Parceiro do Tribuna do Ceará mostra olhar diferenciado sobre o estado


Parceiro do Tribuna do Ceará mostra olhar diferenciado sobre o estado

O blog Impressões de Viagem mostra as expedições feitas por um fotógrafo e sua equipe no interior do estado do Ceará

Por Marcella Ruchet em Comportamento

17 de fevereiro de 2014 às 19:38

Há 5 anos

Você consegue se imaginar viajando por dez anos? Fotografando os lugares mais diversos e desconhecidos? E ganhando dinheiro com essas fotos para viajar mais? Para muitos isso não passaria de um sonho impossível, mas para Fábio Arruda foi pura realidade.

“Sou fotógrafo, mas não nasci fotógrafo”, é assim que Fábio Arruda, 44 anos, se descreve. Professor de ensino fundamental durante metade da vida, sempre foi um apaixonado por viagens e um dia decidiu buscar algo que o permitisse viajar de forma profissional. “Eu poderia ser comissário de bordo, mas isso nunca me agradou. Então, a fotografia surgiu como um encaixe perfeito”, conta.

“Comecei a viajar para lugares que poucos conheciam e o que mais me motivou a fotografar é que dessa forma eu mostrava para meus amigos e familiares o que eu via”, ressalta Fábio.

Confira galeria:

Fotógrafo pelo mundo
1/6

Fotógrafo pelo mundo

Fábio na Tailândia (FOTO: Arquivo pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
2/6

Fotógrafo pelo mundo

Com uma cacatua na África do Sul (FOTO: Arquivo Pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
3/6

Fotógrafo pelo mundo

Documentando o Ceará (FOTO: Arquivo Pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
4/6

Fotógrafo pelo mundo

Se alimentando no Nepal (FOTO: Arquivo Pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
5/6

Fotógrafo pelo mundo

Registrando as belezas da praia de Icapuí (FOTO: Arquivo Pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
6/6

Fotógrafo pelo mundo

Rodando pelo interior do estado (Foto: Arquivo Pessoal)

Alma de professor

Apesar das viagens Fábio diz que nunca deixou de lado a “alma de professor”. Com todo o conhecimento que adquiriu, quis passar para as pessoas o que viu e aprendeu. Foi assim que surgiu a ideia de fazer o blog Impressões de Viagem. “O Impressões veio naturalmente como resultado de tudo que vivi nesses 10 anos”, explica.

A ideia do blog é mostrar um pouco o dia a dia de um fotógrafo cearense que resolveu mudar de vida e viver viajando. Hoje, o foco principal do Impressões de Viagem é apresentar as expedições que Fábio e sua equipe fazem pelo interior do estado do Ceará. As viagens já começaram e agora Fábio vai usar as técnicas que aprendeu e desenvolveu pelo mundo no estado onde nasceu.

Durante 10 anos viajando o mundo em busca de fotos perfeitas, hoje ele busca os melhores ângulos em regiões como o Cariri e Chapada da Ibiapaba. “Tudo que vivi em 10 anos agora coloco em prática no meu estado. Que eu nunca quis sair de fato.”

>LEIA MAIS:

No início, ainda não era fotógrafo profissional, mas sempre teve um olhar que o impulsionava. Viajando por lugares exóticos, ele afirma que seu foco é a natureza em sua forma mais “bruta”, por isso costuma viajar para países de terceiro mundo onde encontra belezas que ainda não foram transformadas pelo homem.

Mas as viagens também serviram para Fábio fazer cursos e comprar equipamentos de ponta. Ele explica que para chegar em qualquer país menos desenvolvido, quase sempre era necessário passar por um país de primeiro mundo. E nesse momento ele aproveitava para aprimorar suas técnicas. “Durante esse processo aprendi coisas modernas, a viagem foi me dando recursos profissionais. A medida que ia ganhando dinheiro, eu ia viajar mais e mais.”

Parceria

Fábio afirma que a maior identificação do Impressões de Viagem com o Tribuna do Ceará é que ambos focam no Ceará. “O legal desse trabalho com o Tribuna, que teve início no segundo semestre do ano passado, é a ligação que temos com o estado.”, detalha.

Publicidade

Dê sua opinião

Parceiro do Tribuna do Ceará mostra olhar diferenciado sobre o estado

O blog Impressões de Viagem mostra as expedições feitas por um fotógrafo e sua equipe no interior do estado do Ceará

Por Marcella Ruchet em Comportamento

17 de fevereiro de 2014 às 19:38

Há 5 anos

Você consegue se imaginar viajando por dez anos? Fotografando os lugares mais diversos e desconhecidos? E ganhando dinheiro com essas fotos para viajar mais? Para muitos isso não passaria de um sonho impossível, mas para Fábio Arruda foi pura realidade.

“Sou fotógrafo, mas não nasci fotógrafo”, é assim que Fábio Arruda, 44 anos, se descreve. Professor de ensino fundamental durante metade da vida, sempre foi um apaixonado por viagens e um dia decidiu buscar algo que o permitisse viajar de forma profissional. “Eu poderia ser comissário de bordo, mas isso nunca me agradou. Então, a fotografia surgiu como um encaixe perfeito”, conta.

“Comecei a viajar para lugares que poucos conheciam e o que mais me motivou a fotografar é que dessa forma eu mostrava para meus amigos e familiares o que eu via”, ressalta Fábio.

Confira galeria:

Fotógrafo pelo mundo
1/6

Fotógrafo pelo mundo

Fábio na Tailândia (FOTO: Arquivo pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
2/6

Fotógrafo pelo mundo

Com uma cacatua na África do Sul (FOTO: Arquivo Pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
3/6

Fotógrafo pelo mundo

Documentando o Ceará (FOTO: Arquivo Pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
4/6

Fotógrafo pelo mundo

Se alimentando no Nepal (FOTO: Arquivo Pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
5/6

Fotógrafo pelo mundo

Registrando as belezas da praia de Icapuí (FOTO: Arquivo Pessoal)

Fotógrafo pelo mundo
6/6

Fotógrafo pelo mundo

Rodando pelo interior do estado (Foto: Arquivo Pessoal)

Alma de professor

Apesar das viagens Fábio diz que nunca deixou de lado a “alma de professor”. Com todo o conhecimento que adquiriu, quis passar para as pessoas o que viu e aprendeu. Foi assim que surgiu a ideia de fazer o blog Impressões de Viagem. “O Impressões veio naturalmente como resultado de tudo que vivi nesses 10 anos”, explica.

A ideia do blog é mostrar um pouco o dia a dia de um fotógrafo cearense que resolveu mudar de vida e viver viajando. Hoje, o foco principal do Impressões de Viagem é apresentar as expedições que Fábio e sua equipe fazem pelo interior do estado do Ceará. As viagens já começaram e agora Fábio vai usar as técnicas que aprendeu e desenvolveu pelo mundo no estado onde nasceu.

Durante 10 anos viajando o mundo em busca de fotos perfeitas, hoje ele busca os melhores ângulos em regiões como o Cariri e Chapada da Ibiapaba. “Tudo que vivi em 10 anos agora coloco em prática no meu estado. Que eu nunca quis sair de fato.”

>LEIA MAIS:

No início, ainda não era fotógrafo profissional, mas sempre teve um olhar que o impulsionava. Viajando por lugares exóticos, ele afirma que seu foco é a natureza em sua forma mais “bruta”, por isso costuma viajar para países de terceiro mundo onde encontra belezas que ainda não foram transformadas pelo homem.

Mas as viagens também serviram para Fábio fazer cursos e comprar equipamentos de ponta. Ele explica que para chegar em qualquer país menos desenvolvido, quase sempre era necessário passar por um país de primeiro mundo. E nesse momento ele aproveitava para aprimorar suas técnicas. “Durante esse processo aprendi coisas modernas, a viagem foi me dando recursos profissionais. A medida que ia ganhando dinheiro, eu ia viajar mais e mais.”

Parceria

Fábio afirma que a maior identificação do Impressões de Viagem com o Tribuna do Ceará é que ambos focam no Ceará. “O legal desse trabalho com o Tribuna, que teve início no segundo semestre do ano passado, é a ligação que temos com o estado.”, detalha.