Ceará jogará contra ABC e Bragantino no estádio Presidente Vargas


Ceará jogará contra ABC e Bragantino no estádio Presidente Vargas

A torcida ficará mais próxima da equipe nesse momento complicado para o Vovô na Série B

Por Lyvia Rocha em Ceará

27 de outubro de 2015 às 16:10

Há 4 anos
Rafael Costa e Alex Amado comemora o primeiro gol na vitória contra o Boa Esporte, partida realizada no PV (Foto:Christian Alekson / cearasc.com)

Rafael Costa e Alex Amado comemora o primeiro gol na vitória contra o Boa Esporte, partida realizada no PV (Foto:Christian Alekson / cearasc.com)

A reta final da Série B está proporcionando fortes emoções para o torcedor do Ceará. Contando com o apoio do 12º jogador mais perto nesse momento que o time precisa de resultados positivos, a direção alvinegra optou por realizar os próximos dois jogos em casa, no estádio Presidente Vargas (PV).

A decisão foi confirmada nesta terça-feira (27), após o clube receber o aval da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após a solicitação do time alvinegro.

Os próximos confrontos como mandantes serão contra o ABC na 34ª rodada e Bragantino 35ª rodada, nos dias 6 e 10 de novembro respectivamente, partidas que a princípio estavam marcadas para a Arena Castelão.

Na última partida do Vovô pela Segundona, na vitória de 2 a 1 contra o Boa Esporte, foram mais de 12 mil pagantes empurrando o time. Com esse astral, o presidente do clube, Robinson de Castro afirmou que não trocaria aquele ambiente por outro. “Eu não abriria mão disso aqui, o que aconteceu aqui foi fantástico. Ela atendeu nosso convite e apoiou o time o tempo todo”, afirmou Robinson.

A equipe Alvinegra está com 32 pontos e na 17ª colocação, na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Restam 6 rodadas e o Vovô tem que tirar uma diferença de 6 pontos para o primeiro colocado fora da degola, no caso, a equipe do Oeste.

O contrato firmado com a Arena Castelão no último dia 18 de junho, não impede que o Alvinegro faça seus jogos no PV. Pois, o Vovô teria que jogar pela menos 50% dos jogos no estádio, algo que já aconteceu nessa temporada.

Publicidade

Dê sua opinião

Ceará jogará contra ABC e Bragantino no estádio Presidente Vargas

A torcida ficará mais próxima da equipe nesse momento complicado para o Vovô na Série B

Por Lyvia Rocha em Ceará

27 de outubro de 2015 às 16:10

Há 4 anos
Rafael Costa e Alex Amado comemora o primeiro gol na vitória contra o Boa Esporte, partida realizada no PV (Foto:Christian Alekson / cearasc.com)

Rafael Costa e Alex Amado comemora o primeiro gol na vitória contra o Boa Esporte, partida realizada no PV (Foto:Christian Alekson / cearasc.com)

A reta final da Série B está proporcionando fortes emoções para o torcedor do Ceará. Contando com o apoio do 12º jogador mais perto nesse momento que o time precisa de resultados positivos, a direção alvinegra optou por realizar os próximos dois jogos em casa, no estádio Presidente Vargas (PV).

A decisão foi confirmada nesta terça-feira (27), após o clube receber o aval da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após a solicitação do time alvinegro.

Os próximos confrontos como mandantes serão contra o ABC na 34ª rodada e Bragantino 35ª rodada, nos dias 6 e 10 de novembro respectivamente, partidas que a princípio estavam marcadas para a Arena Castelão.

Na última partida do Vovô pela Segundona, na vitória de 2 a 1 contra o Boa Esporte, foram mais de 12 mil pagantes empurrando o time. Com esse astral, o presidente do clube, Robinson de Castro afirmou que não trocaria aquele ambiente por outro. “Eu não abriria mão disso aqui, o que aconteceu aqui foi fantástico. Ela atendeu nosso convite e apoiou o time o tempo todo”, afirmou Robinson.

A equipe Alvinegra está com 32 pontos e na 17ª colocação, na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Restam 6 rodadas e o Vovô tem que tirar uma diferença de 6 pontos para o primeiro colocado fora da degola, no caso, a equipe do Oeste.

O contrato firmado com a Arena Castelão no último dia 18 de junho, não impede que o Alvinegro faça seus jogos no PV. Pois, o Vovô teria que jogar pela menos 50% dos jogos no estádio, algo que já aconteceu nessa temporada.