5 vezes em que o grupo "Alguém Conhece Alguém que..." mudou a vida de cearenses - Diversão

INTERNET DO BEM

5 vezes em que o grupo “Alguém Conhece Alguém que…” mudou a vida de cearenses

Grupo de Facebook com 20 mil integrantes ficou famoso por mobilizar cearenses em rede colaborativa que transforma a vida de muitos

Por Matheus Ribeiro em Comportamento

14 de abril de 2016 às 06:00

Há 3 anos
Jefferson é co-fundador do grupo 'Alguém conhece Alguém que...' (FOTO: Arquivo Pessoal)

Jefferson é co-fundador do grupo ‘Alguém conhece Alguém que…’ (FOTO: Arquivo Pessoal)

Com mais de 20 mil integrantes, o grupo do Facebook “Alguém Conhece Alguém que…” tem se tornado um grande ajudante para os cearenses. Criado a princípio para atender as necessidades somente de profissionais da área de Publicidade, hoje ele fornece uma verdadeira rede colaborativa. Desde sua criação, o Acaq (como é tradicionalmente conhecido) já ajudou milhares de integrantes com dúvidas, sugestões e até marcando de forma significativa a vida de diversas pessoas.

Segundo o administrador e co-fundador do grupo, Jefferson Cavalcante, a iniciativa tomou uma enorme proporção. “Quando criamos o grupo, o objetivo era para que produtores publicitários encontrassem fornecedores de materiais e brindes. Com o tempo, as pessoas se apropriaram do grupo e passaram a fazer usos bem diferentes dele. Essa rede colaborativa forma uma rede do bem e me deixa cheio de esperança, que no mundo as pessoas podem se ajudar mutuamente”, conta.

Além de Jefferson, que atua como publicitário, o grupo possui mais dois administradores. José Crescêncio e Nut Pereira também atuam no setor de comunicação e auxiliam na administração do grupo que já existe há desde agosto de 2014.

Além das diversas histórias curiosas e engraçadas, o ambiente também é um excelente contador de histórias, pautando várias vezes a mídia local. Pensando nas mudanças que o grupo já proporcionou a diversos cearenses, o Tribuna do Ceará listou cinco histórias que nasceram no grupo e que marcaram a vida dos integrantes do grupo. Das cinco, em quatro a gente acompanhou de perto.

Confira:

Mensagem publicada por Eberth antes e depois de identificar Antônio (FOTO: Reprodução Facebook)

Mensagem publicada por Eberth antes e depois de identificar Antônio (FOTO: Reprodução Facebook)

Foto com Antônio Fagundes: Em dezembro de 2015, o integrante do grupo Eberth Melo publicou uma imagem de um homem com o ator Antônio Fagundes. Segundo a postagem, a intenção era de encontrar o homem da foto que foi tirada pela sua irmã falecida havia 12 anos. O homem pediu que a sua irmã tirasse uma foto com o artista com a ideia de entregar a fotografia em outro momento. Cerca de 20 anos depois, o fato realmente aconteceu graças ao grupo.

Após publicar a fotografia, uma verdadeira campanha surgiu em busca do então desconhecido. Mais de 300 pessoas se envolveram e ajudaram nas buscas. Em menos de 24 horas, o homem foi identificado. O integrante recebeu uma mensagem de um familiar avisando que o homem que aparecia na foto era seu tio falecido há alguns anos.

Mulher pede colaboração para casamento da irmã (FOTO: Facebook)

Mulher pede colaboração para casamento da irmã (FOTO: Facebook)

Casamento: Também no fim do ano passado, uma mulher  publicou no grupo do Facebook uma mensagem pedindo a colaboração das usuárias para conseguir realizar o desejo da irmã, emprestando roupas para seu casamento. Em menos de uma hora da publicação, o pedido surtiu efeito. Inúmeras pessoas surgiram com o interesse de colaborar. Com ajuda dos internautas, a noiva conseguiu vestidos, maquiagem, cabeleireiro, bolo e até fotos de forma gratuita. “A repercussão foi tão grande que consegui arranjos de flores, centros de mesa, lembrancinhas e até salão de beleza para mim e para minha mãe”, relembra a autora da postagem.

Cinderela Rockeira foi encontrada após grande campanha on-line (FOTO: Facebook)

Cinderela Rockeira foi encontrada após grande campanha on-line (FOTO: Facebook)

Cinderela Rockeira: Na onda do romance, o Tribuna do Ceará também registrou outro caso que originou no Acaq. Davi e Marina foram ao show do Iron Maiden, em Fortaleza, no dia 24 de março. Ela perdeu a sapatilha do pé direito. Ele achou o calçado assim que entrou na Arena Castelão. A diferença aconteceu quando Davi resolveu fazer uma campanha online para encontrar a Cinderela moderna.

Em pouco tempo de publicação, diversas pessoas compartilharam o post até que a jovem Cinderela foi encontrada. O caso inusitado também ganhou destaque na mídia local, e o primeiro encontro entre eles aconteceu na Rádio Tribuna BandNews FM.

Campanha teve ajuda de diversos usuários do grupo (FOTO: Facebook)

Campanha teve ajuda de diversos usuários do grupo (FOTO: Facebook)

Pedido de casamento: Um pedido de casamento também teve bastante destaque no grupo e na mídia cearense. O Acaq mobilizou várias pessoas para fazer o pedido de casamento em Fortaleza. Ele queria que o máximo de pessoas soubessem o quanto ele amava sua noiva. Com ajuda da irmã da noiva, o jovem decidiu usar o grupo para pedir ajuda para sugestões de pedidos de casamento criativo.

Precisando manter tudo em segredo, a irmã da noiva pediu que outra pessoa desconhecida solicitasse na página do Facebook que pessoas de vários estados/países escrevessem em uma folha uma determinada frase e registrasse em foto, para no dia do pedido de casamento o noivo pudesse entregar as imagens impressas para a amada.

E assim foi feito. Com mais de 700 curtidas e 250 comentários, a campanha surtiu efeito e, em janeiro desse ano, o pedido de casamento realmente foi feito na Ponte Metálica, em Fortaleza. O caso ganhou bastante destaque entre os integrantes e usuários do grupo.

Campanha mobilizou diversos doadores do grupo (FOTO: Facebook)

Campanha mobilizou diversos doadores do grupo (FOTO: Facebook)

Doação: Mas quem pensa que só rola romance no grupo está enganado. Além dos inúmeros pedidos de casamentos e ajudas para matrimônios, o grupo também é marcado pela solidariedade.

Em fevereiro deste ano, o Tribuna do Ceará destacou a história que surgiu por meio do Acaq. Com apenas 11 meses, Sofia Abranches tinha câncer e estava passando por um tratamento com quimioterapia. Precisando de doações de plaquetas a fim de ajudar na cura, amigos e familiares utilizaram o grupo para solicitar ajuda. Logo após a publicação, diversas pessoas se prontificaram a ajudar.

Clique na imagem para ampliar

Matérias Tribuna do Ceará
1/4

Matérias Tribuna do Ceará

Matérias ganharam destaque no Tribuna do Ceará após repercussão no Grupo (FOTO: Tribuna do Ceará)

Matérias Tribuna do Ceará
2/4

Matérias Tribuna do Ceará

Matérias ganharam destaque no Tribuna do Ceará após repercussão no Grupo (FOTO: Tribuna do Ceará)

Matérias Tribuna do Ceará
3/4

Matérias Tribuna do Ceará

Matérias ganharam destaque no Tribuna do Ceará após repercussão no Grupo (FOTO: Tribuna do Ceará)

Matérias Tribuna do Ceará
4/4

Matérias Tribuna do Ceará

Matérias ganharam destaque no Tribuna do Ceará após repercussão no Grupo (FOTO: Tribuna do Ceará)

Publicidade

Dê sua opinião

INTERNET DO BEM

5 vezes em que o grupo “Alguém Conhece Alguém que…” mudou a vida de cearenses

Grupo de Facebook com 20 mil integrantes ficou famoso por mobilizar cearenses em rede colaborativa que transforma a vida de muitos

Por Matheus Ribeiro em Comportamento

14 de abril de 2016 às 06:00

Há 3 anos
Jefferson é co-fundador do grupo 'Alguém conhece Alguém que...' (FOTO: Arquivo Pessoal)

Jefferson é co-fundador do grupo ‘Alguém conhece Alguém que…’ (FOTO: Arquivo Pessoal)

Com mais de 20 mil integrantes, o grupo do Facebook “Alguém Conhece Alguém que…” tem se tornado um grande ajudante para os cearenses. Criado a princípio para atender as necessidades somente de profissionais da área de Publicidade, hoje ele fornece uma verdadeira rede colaborativa. Desde sua criação, o Acaq (como é tradicionalmente conhecido) já ajudou milhares de integrantes com dúvidas, sugestões e até marcando de forma significativa a vida de diversas pessoas.

Segundo o administrador e co-fundador do grupo, Jefferson Cavalcante, a iniciativa tomou uma enorme proporção. “Quando criamos o grupo, o objetivo era para que produtores publicitários encontrassem fornecedores de materiais e brindes. Com o tempo, as pessoas se apropriaram do grupo e passaram a fazer usos bem diferentes dele. Essa rede colaborativa forma uma rede do bem e me deixa cheio de esperança, que no mundo as pessoas podem se ajudar mutuamente”, conta.

Além de Jefferson, que atua como publicitário, o grupo possui mais dois administradores. José Crescêncio e Nut Pereira também atuam no setor de comunicação e auxiliam na administração do grupo que já existe há desde agosto de 2014.

Além das diversas histórias curiosas e engraçadas, o ambiente também é um excelente contador de histórias, pautando várias vezes a mídia local. Pensando nas mudanças que o grupo já proporcionou a diversos cearenses, o Tribuna do Ceará listou cinco histórias que nasceram no grupo e que marcaram a vida dos integrantes do grupo. Das cinco, em quatro a gente acompanhou de perto.

Confira:

Mensagem publicada por Eberth antes e depois de identificar Antônio (FOTO: Reprodução Facebook)

Mensagem publicada por Eberth antes e depois de identificar Antônio (FOTO: Reprodução Facebook)

Foto com Antônio Fagundes: Em dezembro de 2015, o integrante do grupo Eberth Melo publicou uma imagem de um homem com o ator Antônio Fagundes. Segundo a postagem, a intenção era de encontrar o homem da foto que foi tirada pela sua irmã falecida havia 12 anos. O homem pediu que a sua irmã tirasse uma foto com o artista com a ideia de entregar a fotografia em outro momento. Cerca de 20 anos depois, o fato realmente aconteceu graças ao grupo.

Após publicar a fotografia, uma verdadeira campanha surgiu em busca do então desconhecido. Mais de 300 pessoas se envolveram e ajudaram nas buscas. Em menos de 24 horas, o homem foi identificado. O integrante recebeu uma mensagem de um familiar avisando que o homem que aparecia na foto era seu tio falecido há alguns anos.

Mulher pede colaboração para casamento da irmã (FOTO: Facebook)

Mulher pede colaboração para casamento da irmã (FOTO: Facebook)

Casamento: Também no fim do ano passado, uma mulher  publicou no grupo do Facebook uma mensagem pedindo a colaboração das usuárias para conseguir realizar o desejo da irmã, emprestando roupas para seu casamento. Em menos de uma hora da publicação, o pedido surtiu efeito. Inúmeras pessoas surgiram com o interesse de colaborar. Com ajuda dos internautas, a noiva conseguiu vestidos, maquiagem, cabeleireiro, bolo e até fotos de forma gratuita. “A repercussão foi tão grande que consegui arranjos de flores, centros de mesa, lembrancinhas e até salão de beleza para mim e para minha mãe”, relembra a autora da postagem.

Cinderela Rockeira foi encontrada após grande campanha on-line (FOTO: Facebook)

Cinderela Rockeira foi encontrada após grande campanha on-line (FOTO: Facebook)

Cinderela Rockeira: Na onda do romance, o Tribuna do Ceará também registrou outro caso que originou no Acaq. Davi e Marina foram ao show do Iron Maiden, em Fortaleza, no dia 24 de março. Ela perdeu a sapatilha do pé direito. Ele achou o calçado assim que entrou na Arena Castelão. A diferença aconteceu quando Davi resolveu fazer uma campanha online para encontrar a Cinderela moderna.

Em pouco tempo de publicação, diversas pessoas compartilharam o post até que a jovem Cinderela foi encontrada. O caso inusitado também ganhou destaque na mídia local, e o primeiro encontro entre eles aconteceu na Rádio Tribuna BandNews FM.

Campanha teve ajuda de diversos usuários do grupo (FOTO: Facebook)

Campanha teve ajuda de diversos usuários do grupo (FOTO: Facebook)

Pedido de casamento: Um pedido de casamento também teve bastante destaque no grupo e na mídia cearense. O Acaq mobilizou várias pessoas para fazer o pedido de casamento em Fortaleza. Ele queria que o máximo de pessoas soubessem o quanto ele amava sua noiva. Com ajuda da irmã da noiva, o jovem decidiu usar o grupo para pedir ajuda para sugestões de pedidos de casamento criativo.

Precisando manter tudo em segredo, a irmã da noiva pediu que outra pessoa desconhecida solicitasse na página do Facebook que pessoas de vários estados/países escrevessem em uma folha uma determinada frase e registrasse em foto, para no dia do pedido de casamento o noivo pudesse entregar as imagens impressas para a amada.

E assim foi feito. Com mais de 700 curtidas e 250 comentários, a campanha surtiu efeito e, em janeiro desse ano, o pedido de casamento realmente foi feito na Ponte Metálica, em Fortaleza. O caso ganhou bastante destaque entre os integrantes e usuários do grupo.

Campanha mobilizou diversos doadores do grupo (FOTO: Facebook)

Campanha mobilizou diversos doadores do grupo (FOTO: Facebook)

Doação: Mas quem pensa que só rola romance no grupo está enganado. Além dos inúmeros pedidos de casamentos e ajudas para matrimônios, o grupo também é marcado pela solidariedade.

Em fevereiro deste ano, o Tribuna do Ceará destacou a história que surgiu por meio do Acaq. Com apenas 11 meses, Sofia Abranches tinha câncer e estava passando por um tratamento com quimioterapia. Precisando de doações de plaquetas a fim de ajudar na cura, amigos e familiares utilizaram o grupo para solicitar ajuda. Logo após a publicação, diversas pessoas se prontificaram a ajudar.

Clique na imagem para ampliar

Matérias Tribuna do Ceará
1/4

Matérias Tribuna do Ceará

Matérias ganharam destaque no Tribuna do Ceará após repercussão no Grupo (FOTO: Tribuna do Ceará)

Matérias Tribuna do Ceará
2/4

Matérias Tribuna do Ceará

Matérias ganharam destaque no Tribuna do Ceará após repercussão no Grupo (FOTO: Tribuna do Ceará)

Matérias Tribuna do Ceará
3/4

Matérias Tribuna do Ceará

Matérias ganharam destaque no Tribuna do Ceará após repercussão no Grupo (FOTO: Tribuna do Ceará)

Matérias Tribuna do Ceará
4/4

Matérias Tribuna do Ceará

Matérias ganharam destaque no Tribuna do Ceará após repercussão no Grupo (FOTO: Tribuna do Ceará)