Vídeo: Jogador que xavecou assistente marca golaço acrobático contra o Ceará


Vídeo: Jogador que xavecou assistente marca golaço acrobático contra o Ceará

Sadrak, meia do Guarany de Sobral, também responsável por um episódio inusitado no Cearense 2014, brilhou em um duelo válido pela Taça Fares Lopes

Por Lucas Catrib em Futebol cearense

29 de agosto de 2014 às 12:01

Há 5 anos
Sadrak, meia de 25 anos, foi contratado pelo Guarany de Sobral depois de ganhar destaque no Guarani de Juazeiro (FOTO: Divulgação/Edinardo)

Sadrak, meia de 25 anos, foi contratado pelo Guarany de Sobral depois de ganhar destaque no Guarani de Juazeiro (FOTO: Divulgação/Edinardo)

Autor de um dos um dos casos inusitados do Campeonato Cearense 2014, quando paquerou a assistente Carolina Romanholi, o meia Sadrak aprontou novamente. Só que agora pelo bom futebol. Nesta quinta-feira (28), o novo jogador do Guarany de Sobral marcou um lindo gol em cima do Ceará, na vitória pelo placar de 3 a 1, em jogo válido pela Taça Fares Lopes.

Depois do alvinegro fazer o primeiro da partida com Alan, em cobrança de pênalti, o Cacique do Vale reagiu. No segundo tempo, Tininho empatou o jogo depois de um chute cruzado.

A obra prima de Sadrak ocorreu aos 39 minutos do segundo tempo. O jogador finalizou e o goleiro Felipe rebateu. Na sobra, o camisa 18 mandou uma bicicleta de primeira para o fundo das redes: 2 a 1.

” O jogador quando ele vai para a bola, ele já vai com o pensamento que tem que fazer. Eu fui com o pensamento de dar uma bicicleta”, explicou sobre o lance”, relatou o atleta, que ainda marcou o terceiro e último gol do jogo.  O ex-Palmeiras Maurílio, atual treinador do Guarany, fez elogios.  “Um Golaço nota 10. Ele merece. Um meninos simples, humilde. Tem um grande futuro pela frente”, indicou.

O caso

Em uma partida disputada pelo Estadual deste ano, no dia 28 de janeiro, Sadrak, até então jogador do Guarani de Juazeiro, foi advertido com um cartão amarelo depois de chamar a bandeirinha Carolinha Romanholi de “gatinha”. Depois, no segundo tempo do mesmo duelo, o meia cometeu falta ríspida e foi expulso.

O árbitro do confronto entre Guarani de Juazeiro e Ferroviário, Glauco Feitosa, relatou em súmula que o cartão amarelo de Sadrak foi por reclamação. Depois, o futebolista admitiu que a punição foi por conta de uma "cantada" (FOTO: Reprodução/Súmula)

Glauco Feitosa, responsável por comandar o confronto entre Guarani de Juazeiro e Ferroviário, relatou em súmula que o cartão amarelo de Sadrak foi por reclamação. Depois,  a assistente Carolina Romanholi admitiu que a punição foi por conta de uma “cantada” (FOTO: Reprodução/Súmula)

 

 

 

 

 

 

 

 

Vídeo

Imagens: Davi Matos – Esporte Interativo

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15178991″]

Publicidade

Dê sua opinião

Vídeo: Jogador que xavecou assistente marca golaço acrobático contra o Ceará

Sadrak, meia do Guarany de Sobral, também responsável por um episódio inusitado no Cearense 2014, brilhou em um duelo válido pela Taça Fares Lopes

Por Lucas Catrib em Futebol cearense

29 de agosto de 2014 às 12:01

Há 5 anos
Sadrak, meia de 25 anos, foi contratado pelo Guarany de Sobral depois de ganhar destaque no Guarani de Juazeiro (FOTO: Divulgação/Edinardo)

Sadrak, meia de 25 anos, foi contratado pelo Guarany de Sobral depois de ganhar destaque no Guarani de Juazeiro (FOTO: Divulgação/Edinardo)

Autor de um dos um dos casos inusitados do Campeonato Cearense 2014, quando paquerou a assistente Carolina Romanholi, o meia Sadrak aprontou novamente. Só que agora pelo bom futebol. Nesta quinta-feira (28), o novo jogador do Guarany de Sobral marcou um lindo gol em cima do Ceará, na vitória pelo placar de 3 a 1, em jogo válido pela Taça Fares Lopes.

Depois do alvinegro fazer o primeiro da partida com Alan, em cobrança de pênalti, o Cacique do Vale reagiu. No segundo tempo, Tininho empatou o jogo depois de um chute cruzado.

A obra prima de Sadrak ocorreu aos 39 minutos do segundo tempo. O jogador finalizou e o goleiro Felipe rebateu. Na sobra, o camisa 18 mandou uma bicicleta de primeira para o fundo das redes: 2 a 1.

” O jogador quando ele vai para a bola, ele já vai com o pensamento que tem que fazer. Eu fui com o pensamento de dar uma bicicleta”, explicou sobre o lance”, relatou o atleta, que ainda marcou o terceiro e último gol do jogo.  O ex-Palmeiras Maurílio, atual treinador do Guarany, fez elogios.  “Um Golaço nota 10. Ele merece. Um meninos simples, humilde. Tem um grande futuro pela frente”, indicou.

O caso

Em uma partida disputada pelo Estadual deste ano, no dia 28 de janeiro, Sadrak, até então jogador do Guarani de Juazeiro, foi advertido com um cartão amarelo depois de chamar a bandeirinha Carolinha Romanholi de “gatinha”. Depois, no segundo tempo do mesmo duelo, o meia cometeu falta ríspida e foi expulso.

O árbitro do confronto entre Guarani de Juazeiro e Ferroviário, Glauco Feitosa, relatou em súmula que o cartão amarelo de Sadrak foi por reclamação. Depois, o futebolista admitiu que a punição foi por conta de uma "cantada" (FOTO: Reprodução/Súmula)

Glauco Feitosa, responsável por comandar o confronto entre Guarani de Juazeiro e Ferroviário, relatou em súmula que o cartão amarelo de Sadrak foi por reclamação. Depois,  a assistente Carolina Romanholi admitiu que a punição foi por conta de uma “cantada” (FOTO: Reprodução/Súmula)

 

 

 

 

 

 

 

 

Vídeo

Imagens: Davi Matos – Esporte Interativo

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15178991″]