Pentacampeão Roberto Carlos faz campanha por Fortaleza como sede das eliminatórias


Pentacampeão Roberto Carlos faz campanha por Fortaleza como sede das eliminatórias

Lateral esquerdo do título de 2002 contesta Neymar como capitão e disse que falta organização e mais profissionalismo na Seleção

Por Lucas Catrib em Futebol

6 de agosto de 2015 às 17:59

Há 4 anos

 

Roberto Carlos agora é mais um integrante da calçada da fama da Arena Castelão (Foto: Lucas Catrib)

Roberto Carlos agora é mais um integrante da calçada da fama da Arena Castelão (Foto: Lucas Catrib)

Os jogos como mandante nas eliminatórias terão que ser somente em dois locais no país. Fortaleza já entrou na disputa pelo posto de possível sede. A cidade ganhou uma aliado na luta por essa oportunidade. Roberto Carlos, ex-lateral da seleção, visitou o Castelão na manhã desta quinta (06) e revelou apoiar a cidade onde foi palco do último amistoso em solo brasileiro antes da Copa do Mundo 2002.

“Eu espero estar aqui, lógico, fazendo parte de uma das sedes eliminatórias. A seleção sempre foi muito recebida, como na minha época. Eu espero que Fortaleza seja sede de grande jogos e que o Brasil saia daqui também outra vez como campeão do mundo, em agosto de 2018”, comentou em um discurso realizado no museu da Arena.

Roberto participou de uma cerimônia onde colocou os pés na calçada da fama do estádio. O paulista também recebeu uma placa do secretário de esportes do estado, Jeová Mota. Depois do evento, o atleta internacional com mais participações no Campeonato Espanhol ainda citou mais especificamente o objetivo de ter a capital como palco dos embates do time do técnico Dunga.

“Foi feito o pedido para que eu possa ajudar. Eu trabalho com pessoas dentro do futebol, não posso responder tão rápido. Claro que eu quero fazer parte desse projeto. Tudo tem que ser estudado. Nós temos que fazer o melhor dentro da Conmebol e CBF”, explicou o canhoto.

Fortaleza foi palco de seis jogos da Copa do Mundo 2014 (Foto: divulgação)

Fortaleza foi palco de seis jogos da Copa do Mundo 2014 (Foto: reprodução/Facebook)

Seleção e futebol brasileiro

O segundo jogador a ter vestido mais vezes a camisa do Brasil, em 125 partidas, também chegou a comentar sobre o time atual. O ala de três Copas não se esquivou de criticar.

“No geral, a gente precisa melhorar. Não é só lateral esquerdo. Eu acho que a gente perdeu um pouco da personalidade que a gente tinha antes. Todo mundo fala do 7 a 1, mas esqueceram do 2 a 0 (vitória brasileira na final da Copa do Mundo 2002). O que falta é organização e mais profissionalismo”, indicou.

Roberto Carlos avalia participação de Neymar na seleção

Imagens: Lucas Catrib/Tribuna do Ceará

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15564830″]

Publicidade

Dê sua opinião

Pentacampeão Roberto Carlos faz campanha por Fortaleza como sede das eliminatórias

Lateral esquerdo do título de 2002 contesta Neymar como capitão e disse que falta organização e mais profissionalismo na Seleção

Por Lucas Catrib em Futebol

6 de agosto de 2015 às 17:59

Há 4 anos

 

Roberto Carlos agora é mais um integrante da calçada da fama da Arena Castelão (Foto: Lucas Catrib)

Roberto Carlos agora é mais um integrante da calçada da fama da Arena Castelão (Foto: Lucas Catrib)

Os jogos como mandante nas eliminatórias terão que ser somente em dois locais no país. Fortaleza já entrou na disputa pelo posto de possível sede. A cidade ganhou uma aliado na luta por essa oportunidade. Roberto Carlos, ex-lateral da seleção, visitou o Castelão na manhã desta quinta (06) e revelou apoiar a cidade onde foi palco do último amistoso em solo brasileiro antes da Copa do Mundo 2002.

“Eu espero estar aqui, lógico, fazendo parte de uma das sedes eliminatórias. A seleção sempre foi muito recebida, como na minha época. Eu espero que Fortaleza seja sede de grande jogos e que o Brasil saia daqui também outra vez como campeão do mundo, em agosto de 2018”, comentou em um discurso realizado no museu da Arena.

Roberto participou de uma cerimônia onde colocou os pés na calçada da fama do estádio. O paulista também recebeu uma placa do secretário de esportes do estado, Jeová Mota. Depois do evento, o atleta internacional com mais participações no Campeonato Espanhol ainda citou mais especificamente o objetivo de ter a capital como palco dos embates do time do técnico Dunga.

“Foi feito o pedido para que eu possa ajudar. Eu trabalho com pessoas dentro do futebol, não posso responder tão rápido. Claro que eu quero fazer parte desse projeto. Tudo tem que ser estudado. Nós temos que fazer o melhor dentro da Conmebol e CBF”, explicou o canhoto.

Fortaleza foi palco de seis jogos da Copa do Mundo 2014 (Foto: divulgação)

Fortaleza foi palco de seis jogos da Copa do Mundo 2014 (Foto: reprodução/Facebook)

Seleção e futebol brasileiro

O segundo jogador a ter vestido mais vezes a camisa do Brasil, em 125 partidas, também chegou a comentar sobre o time atual. O ala de três Copas não se esquivou de criticar.

“No geral, a gente precisa melhorar. Não é só lateral esquerdo. Eu acho que a gente perdeu um pouco da personalidade que a gente tinha antes. Todo mundo fala do 7 a 1, mas esqueceram do 2 a 0 (vitória brasileira na final da Copa do Mundo 2002). O que falta é organização e mais profissionalismo”, indicou.

Roberto Carlos avalia participação de Neymar na seleção

Imagens: Lucas Catrib/Tribuna do Ceará

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15564830″]