Ceará confirma classificação na Copa do Brasil com vitória tranquila diante do América-MG


Ceará confirma classificação na Copa do Brasil com vitória tranquila diante do América-MG

O Vovô, que tinha a vantagem de um empate em 0 a 0, bateu o Coelho por 3 a 0. O time de Silas vai enfrentar agora o Tupi, equipe também mineira

Por Lucas Catrib em Ceará

21 de maio de 2015 às 08:05

Há 4 anos
Marinho marcou mais uma vez no PV (FOTO: Christian Alekson/CearaSC.com)

Marinho marcou mais uma vez no PV (FOTO: Christian Alekson/CearaSC.com)

No placar agregado, 4 a 1 para o Alvinegro. Ou seja, uma vitória dentro do Presidente Vargas, em partida disputada nesta quarta-feira (20). O Vovô simplificou o duelo, não deu chances ao América-MG, venceu por 3 a 0 nesse segundo compromisso.

Em solo mineiro, na semana passada, um empate por 1 a 1. Com o êxito da vez, tendo a classificação à terceira fase, a equipe dirigida por Silas Pereira irá enfrentar o Tupi-MG, time que eliminou o Atlético-PR.

A turma alvinegra não compareceu em grande número ao estádio do bairro Benfica. Entretanto, o torcedor teve motivos para presenciar o confronto. Além de dois times da mesma divisão em campo, um duelo eliminatória pela Copa do Brasil. O Vovô tinha o empate por 0 a 0 como garantia de avanço.

A real é que o primeiro tempo não foi de tanto movimento. O Coelho rondou o campo de defensivo do adversário, por vezes tentou povoar o espaço no gramado, mas a vantagem foi alvinegra, com a velocidade de Marinho. Aos 11 minutos, após cruzamento de Fernandinho, o jogador tentou armar uma finalização. A zaga chegou para atrapalhar.

O momento de abertura do placar veio no estilo do ponta de lança, um minuto depois do ataque anterior. O camisa 10 colocou velocidade pelo lado direito, ganhou a luta por espaço com o rival e bateu de canhota cruzado. Lance sem chances para o goleiro João Ricardo: 1 a 0.

O tento alvinegro deixou o América-MG mais agressivo, que avançou à frente. Estratégia para tentar um sucesso, ou seja, a virada para obter o resultado satisfatório. Mancini comandou a investida, sem oportunidades claras de arremates do centroavante Marcelo Toscano, por exemplo.

Do outro lado, o Vovô ainda quase aumentou. Tranquilo em campo, só que ainda muito recuado, o Ceará achou um contragolpe. William fez um desarme, na sequência serviu Ricardinho. O meia disparou e tentou um chute de fora da área. A bola passou perto da trave do time rival.

Alívio ainda maior

A pressão do América-MG, que não foi tão efetiva no primeiro tempo, já que não teve chances de gol, esfriou ainda mais. O Ceará conseguiu espaço para atacar. Assisinho teve uma oportunidade pelo lado esquerdo. Contudo, os visitantes também quase marcaram. Robertinho cruzou para Mancini. O capitão mineiro não finalizou com precisão.

De forma inteligente, o Vovô procurou encontrar as falhas defensivas do outro lado para investir. Aos 22 minutos, Ricardinho achou Assisinho em profundidade pelo lado direito. Com frieza, o camisa 11 tirou do arqueiro: 2 a 0. No fim, Wescley ainda tentou completar um balão no goleiro João Ricardo. A zaga evitou a finalização. Ainda deu tempo da bola entrar novamente. Wescley novamente entrou em velocidade, mas serviu Assisinho. O jogador de ataque só rolou para o gol vazio. Último tento da vitória fácil do Ceará.

Ficha técnica

Ceará 3 x 0 América-MG

Local: estádio Presidente Vargas

Data: 20/05/2015

Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE)

Gols: CEA – Marinho (aos 12 minutos do primeiro tempo), Assisinho (aos 22 minutos do segundo tempo e aos 45 minutos do segundo tempo)

Cartões amarelos: AMG – Anderson Conceição, Felipe Amorim e Mancini

Ceará: Luís Carlos; Marcos Ytalo (João Marcos), Sandro, Gilvan e Fernandinho; Sandro Manoel, Uillian Correia e Ricardinho (Eloir); Marinho (Wescley), William e Assisinho. Técnico: Silas Pereira

América-MG: João Ricardo; Robertinho, Wesley Matos, Anderson Conceição e Raul (Bryan); Thiago Santos, Leandro Guerreiro, Tony e Mancini; Felipe Amorim (Willie) e Marcelo Toscano (Cristiano). Técnico: Givanildo Oliveira

Publicidade

Dê sua opinião

Ceará confirma classificação na Copa do Brasil com vitória tranquila diante do América-MG

O Vovô, que tinha a vantagem de um empate em 0 a 0, bateu o Coelho por 3 a 0. O time de Silas vai enfrentar agora o Tupi, equipe também mineira

Por Lucas Catrib em Ceará

21 de maio de 2015 às 08:05

Há 4 anos
Marinho marcou mais uma vez no PV (FOTO: Christian Alekson/CearaSC.com)

Marinho marcou mais uma vez no PV (FOTO: Christian Alekson/CearaSC.com)

No placar agregado, 4 a 1 para o Alvinegro. Ou seja, uma vitória dentro do Presidente Vargas, em partida disputada nesta quarta-feira (20). O Vovô simplificou o duelo, não deu chances ao América-MG, venceu por 3 a 0 nesse segundo compromisso.

Em solo mineiro, na semana passada, um empate por 1 a 1. Com o êxito da vez, tendo a classificação à terceira fase, a equipe dirigida por Silas Pereira irá enfrentar o Tupi-MG, time que eliminou o Atlético-PR.

A turma alvinegra não compareceu em grande número ao estádio do bairro Benfica. Entretanto, o torcedor teve motivos para presenciar o confronto. Além de dois times da mesma divisão em campo, um duelo eliminatória pela Copa do Brasil. O Vovô tinha o empate por 0 a 0 como garantia de avanço.

A real é que o primeiro tempo não foi de tanto movimento. O Coelho rondou o campo de defensivo do adversário, por vezes tentou povoar o espaço no gramado, mas a vantagem foi alvinegra, com a velocidade de Marinho. Aos 11 minutos, após cruzamento de Fernandinho, o jogador tentou armar uma finalização. A zaga chegou para atrapalhar.

O momento de abertura do placar veio no estilo do ponta de lança, um minuto depois do ataque anterior. O camisa 10 colocou velocidade pelo lado direito, ganhou a luta por espaço com o rival e bateu de canhota cruzado. Lance sem chances para o goleiro João Ricardo: 1 a 0.

O tento alvinegro deixou o América-MG mais agressivo, que avançou à frente. Estratégia para tentar um sucesso, ou seja, a virada para obter o resultado satisfatório. Mancini comandou a investida, sem oportunidades claras de arremates do centroavante Marcelo Toscano, por exemplo.

Do outro lado, o Vovô ainda quase aumentou. Tranquilo em campo, só que ainda muito recuado, o Ceará achou um contragolpe. William fez um desarme, na sequência serviu Ricardinho. O meia disparou e tentou um chute de fora da área. A bola passou perto da trave do time rival.

Alívio ainda maior

A pressão do América-MG, que não foi tão efetiva no primeiro tempo, já que não teve chances de gol, esfriou ainda mais. O Ceará conseguiu espaço para atacar. Assisinho teve uma oportunidade pelo lado esquerdo. Contudo, os visitantes também quase marcaram. Robertinho cruzou para Mancini. O capitão mineiro não finalizou com precisão.

De forma inteligente, o Vovô procurou encontrar as falhas defensivas do outro lado para investir. Aos 22 minutos, Ricardinho achou Assisinho em profundidade pelo lado direito. Com frieza, o camisa 11 tirou do arqueiro: 2 a 0. No fim, Wescley ainda tentou completar um balão no goleiro João Ricardo. A zaga evitou a finalização. Ainda deu tempo da bola entrar novamente. Wescley novamente entrou em velocidade, mas serviu Assisinho. O jogador de ataque só rolou para o gol vazio. Último tento da vitória fácil do Ceará.

Ficha técnica

Ceará 3 x 0 América-MG

Local: estádio Presidente Vargas

Data: 20/05/2015

Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE)

Gols: CEA – Marinho (aos 12 minutos do primeiro tempo), Assisinho (aos 22 minutos do segundo tempo e aos 45 minutos do segundo tempo)

Cartões amarelos: AMG – Anderson Conceição, Felipe Amorim e Mancini

Ceará: Luís Carlos; Marcos Ytalo (João Marcos), Sandro, Gilvan e Fernandinho; Sandro Manoel, Uillian Correia e Ricardinho (Eloir); Marinho (Wescley), William e Assisinho. Técnico: Silas Pereira

América-MG: João Ricardo; Robertinho, Wesley Matos, Anderson Conceição e Raul (Bryan); Thiago Santos, Leandro Guerreiro, Tony e Mancini; Felipe Amorim (Willie) e Marcelo Toscano (Cristiano). Técnico: Givanildo Oliveira