De Olho em Horizonte)

As chuvas dos últimos meses não só amenizaram a temperatura no município de Horizonte como trouxeram uma surpresa para a cidade. Após as precipitações, uma lagoa de cor cristalina surgiu no bairro Cajueiro da Malhada. O local se transformou em um atração turística e nos fins de semana, com diversos banhistas ocupando as margens da Lagoa Azul, como ficou conhecida.

De acordo com o professor Mariano Castelo Branco, do Laboratório de Geofísica da Universidade Federal do Ceará (UFC), há três fatores que podem explicar a formação do local. “As possibilidades para água ficar muito esverdeada ou azulada são as algas, reflexão da luz solar e ainda algumas características da geologia”. 

Ele ainda comenta que, no caso da lagoa de Horizonte, a cor pode ser explicada pela radiação solar. “Aquela água transparente que você tá vendo é como se fosse o reflexo do azul do céu e da iluminação solar”.

Mariano acredita que a Lagoa Azul deve permanecer na região por tempo indeterminado. “A não ser que haja um processo de contaminação, eu acho que vai demorar a escurecer. A areia embaixo deve estar bem branca, os minérios de quartzo bem transparentes. Não estive no local, mas há várias situações desse tipo”.

Há outros exemplos semelhantes de lagoas de cores cristalinas em outros estados brasileiros, formados pelo mesmo processo ou por outros fatores. “Como no Mato Grosso, Amazônia, Jericoacoara, perto da Lagoa do Banana. O processo de escavação que tirou o barro escuro avermelhado deixou uma areia mais clara, e a água pura da chuva encheu e criou-se o reflexo”.

Publicidade

Dê sua opinião

ATRAÇÃO TURÍSTICA

Especialista explica motivos para formação de lagoa azul cristalino em Horizonte

A denominada Lagoa Azul deve permanecer com essa cor por tempo indeterminado, a não ser que haja um processo de contaminação

Por Tribuna do Ceará em Ceará

15 de abril de 2019 às 09:04

Há 1 semana
Segundo especialista, a cor da lagoa é formada por um processo de reflexão (FOTO: Reprodução/ De Olho em Horizonte)

Segundo especialista, a cor da lagoa é formada por um processo de reflexão (FOTO: Reprodução/ De Olho em Horizonte)

As chuvas dos últimos meses não só amenizaram a temperatura no município de Horizonte como trouxeram uma surpresa para a cidade. Após as precipitações, uma lagoa de cor cristalina surgiu no bairro Cajueiro da Malhada. O local se transformou em um atração turística e nos fins de semana, com diversos banhistas ocupando as margens da Lagoa Azul, como ficou conhecida.

De acordo com o professor Mariano Castelo Branco, do Laboratório de Geofísica da Universidade Federal do Ceará (UFC), há três fatores que podem explicar a formação do local. “As possibilidades para água ficar muito esverdeada ou azulada são as algas, reflexão da luz solar e ainda algumas características da geologia”. 

Ele ainda comenta que, no caso da lagoa de Horizonte, a cor pode ser explicada pela radiação solar. “Aquela água transparente que você tá vendo é como se fosse o reflexo do azul do céu e da iluminação solar”.

Mariano acredita que a Lagoa Azul deve permanecer na região por tempo indeterminado. “A não ser que haja um processo de contaminação, eu acho que vai demorar a escurecer. A areia embaixo deve estar bem branca, os minérios de quartzo bem transparentes. Não estive no local, mas há várias situações desse tipo”.

Há outros exemplos semelhantes de lagoas de cores cristalinas em outros estados brasileiros, formados pelo mesmo processo ou por outros fatores. “Como no Mato Grosso, Amazônia, Jericoacoara, perto da Lagoa do Banana. O processo de escavação que tirou o barro escuro avermelhado deixou uma areia mais clara, e a água pura da chuva encheu e criou-se o reflexo”.