Rio de Janeiro Archives - Blog do Wanfil 
Publicidade

Blog do Wanfil

por Wanderley Filho

Rio de Janeiro

O aquário na novela e a novela do aquário

Por Wanfil em Ceará

11 de novembro de 2016

No Ceará, o aquário, obra pública, parece com escombros de filmes de guerra. No Rio, o aquário, obra privada, é cenário de novela. Pois é.

No Ceará, o aquário, obra pública, lembra escombros dos filmes de guerra. No Rio, obra privada, é cenário de novela. Pois é…

A TV Jangadeiro e o portal Tribuna do Ceará mostraram que o maior aquário da América do Sul, foi aberto ao público na quarta-feira (9). Não, não é o Acquario Ceará, em Fortaleza, mas o AquaRio, no Rio de Janeiro.

Na verdade, a conclusão do aquário do Ceará é uma incógnita, embora sua construção tenha iniciado há cinco anos, na gestão de Cid Gomes, consumindo, até agora, R$ 136 milhões (dos R$ 300 originalmente previstos). Já o aquário do Rio, que em quatro anos ficou pronto, é obra da iniciativa privada e custou R$ 120 milhões.

No Rio, o aquário serviu de cenário para a novela “A lei do amor”, da Rede Globo, em capítulo exibido nesta semana. No Ceará, o aquário é uma novela mal dirigida e encenada por canastrões, sem prazo para a acabar e – tudo indica – longe, muito longe, de um final feliz.

Confira a matéria da Jangadeiro: Enquanto aquário do Rio é inaugurado, o do Ceará está parado e já consumiu mais dinheiro

Curiosidades:

Em 2013, no calor dos protestos de junho, acuado, Cid cogitou fazer um plebiscito para a população decidir se a obra deveria continuar ou não.

No mesmo ano, a Câmara dos Vereadores aprovou a realização do plebiscito que nunca aconteceu.

Na Assembleia Legislativa, a oposição criou a CPI do Aquário, mas os governistas, numa manobra regimental inusitada, conseguiram barrar a investigação.

Publicidade

O aquário na novela e a novela do aquário

Por Wanfil em Ceará

11 de novembro de 2016

No Ceará, o aquário, obra pública, parece com escombros de filmes de guerra. No Rio, o aquário, obra privada, é cenário de novela. Pois é.

No Ceará, o aquário, obra pública, lembra escombros dos filmes de guerra. No Rio, obra privada, é cenário de novela. Pois é…

A TV Jangadeiro e o portal Tribuna do Ceará mostraram que o maior aquário da América do Sul, foi aberto ao público na quarta-feira (9). Não, não é o Acquario Ceará, em Fortaleza, mas o AquaRio, no Rio de Janeiro.

Na verdade, a conclusão do aquário do Ceará é uma incógnita, embora sua construção tenha iniciado há cinco anos, na gestão de Cid Gomes, consumindo, até agora, R$ 136 milhões (dos R$ 300 originalmente previstos). Já o aquário do Rio, que em quatro anos ficou pronto, é obra da iniciativa privada e custou R$ 120 milhões.

No Rio, o aquário serviu de cenário para a novela “A lei do amor”, da Rede Globo, em capítulo exibido nesta semana. No Ceará, o aquário é uma novela mal dirigida e encenada por canastrões, sem prazo para a acabar e – tudo indica – longe, muito longe, de um final feliz.

Confira a matéria da Jangadeiro: Enquanto aquário do Rio é inaugurado, o do Ceará está parado e já consumiu mais dinheiro

Curiosidades:

Em 2013, no calor dos protestos de junho, acuado, Cid cogitou fazer um plebiscito para a população decidir se a obra deveria continuar ou não.

No mesmo ano, a Câmara dos Vereadores aprovou a realização do plebiscito que nunca aconteceu.

Na Assembleia Legislativa, a oposição criou a CPI do Aquário, mas os governistas, numa manobra regimental inusitada, conseguiram barrar a investigação.