Goleiro ex-Fortaleza é pivô de polêmica entre clubes cariocas


Goleiro ex-Fortaleza é pivô de polêmica entre clubes cariocas

O goleiro Getúlio Vargas, ex-Flamengo e Fortaleza virou pivô de uma disputa extra-campo entre Madureira e Boavista, ambos da primeira divisão carioca

Por Caio Costa em Futebol

7 de janeiro de 2014 às 17:24

Há 5 anos
Depois de deixar o Madureira, Getúlio Vargas acertou com o Boavista-RJ Foto: Divulgação

Depois de deixar o Madureira, Getúlio Vargas acertou com o Boavista-RJ Foto: Divulgação

 

O goleiro Getúlio Vargas, ex-Flamengo e que foi campeão cearense de 2007 pelo Fortaleza, se tornou nesta semana o pivô de uma verdadeira polêmica entre dois clubes da primeira divisão do Campeonato Carioca.

Anunciado como reforço do Madureira ainda em dezembro, o arqueiro se desentendeu com a diretoria do Tricolor Suburbano e assinou contrato com o Boavista-RJ.

Ao site FutRio, Getúlio Vargas disse que optou pelo clubes de Saquarema, por se sentir abandonado pelo Madureira após ter sido diagnosticado com pneumonia, contraída depois de uma viagem aos Estados Unidos.

“Me reapresentei ao Madureira com pneumonia e me senti abandonado por não ter um médico para me avaliar nos cinco dias em que eu fui ao clube”, afirmou o arqueiro à publicação.

LEIA MAIS

Do outro lado da moeda, a diretoria do Madureira já confirmou que irá acionar o jogador na justiça, uma vez que o pré-contrato do mesmo prevê uma multa rescisória em caso de transferência.

 

 

Publicidade

Dê sua opinião

Goleiro ex-Fortaleza é pivô de polêmica entre clubes cariocas

O goleiro Getúlio Vargas, ex-Flamengo e Fortaleza virou pivô de uma disputa extra-campo entre Madureira e Boavista, ambos da primeira divisão carioca

Por Caio Costa em Futebol

7 de janeiro de 2014 às 17:24

Há 5 anos
Depois de deixar o Madureira, Getúlio Vargas acertou com o Boavista-RJ Foto: Divulgação

Depois de deixar o Madureira, Getúlio Vargas acertou com o Boavista-RJ Foto: Divulgação

 

O goleiro Getúlio Vargas, ex-Flamengo e que foi campeão cearense de 2007 pelo Fortaleza, se tornou nesta semana o pivô de uma verdadeira polêmica entre dois clubes da primeira divisão do Campeonato Carioca.

Anunciado como reforço do Madureira ainda em dezembro, o arqueiro se desentendeu com a diretoria do Tricolor Suburbano e assinou contrato com o Boavista-RJ.

Ao site FutRio, Getúlio Vargas disse que optou pelo clubes de Saquarema, por se sentir abandonado pelo Madureira após ter sido diagnosticado com pneumonia, contraída depois de uma viagem aos Estados Unidos.

“Me reapresentei ao Madureira com pneumonia e me senti abandonado por não ter um médico para me avaliar nos cinco dias em que eu fui ao clube”, afirmou o arqueiro à publicação.

LEIA MAIS

Do outro lado da moeda, a diretoria do Madureira já confirmou que irá acionar o jogador na justiça, uma vez que o pré-contrato do mesmo prevê uma multa rescisória em caso de transferência.