Após rebaixamento, Lúcio Bonfim usa o termo 'vagabundos' para se referir a alguns jogadores - Esportes


Após rebaixamento, Lúcio Bonfim usa o termo ‘vagabundos’ para se referir a alguns jogadores

O jogo do Fortaleza teve de tudo um pouco, protesto nas arquibancadas, faixas contra a Presidencia do clube esticadas no Estádio, invasão de torcedores no campo durante a partida, vaias aos jogadores do tricolor, confusão dentro e fora do Castelão e declarações bombásticas. Em entrevista polêmica, após a derrota para o São Caetano, o presidente […]

Por em Fortaleza

21 de novembro de 2009 às 22:08

Há 10 anos

O jogo do Fortaleza teve de tudo um pouco, protesto nas arquibancadas, faixas contra a Presidencia do clube esticadas no Estádio, invasão de torcedores no campo durante a partida, vaias aos jogadores do tricolor, confusão dentro e fora do Castelão e declarações bombásticas.

Em entrevista polêmica, após a derrota para o São Caetano, o presidente do Fortaleza Lúcio Bonfim, pediu desculpas a torcida pelo rebaixamento a Série C, afirmou que não vai deixar o cargo e ainda disse que deveria ter analisado a vida dos atletas antes de contratá-los, pois no elenco existiam vagabundos. “Falhamos ao não observar a vida dos jogadores fora de campo e, infelizmente, descobrimos que alguns são vagabundos e nos prejudicaram demais”, essas foram as palavras do presidente. Com certeza as declarações de Lúcio Bonfim vão repercutir muito ao longo da semana.

Roberto Fernades também falou com os repórteres após o jogo. Ele disse que estava muito abalado pois nunca havia sido rebaixado com nenhuma equipe em toda sua carreira. O treinador não garantiu a permanência no tricolor para o ano que vem e disse que agora o time precisa brigar pelo título da Série C, para devolver a dignidade aos torcedores.

Todas essas declarações e tudo o que aconteceu na tarde deste sábado, que vai ficar marcado na história do time, você confere no Jangadeiro Esporte Clube de segunda-feira, a partir das 11:35

Publicidade

Dê sua opinião

Após rebaixamento, Lúcio Bonfim usa o termo ‘vagabundos’ para se referir a alguns jogadores

O jogo do Fortaleza teve de tudo um pouco, protesto nas arquibancadas, faixas contra a Presidencia do clube esticadas no Estádio, invasão de torcedores no campo durante a partida, vaias aos jogadores do tricolor, confusão dentro e fora do Castelão e declarações bombásticas. Em entrevista polêmica, após a derrota para o São Caetano, o presidente […]

Por em Fortaleza

21 de novembro de 2009 às 22:08

Há 10 anos

O jogo do Fortaleza teve de tudo um pouco, protesto nas arquibancadas, faixas contra a Presidencia do clube esticadas no Estádio, invasão de torcedores no campo durante a partida, vaias aos jogadores do tricolor, confusão dentro e fora do Castelão e declarações bombásticas.

Em entrevista polêmica, após a derrota para o São Caetano, o presidente do Fortaleza Lúcio Bonfim, pediu desculpas a torcida pelo rebaixamento a Série C, afirmou que não vai deixar o cargo e ainda disse que deveria ter analisado a vida dos atletas antes de contratá-los, pois no elenco existiam vagabundos. “Falhamos ao não observar a vida dos jogadores fora de campo e, infelizmente, descobrimos que alguns são vagabundos e nos prejudicaram demais”, essas foram as palavras do presidente. Com certeza as declarações de Lúcio Bonfim vão repercutir muito ao longo da semana.

Roberto Fernades também falou com os repórteres após o jogo. Ele disse que estava muito abalado pois nunca havia sido rebaixado com nenhuma equipe em toda sua carreira. O treinador não garantiu a permanência no tricolor para o ano que vem e disse que agora o time precisa brigar pelo título da Série C, para devolver a dignidade aos torcedores.

Todas essas declarações e tudo o que aconteceu na tarde deste sábado, que vai ficar marcado na história do time, você confere no Jangadeiro Esporte Clube de segunda-feira, a partir das 11:35