Atenção, mamães: a saúde bucal é essencial para uma gravidez sem riscos


Atenção, mamães: a saúde bucal é essencial para uma gravidez sem riscos

Na 15ª matéria da série “Vida Saudável”, dentista indica que existem evidências da relação entre as enfermidades gengivais e os nascimentos prematuros

Por Lucas Matos em Bem-Estar

13 de abril de 2015 às 11:00

Há 4 anos
Gestantes devem se atentar à boca durante período gestacional (Foto: Divulgação)

Gestantes devem se atentar à boca durante período gestacional (Foto: Divulgação)

Dizem que um belo sorriso é o melhor cartão de visitas que uma pessoa pode oferecer. Mas não é somente isso que faz uma saúde bucal importante, principalmente quando se trata de gestantes.

Diante de várias pesquisas e diversos estudos, há evidências de que limpeza mal feita pode acarretar em problemas para o bebê, como relata a dentista Roberta Leal, da rede de saúde Hapvida.

“Há cada vez mais evidências sugerindo a existência de uma relação entre as enfermidades gengivais e os nascimentos prematuros, e de bebês que nascem com peso abaixo do normal”, indica a dentista. Com isso, o tipo mais comum de problema oral é a chamada ‘gengivite’, que é o acúmulo de placa bacteriana, onde se deposita entre os dentes.

Porém, calma: tudo isso pode ser evitado se a higiene bucal for feita corretamente. O uso diário do fio dental é de muita importância, aliado a uma alimentação saudável e equilibrada. Visitas periódicas ao dentista são medidas que ajudam a reduzir os problemas dentários que acompanham a gestação.

Mito ou verdade

Na gravidez, diversos mitos e verdades existem. Um exemplo que se pode citar é: “Se a grávida tem muita azia, é porque o bebê vai ser cabeludo?” Na saúde bucal também existem vários pensamentos errôneos, assim como existem os corretos.

O cálcio é importante para os ossos, e os dentistas alertam que a mulher não perde o mineral durante a gestação. Ainda de acordo com a odontóloga, “o cálcio necessário para a formação dos dentes do bebê provém da alimentação da gestante”.

Questionada se a mulher, no período gestacional, pode perder a dentição e ter cáries, Roberta Leal diz que, além de ser mito, a cárie e perda de dentes são provocados pela alimentação desregulada, rica em carboidratos, tendo ainda a falta de higiene como aliada.

Sem a higiene necessária, os microorganismos podem ocasionar um parto prematuro. A chamada periondontite percorre a corrente sanguínea, estimulando a produção de prostaglandina (substância hormonal), provocando contrações do útero e acelerando o trabalho de parto.

Acompanhe a série “Vida Saudável”:

1) Saiba como identificar se seu filho é mais uma vítima do consumismo infantil (24/2)

2) Uso excessivo de equipamentos eletrônicos prejudica visão (26/2)

3) Brincar é coisa séria, e precisa ser tarefa diária de toda criança (2/3)

4) Mulheres têm 7 vezes mais chances do que homens de apresentar disfunção hormonal (5/3)

5) Prática exagerada de exercícios físicos pode desencadear doença: a vigorexia (9/3)

6) Metade da população masculina apresenta calvície até chegar aos 50 anos (12/3)

7) Confira as causas do chulé e saiba como se livrar desse mau cheiro (16/3)

8) Aprenda receita de cozinha que ajuda no combate a osteoporose (19/3)

9) Pessoas com diabetes precisam cuidar da saúde dos pés, para evitar ferimentos (23/3)

10) Saiba como se alimentar direito antes, durante e depois de atividade física (26/3)

11) Saiba como tratar o estresse pós-traumático (30/3)

12) Melhor remédio contra enxaqueca é alimentação saudável (2/4)

13) Febre chikungunya é doença causada pelo mesmo mosquito da dengue (6/4)

14) Tratamento de dentes fora do lugar certo é mais eficaz quando iniciado na infância (9/4)

15) Atenção, mamães: a saúde bucal é essencial para uma gravidez sem riscos (13/4)

16) Fuja das dietas malucas que não atendem as necessidades diárias (16/4)

17) Parto normal apresenta menor risco de infecções para o bebê e para a mãe (20/4)

18) Grávidas precisam adotar cuidados ao ter relações sexuais (23/4)

19) Saiba como se alimentar direito durante a gestação (27/4)

20) Proteção é essencial para evitar a Aids (30/4)

Publicidade

Dê sua opinião

Atenção, mamães: a saúde bucal é essencial para uma gravidez sem riscos

Na 15ª matéria da série “Vida Saudável”, dentista indica que existem evidências da relação entre as enfermidades gengivais e os nascimentos prematuros

Por Lucas Matos em Bem-Estar

13 de abril de 2015 às 11:00

Há 4 anos
Gestantes devem se atentar à boca durante período gestacional (Foto: Divulgação)

Gestantes devem se atentar à boca durante período gestacional (Foto: Divulgação)

Dizem que um belo sorriso é o melhor cartão de visitas que uma pessoa pode oferecer. Mas não é somente isso que faz uma saúde bucal importante, principalmente quando se trata de gestantes.

Diante de várias pesquisas e diversos estudos, há evidências de que limpeza mal feita pode acarretar em problemas para o bebê, como relata a dentista Roberta Leal, da rede de saúde Hapvida.

“Há cada vez mais evidências sugerindo a existência de uma relação entre as enfermidades gengivais e os nascimentos prematuros, e de bebês que nascem com peso abaixo do normal”, indica a dentista. Com isso, o tipo mais comum de problema oral é a chamada ‘gengivite’, que é o acúmulo de placa bacteriana, onde se deposita entre os dentes.

Porém, calma: tudo isso pode ser evitado se a higiene bucal for feita corretamente. O uso diário do fio dental é de muita importância, aliado a uma alimentação saudável e equilibrada. Visitas periódicas ao dentista são medidas que ajudam a reduzir os problemas dentários que acompanham a gestação.

Mito ou verdade

Na gravidez, diversos mitos e verdades existem. Um exemplo que se pode citar é: “Se a grávida tem muita azia, é porque o bebê vai ser cabeludo?” Na saúde bucal também existem vários pensamentos errôneos, assim como existem os corretos.

O cálcio é importante para os ossos, e os dentistas alertam que a mulher não perde o mineral durante a gestação. Ainda de acordo com a odontóloga, “o cálcio necessário para a formação dos dentes do bebê provém da alimentação da gestante”.

Questionada se a mulher, no período gestacional, pode perder a dentição e ter cáries, Roberta Leal diz que, além de ser mito, a cárie e perda de dentes são provocados pela alimentação desregulada, rica em carboidratos, tendo ainda a falta de higiene como aliada.

Sem a higiene necessária, os microorganismos podem ocasionar um parto prematuro. A chamada periondontite percorre a corrente sanguínea, estimulando a produção de prostaglandina (substância hormonal), provocando contrações do útero e acelerando o trabalho de parto.

Acompanhe a série “Vida Saudável”:

1) Saiba como identificar se seu filho é mais uma vítima do consumismo infantil (24/2)

2) Uso excessivo de equipamentos eletrônicos prejudica visão (26/2)

3) Brincar é coisa séria, e precisa ser tarefa diária de toda criança (2/3)

4) Mulheres têm 7 vezes mais chances do que homens de apresentar disfunção hormonal (5/3)

5) Prática exagerada de exercícios físicos pode desencadear doença: a vigorexia (9/3)

6) Metade da população masculina apresenta calvície até chegar aos 50 anos (12/3)

7) Confira as causas do chulé e saiba como se livrar desse mau cheiro (16/3)

8) Aprenda receita de cozinha que ajuda no combate a osteoporose (19/3)

9) Pessoas com diabetes precisam cuidar da saúde dos pés, para evitar ferimentos (23/3)

10) Saiba como se alimentar direito antes, durante e depois de atividade física (26/3)

11) Saiba como tratar o estresse pós-traumático (30/3)

12) Melhor remédio contra enxaqueca é alimentação saudável (2/4)

13) Febre chikungunya é doença causada pelo mesmo mosquito da dengue (6/4)

14) Tratamento de dentes fora do lugar certo é mais eficaz quando iniciado na infância (9/4)

15) Atenção, mamães: a saúde bucal é essencial para uma gravidez sem riscos (13/4)

16) Fuja das dietas malucas que não atendem as necessidades diárias (16/4)

17) Parto normal apresenta menor risco de infecções para o bebê e para a mãe (20/4)

18) Grávidas precisam adotar cuidados ao ter relações sexuais (23/4)

19) Saiba como se alimentar direito durante a gestação (27/4)

20) Proteção é essencial para evitar a Aids (30/4)