Morre Lulinha, ex-goleiro de Ceará e Fortaleza - Esportes


Morre Lulinha, ex-goleiro de Ceará e Fortaleza

Luiz Francisco do Rego não resistiu aos problemas pulmonares

Por Caio Costa em Fortaleza

27 de outubro de 2013 às 21:33

Há 5 anos
Lulinha é ídolo tanto do Ceará como do Fortaleza

Lulinha é ídolo tanto do Ceará como do Fortaleza

Aos 64 anos, o ex-goleiro Lulinha, com passagens marcantes por Ceará, Fortaleza e ABC (foi campeão nos três clubes do nordestinos), não resistiu aos problemas pulmonares que enfrentava e morreu na noite deste domingo (27), em Fortaleza.

Luiz Francisco do Rego, que também era professor, aguardava na fila do transplante e estava sendo tratado em casa e também no hospital de Messejana.

Ele tinha fibrose pulmonar diagnosticada em 2011 e seu quadro se agravou nos últimos três meses, quando a necessidade do transplante ficou ainda mais urgente.

O velório de Lulinha está acontece na Funerária Paz Eterna (Rua Julio Siqueira, 854 – entre Osvaldo Cruz e Joaquim Nabuco). Uma cerimônia restrita aos familiares antecederá o processo de cremação do corpo, previsto para o início da tarde.

A jornalista Kézya Diniz, filha de Lulinha, homenageou o pai com um texto sem seu blog.

 

Publicidade

Dê sua opinião

Morre Lulinha, ex-goleiro de Ceará e Fortaleza

Luiz Francisco do Rego não resistiu aos problemas pulmonares

Por Caio Costa em Fortaleza

27 de outubro de 2013 às 21:33

Há 5 anos
Lulinha é ídolo tanto do Ceará como do Fortaleza

Lulinha é ídolo tanto do Ceará como do Fortaleza

Aos 64 anos, o ex-goleiro Lulinha, com passagens marcantes por Ceará, Fortaleza e ABC (foi campeão nos três clubes do nordestinos), não resistiu aos problemas pulmonares que enfrentava e morreu na noite deste domingo (27), em Fortaleza.

Luiz Francisco do Rego, que também era professor, aguardava na fila do transplante e estava sendo tratado em casa e também no hospital de Messejana.

Ele tinha fibrose pulmonar diagnosticada em 2011 e seu quadro se agravou nos últimos três meses, quando a necessidade do transplante ficou ainda mais urgente.

O velório de Lulinha está acontece na Funerária Paz Eterna (Rua Julio Siqueira, 854 – entre Osvaldo Cruz e Joaquim Nabuco). Uma cerimônia restrita aos familiares antecederá o processo de cremação do corpo, previsto para o início da tarde.

A jornalista Kézya Diniz, filha de Lulinha, homenageou o pai com um texto sem seu blog.