Poucos torcedores comparecem ao PV para treino da Seleção


Apenas 25 torcedores comparecem ao PV para treino da Seleção

Os poucos que foram ao PV ficaram do lado de fora; Brasil enfrenta a Venezuela pelas Eliminatórias da Copa 2018 nesta terça-feira (13), na Arena Castelão

Por Hayanne Narlla em Futebol

10 de outubro de 2015 às 17:47

Há 4 anos
Mãe leva filho com paralisia cerebral para treino da Seleção Brasileira (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Mãe leva filho com paralisia cerebral para treino da Seleção Brasileira (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

A Seleção Brasileira foi recepcionada por pouquíssimo fãs na tarde deste sábado (10), em frente ao Estádio Presidente Vargas (PV), onde treinou. Se antes os treinos na época da Copa do Mundo de 2014 traziam milhares de pessoas, agora os torcedores pouco passavam de 20. Além deles, 10 vendedores ambulantes tentavam tirar alguns trocados.

A dona de casa Maria Eleoneida dos Santos saiu do Bairro João XVIII com o filho Michael Jones, que tem paralisia cerebral com tetraplegia mista, com a esperança de ver um dos jogadores, principalmente o Kaká. “Eu vim na Copa das Confederações, vim na Copa do Mundo e agora de novo. Ele [filho] aprendeu a cantar o hino do Brasil com a Seleção”, revelou.

Do outro lado, as estudantes Suirlane Praciano, Sergiane Rodrigues e Joice Natália também aguardavam o momento de encontrar com os jogadores. Mas na lista de preferência das moças, quem liderava era o Hulk. “Estamos rezando aqui para encontra-lo, mas acho que está difícil. Se conseguirmos vê-lo, vou logo fazer uma foto que é pra registrar”, enfatiza Suirlane.

Dentre os poucos fãs que esperavam no local, Jacozinho Astro de Alagoas se destacavam com sua performance desinibida equilibrando uma bola de futebol na cabeça. Ele saiu de Campo Alegre para Fortaleza com o objetivo de passar vibrações positivas para a o time, além de tentar falar com o técnico Dunga.

“Quero passar umas mensagens para ele. Essa é a hora de a gente abraçar a seleção. Tenho 51 anos e há 13 anos vou atrás para passar boas vibrações. Acredito que o jogo de terça-feira (13) será de 2 x 1 para o Brasil. Somos brasileiros e não vamos desanimar”, exaltou.

Ambulantes

Até para os ambulantes a presença de poucos torcedores surpreendeu. Fernando Monteiro de Oliveira e Francisco de Assis Ribeiros de Souza pegaram seus carrinhos e se preparam para vender picolés, água e refrigerante. Já havia realizado o trabalho na época da Copa e tinham faturado bem, mas a decepção dessa vez foi grande.

“Eu esperava pelo menos 500 pessoas, mas aqui não tem nem 30. Também com o time que a tá aí é difícil alguém torcer. Só vendi mesmo para os repórteres que estavam esperando aqui. E você moça bonita, quer um?”, finalizou e ainda tentou vender para mim.

[Clique nas fotos para ampliar]

Treino da Seleção Brasileira
1/4

Treino da Seleção Brasileira

Jacozinho veio de Alagoas na tentativa de falar com Dunga (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Treino da Seleção Brasileira
2/4

Treino da Seleção Brasileira

Torcedores em vendedores ambulantes em frente ao portão do PV (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Treino da Seleção Brasileira
3/4

Treino da Seleção Brasileira

As estudantes queriam encontrar o jogador Huck, pois admiram sua beleza (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

torcedores-esperam-treino-seleção-brasileira (4)
4/4

torcedores-esperam-treino-seleção-brasileira (4)

Após chegada da Seleção, torcedores se apertaram em frente ao portão do PV (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Publicidade

Dê sua opinião

Apenas 25 torcedores comparecem ao PV para treino da Seleção

Os poucos que foram ao PV ficaram do lado de fora; Brasil enfrenta a Venezuela pelas Eliminatórias da Copa 2018 nesta terça-feira (13), na Arena Castelão

Por Hayanne Narlla em Futebol

10 de outubro de 2015 às 17:47

Há 4 anos
Mãe leva filho com paralisia cerebral para treino da Seleção Brasileira (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Mãe leva filho com paralisia cerebral para treino da Seleção Brasileira (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

A Seleção Brasileira foi recepcionada por pouquíssimo fãs na tarde deste sábado (10), em frente ao Estádio Presidente Vargas (PV), onde treinou. Se antes os treinos na época da Copa do Mundo de 2014 traziam milhares de pessoas, agora os torcedores pouco passavam de 20. Além deles, 10 vendedores ambulantes tentavam tirar alguns trocados.

A dona de casa Maria Eleoneida dos Santos saiu do Bairro João XVIII com o filho Michael Jones, que tem paralisia cerebral com tetraplegia mista, com a esperança de ver um dos jogadores, principalmente o Kaká. “Eu vim na Copa das Confederações, vim na Copa do Mundo e agora de novo. Ele [filho] aprendeu a cantar o hino do Brasil com a Seleção”, revelou.

Do outro lado, as estudantes Suirlane Praciano, Sergiane Rodrigues e Joice Natália também aguardavam o momento de encontrar com os jogadores. Mas na lista de preferência das moças, quem liderava era o Hulk. “Estamos rezando aqui para encontra-lo, mas acho que está difícil. Se conseguirmos vê-lo, vou logo fazer uma foto que é pra registrar”, enfatiza Suirlane.

Dentre os poucos fãs que esperavam no local, Jacozinho Astro de Alagoas se destacavam com sua performance desinibida equilibrando uma bola de futebol na cabeça. Ele saiu de Campo Alegre para Fortaleza com o objetivo de passar vibrações positivas para a o time, além de tentar falar com o técnico Dunga.

“Quero passar umas mensagens para ele. Essa é a hora de a gente abraçar a seleção. Tenho 51 anos e há 13 anos vou atrás para passar boas vibrações. Acredito que o jogo de terça-feira (13) será de 2 x 1 para o Brasil. Somos brasileiros e não vamos desanimar”, exaltou.

Ambulantes

Até para os ambulantes a presença de poucos torcedores surpreendeu. Fernando Monteiro de Oliveira e Francisco de Assis Ribeiros de Souza pegaram seus carrinhos e se preparam para vender picolés, água e refrigerante. Já havia realizado o trabalho na época da Copa e tinham faturado bem, mas a decepção dessa vez foi grande.

“Eu esperava pelo menos 500 pessoas, mas aqui não tem nem 30. Também com o time que a tá aí é difícil alguém torcer. Só vendi mesmo para os repórteres que estavam esperando aqui. E você moça bonita, quer um?”, finalizou e ainda tentou vender para mim.

[Clique nas fotos para ampliar]

Treino da Seleção Brasileira
1/4

Treino da Seleção Brasileira

Jacozinho veio de Alagoas na tentativa de falar com Dunga (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Treino da Seleção Brasileira
2/4

Treino da Seleção Brasileira

Torcedores em vendedores ambulantes em frente ao portão do PV (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Treino da Seleção Brasileira
3/4

Treino da Seleção Brasileira

As estudantes queriam encontrar o jogador Huck, pois admiram sua beleza (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

torcedores-esperam-treino-seleção-brasileira (4)
4/4

torcedores-esperam-treino-seleção-brasileira (4)

Após chegada da Seleção, torcedores se apertaram em frente ao portão do PV (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)