Cearense brilha novamente e seleção conquista hexa mundial de futsal feminino


Cearense brilha novamente, e seleção conquista hexa mundial de futsal feminino

Amandinha fez dois gols no 3 a 0 do Brasil diante da Rússia, na Guatemala. A equipe do técnico Wilson Sabóia, também da ‘terrinha’, terminou invicta

Por Lucas Catrib em Outros Esportes

30 de novembro de 2015 às 10:08

Há 3 anos
A seleção dirigida pelo cearense Wilson Saboia venceu a decisão por 3 a 0, diante da Rússia (FOTO: reprodução/Facebook)

A seleção dirigida pelo cearense Wilson Saboia venceu a decisão por 3 a 0, diante da Rússia (FOTO: reprodução/Facebook)

A melhor seleção de futsal feminino do mundo é a do Brasil, sem qualquer contestação. Na madrugada desta segunda (30), na Guatemala, a equipe dirigida pelo cearense Wilson Sabóia fez 3 a 0 em cima da Rússia, na final do Mundial. Pelo segundo ano consecutivo, a também ‘alencarina’ Amandinha – atual melhor jogadora do planeta – foi a estrela da conquista. A ala do Barateiro-SC marcou duas vezes na decisão.

Amandinha é a atual melhor jogadora do mundo (FOTO: Divulgação/CBFS)

Amandinha é a atual melhor jogadora do mundo (FOTO: Divulgação/CBFS)

O outro gol do jogo derradeiro do certame foi anotado por Nega. Todos os tentos foram registrados no primeiro tempo. Após o intervalo, o Brasil controlou o embate e conseguiu o sexto título em seis edições disputadas. Na decisão do 3º lugar, a Espanha venceu Portugal por 9 a 1.

Campanha

Antes de garantir o troféu, a seleção goleou Costa Rica (9 a 0) e Irã (6 a 0). No último duelo da primeira fase, empatou por 1 a 1 com Portugal. A classificação à final veio com mais um placar elevado: 4 a 0 em cima da Espanha.

Ceará na conquista

Foi o primeiro título do técnico Wilson Sabóia como treinador da equipe principal brasileira. No ano passado, o também comandante do time da Universidade de Fortaleza (Unifor) era auxiliar. Amanda Lyssa, a Amadinha, de 1,57m e 21 anos, garantiu o seu bicampeonato com o grupo. A catarinense Missi Papst foi outra que venceu novamente. A atleta defende o mesmo time do ‘chefe’ da seleção.

Publicidade

Dê sua opinião

Cearense brilha novamente, e seleção conquista hexa mundial de futsal feminino

Amandinha fez dois gols no 3 a 0 do Brasil diante da Rússia, na Guatemala. A equipe do técnico Wilson Sabóia, também da ‘terrinha’, terminou invicta

Por Lucas Catrib em Outros Esportes

30 de novembro de 2015 às 10:08

Há 3 anos
A seleção dirigida pelo cearense Wilson Saboia venceu a decisão por 3 a 0, diante da Rússia (FOTO: reprodução/Facebook)

A seleção dirigida pelo cearense Wilson Saboia venceu a decisão por 3 a 0, diante da Rússia (FOTO: reprodução/Facebook)

A melhor seleção de futsal feminino do mundo é a do Brasil, sem qualquer contestação. Na madrugada desta segunda (30), na Guatemala, a equipe dirigida pelo cearense Wilson Sabóia fez 3 a 0 em cima da Rússia, na final do Mundial. Pelo segundo ano consecutivo, a também ‘alencarina’ Amandinha – atual melhor jogadora do planeta – foi a estrela da conquista. A ala do Barateiro-SC marcou duas vezes na decisão.

Amandinha é a atual melhor jogadora do mundo (FOTO: Divulgação/CBFS)

Amandinha é a atual melhor jogadora do mundo (FOTO: Divulgação/CBFS)

O outro gol do jogo derradeiro do certame foi anotado por Nega. Todos os tentos foram registrados no primeiro tempo. Após o intervalo, o Brasil controlou o embate e conseguiu o sexto título em seis edições disputadas. Na decisão do 3º lugar, a Espanha venceu Portugal por 9 a 1.

Campanha

Antes de garantir o troféu, a seleção goleou Costa Rica (9 a 0) e Irã (6 a 0). No último duelo da primeira fase, empatou por 1 a 1 com Portugal. A classificação à final veio com mais um placar elevado: 4 a 0 em cima da Espanha.

Ceará na conquista

Foi o primeiro título do técnico Wilson Sabóia como treinador da equipe principal brasileira. No ano passado, o também comandante do time da Universidade de Fortaleza (Unifor) era auxiliar. Amanda Lyssa, a Amadinha, de 1,57m e 21 anos, garantiu o seu bicampeonato com o grupo. A catarinense Missi Papst foi outra que venceu novamente. A atleta defende o mesmo time do ‘chefe’ da seleção.