Bairro de Fortaleza homenageou Ayrton Senna pra se livrar do estigma da violência


Bairro de Fortaleza homenageou Ayrton Senna pra se livrar do estigma da violência

Conhecido por uma chacina, o bairro Pantanal, em Fortaleza, mudou de nome para Planalto Ayrton Senna, em homenagem ao tricampeão mundial de Fórmula 1

Por Caio Costa em Outros Esportes

30 de abril de 2014 às 13:00

Há 5 anos
O bairro Planalto Ayrton Senna é localizado na periferia de Fortaleza Foto: Caio Costa

O bairro Planalto Ayrton Senna é localizado na periferia de Fortaleza Foto: Caio Costa

 

Há exatos 20 anos, a vida do piloto Ayrton Senna da Silva terminou quando a sua Williams se chocou violentamente na curva Tamburello, do autódromo de Ímola, na Itália. No entanto, o tricampeão mundial de Fórmula 1 segue vivo em diversas formas no cotidiano brasileiro.

Apesar de não existirem registros de que o ídolo do automobilismo tinha ligações com o Ceará, um bairro da periferia de Fortaleza recebeu o seu nome. Anteriormente conhecido como Pantanal, o Planalto Ayrton Senna passou a ser chamado dessa forma, de maneira oficial, a partir de 2003.

A mudança foi feita para tentar tirar da comunidade o estigma de violência, que ficou marcado em 1993, quando dois homens numa moto assassinaram três adolescentes em um local próximo à comunidade. O episódio ficou conhecido como a ‘Chacina do Pantanal’.

A ideia era que o nome do campeão mundial das temporadas de 1988, 1990 e 1991, sempre ligado à ações beneficentes, poderia ajudar a diminuir o citado estigma e o preconceito que os moradores do bairro passaram a sofrer.

Pantanal ou Planalto Ayrton Senna?

Moradora do bairro há 22 anos, a dona de casa Elisabete não concorda com a homenagem ao tricampeão mundial

Moradora do bairro há 22 anos, a dona de casa Elisabete não concorda com a homenagem ao tricampeão mundial Foto: Caio Costa

Entretanto, vários moradores ainda se referem à localidade pela antiga nomenclatura. “Moro e trabalho aqui no Pantanal há três anos”, fala o feirante Alexandre Fortunato, citando que a área é muitas vezes confundida com outros bairros da região, como José Walter.

A opinião não é compartilhada pela dona de casa Elisabete Souza. “Sempre que me perguntam, respondo: moro no Planalto Ayrton Senna, afinal é o nome dele”, garante ela, que reside na localidade há 22 anos.

Apesar do orgulho, para Elisabete, o bairro não teria este nome. “Sei que ele (Senna) foi uma pessoa muito importante, mas achei a homenagem errada, já que ele não tem nenhuma ligação com o lugar”, pontua.

Insegurança

Se muitas vezes discordam sobre o nome do bairro, os moradores reclamam de algo em comum: a insegurança. “Infelizmente, aqui é perigoso, não se pode descuidar”, lamenta Alexandre.

> LEIA MAIS

“Não troco por nada”

Apesar da violência, os moradores demonstram carinho com o bairro. A atendente de uma panificadora, Sara, que trabalha e reside na localidade, diz que apesar dos problemas, o Planalto Ayrton Senna é um local bom para viver. “Só saio daqui se for para morar em outra cidade”.

A dona de casa Elisabete vai mais longe. “Não troco por nada”, garante.

Planalto Ayrton Senna

Localizado na periferia de Fortaleza, o Planalto Ayrton Senna apresenta os tradicionais problemas das áreas mais pobres das grandes metrópoles brasileiras. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o bairro é um dos 20 mais violentos de Fortaleza.

Mesmo assim, a vida comercial da localidade é movimentada, com várias lojas, panificadoras e muitas feiras livres, onde os moradores fazem suas compras sem precisar se deslocarem para lugares distantes.

Além do bairro

Além do antigo Pantanal, Ayrton Senna batiza três ruas em Fortaleza, uma delas, no bairro Mondubim, grafado de maneira incorreta, com a letra “i”.

A rua Airton (sic.) Senna, no Mondubim é uma das três de Fortaleza com o nome do ídolo Foto: Caio Costa

A rua Airton (sic.) Senna, no Mondubim é uma das três de Fortaleza com o nome do ídolo Foto: Caio Costa

 

O tricampeão também empresta o seu nome para uma escola de ensino médio e fundamental, localizado no bairro Dom Lustosa.

 

 

Publicidade

Dê sua opinião

Bairro de Fortaleza homenageou Ayrton Senna pra se livrar do estigma da violência

Conhecido por uma chacina, o bairro Pantanal, em Fortaleza, mudou de nome para Planalto Ayrton Senna, em homenagem ao tricampeão mundial de Fórmula 1

Por Caio Costa em Outros Esportes

30 de abril de 2014 às 13:00

Há 5 anos
O bairro Planalto Ayrton Senna é localizado na periferia de Fortaleza Foto: Caio Costa

O bairro Planalto Ayrton Senna é localizado na periferia de Fortaleza Foto: Caio Costa

 

Há exatos 20 anos, a vida do piloto Ayrton Senna da Silva terminou quando a sua Williams se chocou violentamente na curva Tamburello, do autódromo de Ímola, na Itália. No entanto, o tricampeão mundial de Fórmula 1 segue vivo em diversas formas no cotidiano brasileiro.

Apesar de não existirem registros de que o ídolo do automobilismo tinha ligações com o Ceará, um bairro da periferia de Fortaleza recebeu o seu nome. Anteriormente conhecido como Pantanal, o Planalto Ayrton Senna passou a ser chamado dessa forma, de maneira oficial, a partir de 2003.

A mudança foi feita para tentar tirar da comunidade o estigma de violência, que ficou marcado em 1993, quando dois homens numa moto assassinaram três adolescentes em um local próximo à comunidade. O episódio ficou conhecido como a ‘Chacina do Pantanal’.

A ideia era que o nome do campeão mundial das temporadas de 1988, 1990 e 1991, sempre ligado à ações beneficentes, poderia ajudar a diminuir o citado estigma e o preconceito que os moradores do bairro passaram a sofrer.

Pantanal ou Planalto Ayrton Senna?

Moradora do bairro há 22 anos, a dona de casa Elisabete não concorda com a homenagem ao tricampeão mundial

Moradora do bairro há 22 anos, a dona de casa Elisabete não concorda com a homenagem ao tricampeão mundial Foto: Caio Costa

Entretanto, vários moradores ainda se referem à localidade pela antiga nomenclatura. “Moro e trabalho aqui no Pantanal há três anos”, fala o feirante Alexandre Fortunato, citando que a área é muitas vezes confundida com outros bairros da região, como José Walter.

A opinião não é compartilhada pela dona de casa Elisabete Souza. “Sempre que me perguntam, respondo: moro no Planalto Ayrton Senna, afinal é o nome dele”, garante ela, que reside na localidade há 22 anos.

Apesar do orgulho, para Elisabete, o bairro não teria este nome. “Sei que ele (Senna) foi uma pessoa muito importante, mas achei a homenagem errada, já que ele não tem nenhuma ligação com o lugar”, pontua.

Insegurança

Se muitas vezes discordam sobre o nome do bairro, os moradores reclamam de algo em comum: a insegurança. “Infelizmente, aqui é perigoso, não se pode descuidar”, lamenta Alexandre.

> LEIA MAIS

“Não troco por nada”

Apesar da violência, os moradores demonstram carinho com o bairro. A atendente de uma panificadora, Sara, que trabalha e reside na localidade, diz que apesar dos problemas, o Planalto Ayrton Senna é um local bom para viver. “Só saio daqui se for para morar em outra cidade”.

A dona de casa Elisabete vai mais longe. “Não troco por nada”, garante.

Planalto Ayrton Senna

Localizado na periferia de Fortaleza, o Planalto Ayrton Senna apresenta os tradicionais problemas das áreas mais pobres das grandes metrópoles brasileiras. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o bairro é um dos 20 mais violentos de Fortaleza.

Mesmo assim, a vida comercial da localidade é movimentada, com várias lojas, panificadoras e muitas feiras livres, onde os moradores fazem suas compras sem precisar se deslocarem para lugares distantes.

Além do bairro

Além do antigo Pantanal, Ayrton Senna batiza três ruas em Fortaleza, uma delas, no bairro Mondubim, grafado de maneira incorreta, com a letra “i”.

A rua Airton (sic.) Senna, no Mondubim é uma das três de Fortaleza com o nome do ídolo Foto: Caio Costa

A rua Airton (sic.) Senna, no Mondubim é uma das três de Fortaleza com o nome do ídolo Foto: Caio Costa

 

O tricampeão também empresta o seu nome para uma escola de ensino médio e fundamental, localizado no bairro Dom Lustosa.