Caixa mudou data do Bolsa Família um dia antes dos boatos


Caixa muda data do Bolsa Família um dia antes dos boatos

Um total de R$ 2 bilhões foram liberados de uma só vez nas contas das 13,8 milhões famílias atendidas pelo Bolsa Família

Por Tribuna do Ceará em Ceará

25 de maio de 2013 às 09:50

Há 6 anos
Boato sobre fim do Bolsa Família levou milhares de pessoas às agências da Caixa (Foto: Arquivo/Tribuna do Ceará)

Boato sobre fim do Bolsa Família levou milhares de pessoas às agências da Caixa (Foto: Arquivo/Tribuna do Ceará)

A Caixa Econômica Federal confirmou ontem (25), a liberação de todos os benefícios do Bolsa Família na sexta-feira da semana passada, dia 17, um dia antes da onda de boatos sobre o fim do programa de transferência de renda.

A alteração, sem aviso prévio, do calendário de pagamento do programa, contraria o que a Caixa vinha dizendo à imprensa nos últimos dias. Um total de R$ 2 bilhões foram liberados de uma só vez nas contas das 13,8 milhões famílias atendidas pelo Bolsa Família .

Pela regra oficial do programa, o pagamento deveria ser feito de forma escalonada, seguindo a ordem do último número no cartão do beneficiário. As pessoas com cartão de final “1” deveriam receber o pagamento a partir do dia 17, e, assim por diante, até os com o final “0”, no dia 31.

No Ceará 34 agências registraram tumulto durante a tentativa de saque do Bolsa Família no último final de semana. Um movimento fora do normal foi registrado em agências lotéricas e da Caixa. Famílias inteiras se deslocaram aos postos de atendimento temendo a suspensão ou a interrupção dos pagamentos do Programa Bolsa Família.

10 anos do benefício
O Bolsa Família completará dez anos em outubro deste ano e, atualmente, atende a 13,8 milhões de famílias e a 50 milhões de pessoas. De acordo com Tereza Campello, ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, no início da gestão de Dilma Rousseff o orçamento do programa era R$ 14 bilhões e saltou para os R$ 24 bilhões previstos para 2013. “É um programa que nunca foi contingenciado”, disse.

O programa, criado através da Medida Provisória 132, juntou o Bolsa Escola, do auxílio-gás e do Cartão Alimentação em um só benefício. Atualmente, o Bolsa Família integra o Plano Brasil Sem Miséria, que tem como foco os 16 milhões de brasileiros com renda familiar per capita inferior a R$ 70 mensais.

Para receber os recursos do Bolsa Família, os beneficiados devem cumprir algumas exigências. Na área de saúde, por exemplo, eles devem acompanhar o cartão de vacinação e o crescimento e desenvolvimento das crianças menores de 7 anos.

Com informações da Agência Brasil

Publicidade

Dê sua opinião

Caixa muda data do Bolsa Família um dia antes dos boatos

Um total de R$ 2 bilhões foram liberados de uma só vez nas contas das 13,8 milhões famílias atendidas pelo Bolsa Família

Por Tribuna do Ceará em Ceará

25 de maio de 2013 às 09:50

Há 6 anos
Boato sobre fim do Bolsa Família levou milhares de pessoas às agências da Caixa (Foto: Arquivo/Tribuna do Ceará)

Boato sobre fim do Bolsa Família levou milhares de pessoas às agências da Caixa (Foto: Arquivo/Tribuna do Ceará)

A Caixa Econômica Federal confirmou ontem (25), a liberação de todos os benefícios do Bolsa Família na sexta-feira da semana passada, dia 17, um dia antes da onda de boatos sobre o fim do programa de transferência de renda.

A alteração, sem aviso prévio, do calendário de pagamento do programa, contraria o que a Caixa vinha dizendo à imprensa nos últimos dias. Um total de R$ 2 bilhões foram liberados de uma só vez nas contas das 13,8 milhões famílias atendidas pelo Bolsa Família .

Pela regra oficial do programa, o pagamento deveria ser feito de forma escalonada, seguindo a ordem do último número no cartão do beneficiário. As pessoas com cartão de final “1” deveriam receber o pagamento a partir do dia 17, e, assim por diante, até os com o final “0”, no dia 31.

No Ceará 34 agências registraram tumulto durante a tentativa de saque do Bolsa Família no último final de semana. Um movimento fora do normal foi registrado em agências lotéricas e da Caixa. Famílias inteiras se deslocaram aos postos de atendimento temendo a suspensão ou a interrupção dos pagamentos do Programa Bolsa Família.

10 anos do benefício
O Bolsa Família completará dez anos em outubro deste ano e, atualmente, atende a 13,8 milhões de famílias e a 50 milhões de pessoas. De acordo com Tereza Campello, ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, no início da gestão de Dilma Rousseff o orçamento do programa era R$ 14 bilhões e saltou para os R$ 24 bilhões previstos para 2013. “É um programa que nunca foi contingenciado”, disse.

O programa, criado através da Medida Provisória 132, juntou o Bolsa Escola, do auxílio-gás e do Cartão Alimentação em um só benefício. Atualmente, o Bolsa Família integra o Plano Brasil Sem Miséria, que tem como foco os 16 milhões de brasileiros com renda familiar per capita inferior a R$ 70 mensais.

Para receber os recursos do Bolsa Família, os beneficiados devem cumprir algumas exigências. Na área de saúde, por exemplo, eles devem acompanhar o cartão de vacinação e o crescimento e desenvolvimento das crianças menores de 7 anos.

Com informações da Agência Brasil