Ceará registra chuvas 20% acima da média histórica em março; Índice é o mais alto da década

Ô COISA BOA!

Ceará registra chuvas 20% acima da média histórica em março; Índice é o mais alto da década

Porém, quase todas as cidades onde mais choveu em março estão no litoral, longe dos maiores reservatórios do Ceará

Por Tribuna do Ceará em Ceará

1 de abril de 2019 às 10:36

Há 2 meses

Funceme registra maiores chuvas no litoral Norte durante o mês de março (FOTO: Marcel Farias/Funceme)

O Ceará encerrou março com índice de 20% acima da média histórica de chuvas registradas. Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A porcentagem é a maior da década para o mês analisado. 

O Litoral Norte do estado registrou as precipitações de maior volume – acima de 400 mm. Jijoca de Jericoara, a 137 km da capital, foi onde mais choveu durante o mês. O município acumulou 769.3 mm, uma média duas vezes maior do que a esperada. 

Devido às fortes chuvas registradas na cidade turística na manhã do dia 22, um carro ficou atolado e virou com a força da correnteza. O veículo fazia o transporte do Parque Nacional para a vila.

No ranking da Funceme, depois de Jijoca, aparecem:

Paraipaba (707 mm)
Acaraú (612.3 mm)
Bela Cruz (602.9 mm)
Itarema (594.9 mm)

Itarema, a 204 km de Fortaleza, registrou a maior chuva do mês. No dia 23, a cidade acumulou 212 mm. O alto volume de chuvas no município alagou ruas e casasEnquanto isso, Moraújo, a 287 km da capital, é a cidade com a maior média no primeiro trimestre do ano – 1402 mm.

Fortaleza, por sua vez, registrou 512.4 mm. A média é 58% maior do que o valor esperado para o período. Na capital, as chuvas também trouxeram consequências. No bairro Papicu, por exemplo, o asfalto cedeu e abriu a imensa cratera no dia 23.

Publicidade

Dê sua opinião

Ô COISA BOA!

Ceará registra chuvas 20% acima da média histórica em março; Índice é o mais alto da década

Porém, quase todas as cidades onde mais choveu em março estão no litoral, longe dos maiores reservatórios do Ceará

Por Tribuna do Ceará em Ceará

1 de abril de 2019 às 10:36

Há 2 meses

Funceme registra maiores chuvas no litoral Norte durante o mês de março (FOTO: Marcel Farias/Funceme)

O Ceará encerrou março com índice de 20% acima da média histórica de chuvas registradas. Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A porcentagem é a maior da década para o mês analisado. 

O Litoral Norte do estado registrou as precipitações de maior volume – acima de 400 mm. Jijoca de Jericoara, a 137 km da capital, foi onde mais choveu durante o mês. O município acumulou 769.3 mm, uma média duas vezes maior do que a esperada. 

Devido às fortes chuvas registradas na cidade turística na manhã do dia 22, um carro ficou atolado e virou com a força da correnteza. O veículo fazia o transporte do Parque Nacional para a vila.

No ranking da Funceme, depois de Jijoca, aparecem:

Paraipaba (707 mm)
Acaraú (612.3 mm)
Bela Cruz (602.9 mm)
Itarema (594.9 mm)

Itarema, a 204 km de Fortaleza, registrou a maior chuva do mês. No dia 23, a cidade acumulou 212 mm. O alto volume de chuvas no município alagou ruas e casasEnquanto isso, Moraújo, a 287 km da capital, é a cidade com a maior média no primeiro trimestre do ano – 1402 mm.

Fortaleza, por sua vez, registrou 512.4 mm. A média é 58% maior do que o valor esperado para o período. Na capital, as chuvas também trouxeram consequências. No bairro Papicu, por exemplo, o asfalto cedeu e abriu a imensa cratera no dia 23.