Campeonato Cearense terá o mesmo número de equipes da capital e do interior após 12 anos

EDIÇÃO 2017

Campeonato Cearense terá o mesmo número de equipes da capital e do interior após 12 anos

O Campeonato Cearense começa neste sábado (14). Com a presença de Fortaleza, Ceará, Ferroviário, Uniclinic e Tiradentes, além de cinco times do interior

Por Lyvia Rocha em Futebol

13 de janeiro de 2017 às 08:39

Há 2 anos
Arena-Castelao-jogos-Campeonato-Cearense

Sem o PV, a Arena Castelão receberá os jogos na Capital (FOTO: Divulgação)

Vai começar o mais polêmico e sempre conturbado estadual do futebol nordestino, o Campeonato Cearense. Existem aqueles torcedores que gostam, defendem o certame, mas também têm aqueles que acreditam na falência dos estaduais. Gostando ou não, a realidade é que a competição começa neste sábado (14), com dois jogos, e no domingo (15) mais dois, sendo um deles o Clássico das Cores, entre Fortaleza e Ferroviário.

Mas antes mesmo dele ter sido iniciado, uma desistência. Alegando não ter condições financeiras e estruturais, principalmente sem a regularização do estádio Coliseu do Sertão, o Alto Santo desistiu da disputa. Com isso, o Tubarão da Barra ascendeu a divisão de elite após dois anos longe da Série A.

Aliado a isso, como de costume o velho e conhecido problema dos laudos dos estádios afetou até o estádio Presidente Vargas. Na tabela aparecem quatro estádios que estão aptos para receber partidas com público. São eles: Castelão, Domingão, Junco e Romeirão.

Contudo, apenas o Castelão e o Domingão estão liberados a receber jogos com público. Os outros, caso não regularizem as situações, terão jogos de portões fechados.

Em 2016, o campeonato terá cinco times da capital contra cinco do interior. A última vez havia sido em 2005, quando Fortaleza, Ceará, Ferroviário, Uniclinic e Tiradentes também disputaram o torneio.

Tribuna do Ceará traz informações sobre os participantes da competição. Ceará e Fortaleza seguem como os favoritos; e Uniclinic, atual vice-campeão do Estadual, e Tiradentes desejam surpreender os grandes da Capital.

Campeonato-Cearense-Hemerson-Maria-Fortaleza

Hemerson Maria é o comandante da equipe para a temporada 2017 (FOTO: Reprodução/Facebook)

Fortaleza

Atual bicampeão cearense, o Tricolor do Pici fez uma grande reformulação do elenco que disputou a Série C do Campeonato Brasileiro, e que não conseguiu o tão desejado acesso à Série B. Contudo, falando de campeonato regional é diferente. O time está com a hegemonia nos últimos dois anos e quer manter isso para começar o ano com o pé direito.

Para isso, teve o retorno do treinador Hemerson Maria, que comandou a equipe nos dois últimos jogos do ano de 2016. Junto com ele, a diretoria do Fortaleza apostou na contratação de um novo gerente de futebol, o ex-jogador César Sampaio.

Para suprir as ausências do elenco da temporada passada, foram contratados o goleiro Mateus Inácio, ex-Ponte Preta, o zagueiro Ligger, o lateral-esquerdo Gaston Filguera e o atacante Juninho Potiguar. Quem permaneceu foi o meia Rodrigo Andrade, destaque da equipe na Série C. O Leão estreia contra o Ferroviário, no próximo domingo (15), na Arena Castelão, às 16h.

Magno-Alves-Ceara-Campeonato-Cearense

Magno Alves é um dos granes nomes do Ceará para a temporada (FOTO: Divulgação/cearasc.com)

Ceará

O Alvinegro deseja trilhar um caminho totalmente oposto do que aconteceu em 2016, quando a equipe ficou em 5º lugar no Estadual, uma das piores campanhas do Vovô na história do campeonato. Para isso, a equipe manteve uma base do time que disputou a Série B, teve a volta de Magno Alves e Ricardinho, campeões do Nordeste em 2015 com o Ceará, e também trouxe 12 novos jogadores para reforçar ainda mais o elenco.

Apesar da campanha ruim na temporada 2016, o Ceará é sempre um dos favoritos ao título estadual, pela tradição e número de títulos que possui no campeonato. Além de querer voltar a ser campeão estadual, o Vovô também quer impedir o tricampeonato do rival Fortaleza.

No comando técnico a diretoria do Ceará optou por Gilmar Dal Pozzo, técnico que conseguiu subir a Chapecoense da Série C para a Série A. Por ter sido o último time a iniciar a pré-temporada, por conta das férias, o Vovô estreia no Estadual na segunda rodada, na próxima quarta-feira (18), contra o Maranguape, às 21h, no estádio Domingão, em Horizonte.

Ferroviario-Marcelo-Vilar

O técnico Marcelo Vilar comandará o Ferroviário no Campeonato Cearense (FOTO: Divulgação)

Ferroviário

Após dois anos na Série B do Campeonato Cearense, o Tubarão da Barra conseguiu retornar à elite do Estadual. Apesar da campanha irregular em 2016, e não conseguindo em campo o retorno para a primeira divisão, o time coral disputará este ano o Estadual após a desistência do Alto Santo.

O grupo do Ferroviário já conta com 20 atletas no elenco. A estreia acontece contra o Fortaleza, no Clássico das Cores. Para fazer uma boa campanha, a diretoria do Ferroviário apostou na contratação do técnico Marcelo Vilar.

Para ajudar Vilar, medalhões ficaram na Barra, como o lateral-esquerdo Vitor Cearense e o volante Erandir. Com esperança de boas atuações e gols, o Peixe apostará na jovem revelação, destaque da Série B 2016, o meia-atacante Valdeci. O time coral estreia contra o Fortaleza, no próximo domingo (15), às 16h, na Arena Castelão.

Uniclinic

Vice-campeão do Cearense em 2016, a Águia da Precabura quer novamente chegar bem no Estadual. A bela campanha na temporada passada deu direito ao time de disputar a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil deste ano.

Com passagens por Ceará e Icasa, a esperança de gols fica por conta do atacante Preto, que é um dos remanescentes da equipe que disputou a Série D do Campeonato Brasileiro. O técnico do clube este ano é o experiente Vladimir de Jesus, que tem passagens por Tiradentes, Ferroviário e Icasa.

O Uniclinic estreia na temporada 2017 no próximo sábado (14), contra o Guarany de Sobral, às 15h30, na Arena Castelão.

Tiradentes-Tigre-Sergio-Alves

O técnico Sérgio Alves é o novo comandante do Tigre (FOTO: Reprodução/Facebook)

Tiradentes

O Tigre da PM resolveu apostar em nomes que fizeram sucesso por aqui. No comando técnico um ídolo da torcida do Ceará, o ex-jogador Sérgio Alves. Além dele, o volante Michel é outro reforço da equipe que terá a experiência como principal fórmula para tentar surpreender no campeonato.

Além deles, Valdir Papel também faz parte do elenco do Tiradentes para essa temporada. A equipe conta com 30 atletas para a disputa do Estadual. O Tigre estreia dia 18 de janeiro, contra o Itapipoca, às 22h, na Arena Castelão.

Luiz-Carlos-Guarany-Sobral

O “Imperador” voltou ao Guarasol (FOTO: Reprodução/Instagram)

Guarany de Sobral

Após ter sido acusado de não apresentar os documentos no prazo necessário, o Guarany de Sobral conseguiu a regularização e ficou apto para a disputa do certame.

No elenco, a volta de três ídolos, os atacantes Wanderley, “Imperador” Luiz Carlos e o volante Ricardo Baiano. Na comissão técnica permanece Júnior Cearense.

Para organizar fora dos gramados, o Cacique do Vale apostou na contratação do gerente de futebol Fred Gomes, que estava na equipe do Remo. O Bugre estreia contra o Uniclinic no sábado (14), na Arena Castelão, às 15h30.

Guarani de Juazeiro

A equipe chegou às semifinais em 2016 e terminou o campeonato na terceira colocação do Estadual. O técnico Washington Luís optou por valorizar pratas da casa, mas não abriu mão de reforçar seu time com jogadores que já passaram pela região, como é o caso do atacante Ítalo, de 32 anos, que já atuou no rival Icasa.

O novo reforço da equipe trabalhou com o Washington no Iguatu, quando disputaram a Série B do Campeonato Cearense. O atleta marcou quatro gols e foi titular durante toda a competição. O Leão do Mercado estreia no sábado (14), contra o Horizonte, no Romeirão, às 15h30.

Maranguape-Gaviao-Serra

O Gavião da Serra sempre faz uma campanha regular nos Estaduais (FOTO:Edinardo Abreu/Assessoria de Imprensa)

Maranguape

O Gavião da Serra, que terminou em sexto lugar no Campeonato Cearense, já está há quase um mês se preparando para a estreia no Estadual. A equipe levará os jogos para Horizonte, no estádio Domingão.

Albano é o único atleta remanescente da temporada de 2016. O time da Região Metropolitana também optou por experiência e acertou a contratação do atacante Adriano, que já defendeu o Gavião em 2013.

Cria da base do Fortaleza, o atleta tem passagens por São Caetano, Santo André e CRB. O time estreia fora de casa, contra o Itapipoca no domingo (15).

Itapipoca

O time começou a pré-temporada com 22 jogadores. O time do técnico Neto Maradona traz jogadores conhecidos do futebol cearense, como o meia Ribinha, com passagem pelo Tiradentes. Como referências, o Moleque Travesso tem em seu elenco o meia Elanardo e o ataque Marciel.

Elanardo tem passagens por times como Paysandu, Sampaio Corrêa, Mogi Mirim e Cuiabá. No futebol cearense, participou da campanha da Copa do Brasil de 2011 do Horizonte. Já Marciel é a esperança de gols. Com passagem pelo Fortaleza, o atacante foi um dos artilheiros do Estadual de 2013, com 15 gols.

A estreia da equipe acontece no domingo (15), contra o Maranguape, no estádio Perilo Teixeira, às 16h.

Horizonte-

O Horizonte está de volta à elite após um ano na Série B do Cearense (FOTO: Divulgação)

Horizonte

Sempre fazendo boas campanhas nos últimos anos, em 2015 o Galo do Tabuleiro caiu para a segunda divisão, mas conseguiu o acesso no ano seguinte. O grande reforço é a continuidade do experiente técnico Roberto Carlos, que segue no comando do Horizonte.

Como referência, o Horizonte aposta no retorno do atacante Isac, de 31 anos. Além do Galo, o jogador já atuou por Icasa, Ceará, Guarany de Sobral, CRB, e Botafogo/SP.

O time estreia contra o Guarani de Juazeiro, no domingo (15), no estádio Romeirão (caso esteja liberado), em Juazeiro do Norte, às 15h30.

Publicidade

Dê sua opinião

EDIÇÃO 2017

Campeonato Cearense terá o mesmo número de equipes da capital e do interior após 12 anos

O Campeonato Cearense começa neste sábado (14). Com a presença de Fortaleza, Ceará, Ferroviário, Uniclinic e Tiradentes, além de cinco times do interior

Por Lyvia Rocha em Futebol

13 de janeiro de 2017 às 08:39

Há 2 anos
Arena-Castelao-jogos-Campeonato-Cearense

Sem o PV, a Arena Castelão receberá os jogos na Capital (FOTO: Divulgação)

Vai começar o mais polêmico e sempre conturbado estadual do futebol nordestino, o Campeonato Cearense. Existem aqueles torcedores que gostam, defendem o certame, mas também têm aqueles que acreditam na falência dos estaduais. Gostando ou não, a realidade é que a competição começa neste sábado (14), com dois jogos, e no domingo (15) mais dois, sendo um deles o Clássico das Cores, entre Fortaleza e Ferroviário.

Mas antes mesmo dele ter sido iniciado, uma desistência. Alegando não ter condições financeiras e estruturais, principalmente sem a regularização do estádio Coliseu do Sertão, o Alto Santo desistiu da disputa. Com isso, o Tubarão da Barra ascendeu a divisão de elite após dois anos longe da Série A.

Aliado a isso, como de costume o velho e conhecido problema dos laudos dos estádios afetou até o estádio Presidente Vargas. Na tabela aparecem quatro estádios que estão aptos para receber partidas com público. São eles: Castelão, Domingão, Junco e Romeirão.

Contudo, apenas o Castelão e o Domingão estão liberados a receber jogos com público. Os outros, caso não regularizem as situações, terão jogos de portões fechados.

Em 2016, o campeonato terá cinco times da capital contra cinco do interior. A última vez havia sido em 2005, quando Fortaleza, Ceará, Ferroviário, Uniclinic e Tiradentes também disputaram o torneio.

Tribuna do Ceará traz informações sobre os participantes da competição. Ceará e Fortaleza seguem como os favoritos; e Uniclinic, atual vice-campeão do Estadual, e Tiradentes desejam surpreender os grandes da Capital.

Campeonato-Cearense-Hemerson-Maria-Fortaleza

Hemerson Maria é o comandante da equipe para a temporada 2017 (FOTO: Reprodução/Facebook)

Fortaleza

Atual bicampeão cearense, o Tricolor do Pici fez uma grande reformulação do elenco que disputou a Série C do Campeonato Brasileiro, e que não conseguiu o tão desejado acesso à Série B. Contudo, falando de campeonato regional é diferente. O time está com a hegemonia nos últimos dois anos e quer manter isso para começar o ano com o pé direito.

Para isso, teve o retorno do treinador Hemerson Maria, que comandou a equipe nos dois últimos jogos do ano de 2016. Junto com ele, a diretoria do Fortaleza apostou na contratação de um novo gerente de futebol, o ex-jogador César Sampaio.

Para suprir as ausências do elenco da temporada passada, foram contratados o goleiro Mateus Inácio, ex-Ponte Preta, o zagueiro Ligger, o lateral-esquerdo Gaston Filguera e o atacante Juninho Potiguar. Quem permaneceu foi o meia Rodrigo Andrade, destaque da equipe na Série C. O Leão estreia contra o Ferroviário, no próximo domingo (15), na Arena Castelão, às 16h.

Magno-Alves-Ceara-Campeonato-Cearense

Magno Alves é um dos granes nomes do Ceará para a temporada (FOTO: Divulgação/cearasc.com)

Ceará

O Alvinegro deseja trilhar um caminho totalmente oposto do que aconteceu em 2016, quando a equipe ficou em 5º lugar no Estadual, uma das piores campanhas do Vovô na história do campeonato. Para isso, a equipe manteve uma base do time que disputou a Série B, teve a volta de Magno Alves e Ricardinho, campeões do Nordeste em 2015 com o Ceará, e também trouxe 12 novos jogadores para reforçar ainda mais o elenco.

Apesar da campanha ruim na temporada 2016, o Ceará é sempre um dos favoritos ao título estadual, pela tradição e número de títulos que possui no campeonato. Além de querer voltar a ser campeão estadual, o Vovô também quer impedir o tricampeonato do rival Fortaleza.

No comando técnico a diretoria do Ceará optou por Gilmar Dal Pozzo, técnico que conseguiu subir a Chapecoense da Série C para a Série A. Por ter sido o último time a iniciar a pré-temporada, por conta das férias, o Vovô estreia no Estadual na segunda rodada, na próxima quarta-feira (18), contra o Maranguape, às 21h, no estádio Domingão, em Horizonte.

Ferroviario-Marcelo-Vilar

O técnico Marcelo Vilar comandará o Ferroviário no Campeonato Cearense (FOTO: Divulgação)

Ferroviário

Após dois anos na Série B do Campeonato Cearense, o Tubarão da Barra conseguiu retornar à elite do Estadual. Apesar da campanha irregular em 2016, e não conseguindo em campo o retorno para a primeira divisão, o time coral disputará este ano o Estadual após a desistência do Alto Santo.

O grupo do Ferroviário já conta com 20 atletas no elenco. A estreia acontece contra o Fortaleza, no Clássico das Cores. Para fazer uma boa campanha, a diretoria do Ferroviário apostou na contratação do técnico Marcelo Vilar.

Para ajudar Vilar, medalhões ficaram na Barra, como o lateral-esquerdo Vitor Cearense e o volante Erandir. Com esperança de boas atuações e gols, o Peixe apostará na jovem revelação, destaque da Série B 2016, o meia-atacante Valdeci. O time coral estreia contra o Fortaleza, no próximo domingo (15), às 16h, na Arena Castelão.

Uniclinic

Vice-campeão do Cearense em 2016, a Águia da Precabura quer novamente chegar bem no Estadual. A bela campanha na temporada passada deu direito ao time de disputar a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil deste ano.

Com passagens por Ceará e Icasa, a esperança de gols fica por conta do atacante Preto, que é um dos remanescentes da equipe que disputou a Série D do Campeonato Brasileiro. O técnico do clube este ano é o experiente Vladimir de Jesus, que tem passagens por Tiradentes, Ferroviário e Icasa.

O Uniclinic estreia na temporada 2017 no próximo sábado (14), contra o Guarany de Sobral, às 15h30, na Arena Castelão.

Tiradentes-Tigre-Sergio-Alves

O técnico Sérgio Alves é o novo comandante do Tigre (FOTO: Reprodução/Facebook)

Tiradentes

O Tigre da PM resolveu apostar em nomes que fizeram sucesso por aqui. No comando técnico um ídolo da torcida do Ceará, o ex-jogador Sérgio Alves. Além dele, o volante Michel é outro reforço da equipe que terá a experiência como principal fórmula para tentar surpreender no campeonato.

Além deles, Valdir Papel também faz parte do elenco do Tiradentes para essa temporada. A equipe conta com 30 atletas para a disputa do Estadual. O Tigre estreia dia 18 de janeiro, contra o Itapipoca, às 22h, na Arena Castelão.

Luiz-Carlos-Guarany-Sobral

O “Imperador” voltou ao Guarasol (FOTO: Reprodução/Instagram)

Guarany de Sobral

Após ter sido acusado de não apresentar os documentos no prazo necessário, o Guarany de Sobral conseguiu a regularização e ficou apto para a disputa do certame.

No elenco, a volta de três ídolos, os atacantes Wanderley, “Imperador” Luiz Carlos e o volante Ricardo Baiano. Na comissão técnica permanece Júnior Cearense.

Para organizar fora dos gramados, o Cacique do Vale apostou na contratação do gerente de futebol Fred Gomes, que estava na equipe do Remo. O Bugre estreia contra o Uniclinic no sábado (14), na Arena Castelão, às 15h30.

Guarani de Juazeiro

A equipe chegou às semifinais em 2016 e terminou o campeonato na terceira colocação do Estadual. O técnico Washington Luís optou por valorizar pratas da casa, mas não abriu mão de reforçar seu time com jogadores que já passaram pela região, como é o caso do atacante Ítalo, de 32 anos, que já atuou no rival Icasa.

O novo reforço da equipe trabalhou com o Washington no Iguatu, quando disputaram a Série B do Campeonato Cearense. O atleta marcou quatro gols e foi titular durante toda a competição. O Leão do Mercado estreia no sábado (14), contra o Horizonte, no Romeirão, às 15h30.

Maranguape-Gaviao-Serra

O Gavião da Serra sempre faz uma campanha regular nos Estaduais (FOTO:Edinardo Abreu/Assessoria de Imprensa)

Maranguape

O Gavião da Serra, que terminou em sexto lugar no Campeonato Cearense, já está há quase um mês se preparando para a estreia no Estadual. A equipe levará os jogos para Horizonte, no estádio Domingão.

Albano é o único atleta remanescente da temporada de 2016. O time da Região Metropolitana também optou por experiência e acertou a contratação do atacante Adriano, que já defendeu o Gavião em 2013.

Cria da base do Fortaleza, o atleta tem passagens por São Caetano, Santo André e CRB. O time estreia fora de casa, contra o Itapipoca no domingo (15).

Itapipoca

O time começou a pré-temporada com 22 jogadores. O time do técnico Neto Maradona traz jogadores conhecidos do futebol cearense, como o meia Ribinha, com passagem pelo Tiradentes. Como referências, o Moleque Travesso tem em seu elenco o meia Elanardo e o ataque Marciel.

Elanardo tem passagens por times como Paysandu, Sampaio Corrêa, Mogi Mirim e Cuiabá. No futebol cearense, participou da campanha da Copa do Brasil de 2011 do Horizonte. Já Marciel é a esperança de gols. Com passagem pelo Fortaleza, o atacante foi um dos artilheiros do Estadual de 2013, com 15 gols.

A estreia da equipe acontece no domingo (15), contra o Maranguape, no estádio Perilo Teixeira, às 16h.

Horizonte-

O Horizonte está de volta à elite após um ano na Série B do Cearense (FOTO: Divulgação)

Horizonte

Sempre fazendo boas campanhas nos últimos anos, em 2015 o Galo do Tabuleiro caiu para a segunda divisão, mas conseguiu o acesso no ano seguinte. O grande reforço é a continuidade do experiente técnico Roberto Carlos, que segue no comando do Horizonte.

Como referência, o Horizonte aposta no retorno do atacante Isac, de 31 anos. Além do Galo, o jogador já atuou por Icasa, Ceará, Guarany de Sobral, CRB, e Botafogo/SP.

O time estreia contra o Guarani de Juazeiro, no domingo (15), no estádio Romeirão (caso esteja liberado), em Juazeiro do Norte, às 15h30.