Eva Green Archives - Cinema Sinergia 
Publicidade

Cinema Sinergia

por Thiago Sampaio

Eva Green

Crítica: Live-action de “Dumbo” honra o original e traz novas ideias de maneira honesta

Por Thiago Sampaio em Crítica

17 de Abril de 2019

Foto: Divulgação

Seguindo essa onda de fazerem versões live-actions de tudo o que é animação clássica da Walt Disney Pictures, chegou a vez do elefante voador “Dumbo” (idem, 1941). Apesar de dizerem por aí que a produção era a favorita do próprio Disney, o desenho não é tão idolatrado pelo público em geral e o material de apenas 64 minutos tinha pouco a ser aprofundado numa nova versão. Mas o diretor Tim Burton, famoso por ser visionário no passado, consegue atribuir o seu olhar próprio, ampliando aquela história. O novo “Dumbo” (2019) não tem nada de marcante, mas passa longe de fazer feio e honra a memória do seu criador.

Na história, ambientada em 1919, Holt Farrier (Colin Farrell) é uma ex-estrela de circo que, ao retornar da Primeira Guerra Mundial, encontra seu mundo virado de cabeça para baixo. Sua esposa faleceu enquanto estava fora e ele agora precisa criar os dois filhos. Ele recebe a função de cuidar de uma elefante que está prestes a ter bebê. Quando o filhote nasce, todos ficam surpresos com o tamanho de suas orelhas, o que faz com que de início seja desprezado. Porém, tudo muda quando o mundo descobre que as imensas orelhas permitem que Dumbo voe, atraindo os olhares do público e de um empresário inescrupuloso.
Leia mais

Publicidade

Crítica: ‘300 – A Ascensão do Império’ apenas copia o estilo do anterior

Por Thiago Sampaio em Crítica

13 de Março de 2014

Pôster de "300 - A Ascensão do Império"

Foto: Divulgação

Ao adaptar a famosa Graphic Novel “Os 300 de Esparta”, de Frank Miller e Lynn Varley, o diretor Zack Snyder (“Watchmen – O Filme”, 2009; “O Homem de Aço”, 2013) transformou “300” (idem, 2007) em um longa-metragem cult, abordando a lenda dos guerreiros espartanos na Batalha das Termópilas em um contexto pop, repleto de bordões que caíram na moda e um visual de videoclipe. Produzido como um legítimo “caça-níquel”, a sequencia “300 – A Ascensão do Império” (300: Rise of an Empire, 2014) segue o mesmo estilo e funciona no quesito diversão, apesar de ficar sempre à sombra do primeiro.

A história

A trama é narrada paralelamente ao longa de 2007, mostrando, de início, como Xerxes (Rodrigo Santoro) se transformou em um Deus-Rei após a morte do pai Dario. Ordenando o ataque persa à Grécia, Xerxes conta como braço direito Artemisia (Eva Green), que comanda o ataque marítimo ao norte. Enquanto os 300 espartanos liderados por Leônidas tentam combater o Deus-Rei, os exércitos do resto da Grécia, comandados pelo general Themistocles (Sullivan Stapleton), se unem para uma batalha com as tropas de Artemisia.

Leia mais

Publicidade

Crítica: ‘300 – A Ascensão do Império’ apenas copia o estilo do anterior

Por Thiago Sampaio em Crítica

13 de Março de 2014

Pôster de "300 - A Ascensão do Império"

Foto: Divulgação

Ao adaptar a famosa Graphic Novel “Os 300 de Esparta”, de Frank Miller e Lynn Varley, o diretor Zack Snyder (“Watchmen – O Filme”, 2009; “O Homem de Aço”, 2013) transformou “300” (idem, 2007) em um longa-metragem cult, abordando a lenda dos guerreiros espartanos na Batalha das Termópilas em um contexto pop, repleto de bordões que caíram na moda e um visual de videoclipe. Produzido como um legítimo “caça-níquel”, a sequencia “300 – A Ascensão do Império” (300: Rise of an Empire, 2014) segue o mesmo estilo e funciona no quesito diversão, apesar de ficar sempre à sombra do primeiro.

A história

A trama é narrada paralelamente ao longa de 2007, mostrando, de início, como Xerxes (Rodrigo Santoro) se transformou em um Deus-Rei após a morte do pai Dario. Ordenando o ataque persa à Grécia, Xerxes conta como braço direito Artemisia (Eva Green), que comanda o ataque marítimo ao norte. Enquanto os 300 espartanos liderados por Leônidas tentam combater o Deus-Rei, os exércitos do resto da Grécia, comandados pelo general Themistocles (Sullivan Stapleton), se unem para uma batalha com as tropas de Artemisia.

(mais…)