Praia dos Crush nunca mais será a mesma depois do... Encontrão das Pirangueiras

FESTA BEM-HUMORADA

Praia dos Crush nunca mais será a mesma depois do… Encontrão das Pirangueiras

O vestuário é claro: shortinho combinado com body ou cropped e uma sandália Melissa de laço chamativo

Por Deborah Tavares em Comportamento

26 de junho de 2017 às 07:00

Há 2 anos

Encontrão das Pirangueiras acontecerá na Praia de Iracema, das 15h às 20h. (FOTO: Reprodução)

Atualizado em 29/6.

Será na “Praia dos Crush“, no dia 29 de julho, das 15h às 20h, que acontecerá o inédito Encontrão das Pirangueiras de Fortaleza. O dress code é claro: shortinho combinado com body ou cropped e uma sandália melissa de laço chamativo.

Tudo isso para reunir as maiores pirangueiras da cidade e comemorar o aniversário de Raul Erick Abreu, um dos idealizadores do encontro. Qualquer um pode participar, basta se identificar com jeito pirangueiro de ser, levar os amigos e a sua bebida.

A página do evento, criado no Facebook, já conta com mil confirmações de comparecimento. “Acredito que a imagem de pirangueiro é um símbolo de referência para Fortaleza. Por isso faz tanto sucesso”, diz Raul, que admite que não esperava a confirmação de tanta gente.

“Estávamos na Gentilândia, na Pré-Parada LGBT+, e vimos um grupo de garotas desse estilo. Elas tinham suas gírias, seus jeitos de se comunicar, se vestir, até mesmo de andar. É uma coisa total autêntica, e que se torna caricata e animada”, conta sobre como surgiu a ideia.

O intuito do evento é, segundo o organizador, ressaltar a imagem do pirangueiro e associá-la à liberdade “de falar como você quer, andar como você quer e se comunicar como você quer”. A ideia é unir tribos diferentes de diferentes estilos “para se divertirem em cima de um símbolo que é marca registrada entre os fortalezenses”, afirma.

Para o estudante, ser pirangueiro, hoje em dia, é uma forma de resistência. “A imagem do pirangueiro sempre está associada ao crime. Mas acima de todos esses conceitos impostos pela sociedade em cima de uma pessoa periférica, existe um povo com uma cultura daquilo que vive. Daquilo que cresce vendo e vivenciando”.

Os planos para a festa são, além de curtir a Praia de Iracema ao som de funk e forró, realizar o concurso que vai eleger a Miss Pirangueira Fortal 2017, aberto a homens e mulheres. “Também queremos fazer um ‘Rola ou Enrola’ pra arranjar um elemento, ou uma ‘cumade roxeda’. E concurso de Sarradas, dando assim o título de Super Sarradin ao ganhador”, explica.

Segundo ele, “Sarrada” é um passo de dança famoso na cultura do pirangueiro. “É para mostrar que todo mundo é um pouco pirangueiro”, finaliza.

ERRAMOS

A versão original desta matéria informava que o encontro seria no dia 29 de junho. Na realidade, será em 29 de julho.

Publicidade

Dê sua opinião

FESTA BEM-HUMORADA

Praia dos Crush nunca mais será a mesma depois do… Encontrão das Pirangueiras

O vestuário é claro: shortinho combinado com body ou cropped e uma sandália Melissa de laço chamativo

Por Deborah Tavares em Comportamento

26 de junho de 2017 às 07:00

Há 2 anos

Encontrão das Pirangueiras acontecerá na Praia de Iracema, das 15h às 20h. (FOTO: Reprodução)

Atualizado em 29/6.

Será na “Praia dos Crush“, no dia 29 de julho, das 15h às 20h, que acontecerá o inédito Encontrão das Pirangueiras de Fortaleza. O dress code é claro: shortinho combinado com body ou cropped e uma sandália melissa de laço chamativo.

Tudo isso para reunir as maiores pirangueiras da cidade e comemorar o aniversário de Raul Erick Abreu, um dos idealizadores do encontro. Qualquer um pode participar, basta se identificar com jeito pirangueiro de ser, levar os amigos e a sua bebida.

A página do evento, criado no Facebook, já conta com mil confirmações de comparecimento. “Acredito que a imagem de pirangueiro é um símbolo de referência para Fortaleza. Por isso faz tanto sucesso”, diz Raul, que admite que não esperava a confirmação de tanta gente.

“Estávamos na Gentilândia, na Pré-Parada LGBT+, e vimos um grupo de garotas desse estilo. Elas tinham suas gírias, seus jeitos de se comunicar, se vestir, até mesmo de andar. É uma coisa total autêntica, e que se torna caricata e animada”, conta sobre como surgiu a ideia.

O intuito do evento é, segundo o organizador, ressaltar a imagem do pirangueiro e associá-la à liberdade “de falar como você quer, andar como você quer e se comunicar como você quer”. A ideia é unir tribos diferentes de diferentes estilos “para se divertirem em cima de um símbolo que é marca registrada entre os fortalezenses”, afirma.

Para o estudante, ser pirangueiro, hoje em dia, é uma forma de resistência. “A imagem do pirangueiro sempre está associada ao crime. Mas acima de todos esses conceitos impostos pela sociedade em cima de uma pessoa periférica, existe um povo com uma cultura daquilo que vive. Daquilo que cresce vendo e vivenciando”.

Os planos para a festa são, além de curtir a Praia de Iracema ao som de funk e forró, realizar o concurso que vai eleger a Miss Pirangueira Fortal 2017, aberto a homens e mulheres. “Também queremos fazer um ‘Rola ou Enrola’ pra arranjar um elemento, ou uma ‘cumade roxeda’. E concurso de Sarradas, dando assim o título de Super Sarradin ao ganhador”, explica.

Segundo ele, “Sarrada” é um passo de dança famoso na cultura do pirangueiro. “É para mostrar que todo mundo é um pouco pirangueiro”, finaliza.

ERRAMOS

A versão original desta matéria informava que o encontro seria no dia 29 de junho. Na realidade, será em 29 de julho.