Ferroviário

Ferroviário vence o Ceará e conquista Taça dos Campeões

O zagueiro Da Silva marcou de cabeça para o time Coral e levou o troféu para a Barra do Ceará

Zagueiro Da Silva comemora gol do título (FOTO: Ronaldo Oliveira)

Ferroviário e Ceará fizeram o Clássico da Paz que decidiu a Taça dos Campeões da temporada. Ao fim da partida, disputada na tarde deste domingo na Arena Castelão, o troféu foi para a Barra do Ceará. Gol do zagueiro Da Silva deu o título para o Peixe.

Mesmo com time considerado reserva, foi o alvinegro quem tomou a iniciativa e atuou de forma mais ofensiva nos dez minutos iniciais. O Ferroviário só cercava com posicionamento opostamente defensivo. A chance mais clara no primeiro terço de jogo foi uma bola na trave do lateral João Lucas que tentou o cruzamento, mas a bola tomou o rumo do gol.

Aos 20 minutos uma boa trama do Ceará deixou Willie livre para abrir o placar. O atacante, que estava na marca do pênalti, furou e acertou a bola com o calcanhar. Mesmo com a parada técnica, o treinador coral, Marcelo Villar, não conseguiu fazer a equipe reagir. Aos 39 minutos, o Ceará mandou mais uma bola na trave depois de uma cabeçada de Matheus Matias.

Se o Vovô não fez, desperdiçando algumas chances, o Tubarão foi letal na primeira finalização que conseguiu mandar na direção da meta. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Da Silva subiu alto se antecipando ao sistema defensivo do Ceará para abrir o placar aos 42 minutos de jogo, definindo o resultado do primeiro tempo.

O Ceará voltou do intervalo sem o treinador Lisca. Ele foi expulso após discussão com a arbitragem antes de ir para o vestiário. Em campo, o time se lançou com mais intensidade ao ataque mas sem sucesso nos dez minutos iniciais da etapa complementar. Aos 11 minutos quem assustou foi Enercino para o Ferroviário. O meia finalizou livre de marcação para defesa de Fernando Henrique.

O Ceará manteve a posse de bola e assédio à área coral. Mas a investida ao ataque era estéril. Os comandados do técnico Villar se concentravam na marcação e só saiam quando encontravam espaço cedidos pela zaga alvinegra. A estratégia foi mantida até os 52 minutos de bola rolando. A estratégia deu certo. Terceiro troféu do Ferroviário depois do retorno de Marcelo Villar ao comando do time.

Ficha Téncnica
Ferroviário: Gleibison, Lucas Mendes, Da Silva, Luis Fernando, Fernandes, Mazinho, Leanderson, Enercino, Janeudo, Siloé e Edson Cariús. Técnico: Marcelo Villar

Ceará: Fernando Henrique, Gustavo, Charles, Eduardo Brock, João Vitor, Fabinho, Pedro Ken, Chico, Fernando Sobral, Willie e Matheus Matias. Técnico: Lisca

Tags
Ceará Ferroviário Taça dos campeões