Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Sindquímica Ceará

Associada ao Sindquímica é eleita uma das mais atraentes  startups para investimentos do Demoday InovAtiva

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

06 de setembro de 2016

TAQUION

A Táquion, empresa  associada ao Sindquimica Ceará, é uma das 12 melhores startups do primeiro ciclo de aceleração 2016 do Programa InovAtiva Brasil do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviço (MDIC). Na categoria Saúde, Biotecnologia, Química e Agronegócios, sobretudo com maior destaque especificamente na área de Saúde, foi escolhida entre 1340 startups de todo o Brasil durante o processo de seleção, ao apresentar o dispositivo de biosensor como um negócio viável a uma banca de investidores durante o Demoday do Programa InovAtiva Brasil, realizado no último fim de semana na Escola de Negócios do SEBRAE São Paulo.

Participaram do evento 115 startups, entre as 125 selecionadas para a etapa final. A Táquion foi a única cearense a receber o destaque da categoria. Estiveram presentes 117 Investidores e executivos de empresas para avaliar e se conectar com as startups. Para o diretor de Negócios da Táquion, Eduardo Tavares, conquistar o destaque no Inovativa Brasil foi importante para colocar a empresa entre as mais inovadoras do País  com visibilidade para os investidores nacionais e internacionais. “Conquistar esse reconhecimento fortalece a região Nordeste e sua indústria traduzindo-se, em especial, para o Ceará como um potencial polo de inovação em saúde no Brasil, que já possui um ecossistema que favorece a esta posição e outras empresas com a mesma categoria”, avalia.

A proposta do biosensor é revolucionar o processo de diagnóstico médico. Com uma tecnologia que identifica várias doenças em pouco tempo, baixo custo e uma única gota de sangue capilar. Hoje a plataforma é capaz de diagnosticar zika, dengue, hepatites B e C, infarto precocemente, e quatro marcadores tumorais. O Biosensor está em fase de protótipo e melhoramento, novos exames, escalonamento e fabricação para registro.

Sobre o InovAtiva Brasil
O InovAtiva Brasil trata-se de programa gratuito de aceleração em larga escala para negócios  inovadores  de  qualquer setor e lugar do Brasil, realizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, executado pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI) e com os parceiros estratégicos Sebrae e SENAI. Mais informações: http://www.inovativabrasil.com.br/.

Publicidade

Sindquímica Ceará participa da conferência NanoPortugal 2016

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

16 de Fevereiro de 2016

 reuniao sindquimica(1)

O Sindquímica Ceará participa até 20 de fevereiro da conferência NanoPortugal 2016. O evento será no Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, em Braga, em Portugal. O presidente do Sindicato, Marcos Soares, é convidado da conferência. O convite é resultado da visita que o Sindquímica e o SENAI Ceará, com a participação do diretor Regional da instituição, Paulo André Holanda, fizeram em conjunto em novembro do ano passado. 

Em sua quarta edição, a NanoPortugal 2016 objetiva fortalecer os laços nacionais e internacionais sobre nanotecnologia e incentivar a indústria e universidades, que trabalham nesse campo para conhecer uns aos outros e apresentar suas pesquisas. A conferência abrangerá ampla gama de tópicos na pesquisa atual em nanociência e nanotecnologia de oradores de alto nível e também uma exposição.

* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Sindquímica Ceará faz homenagem a Nicolle Barbosa e divulga ganhadores do 1º Prêmio InovePlast

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

02 de dezembro de 2015

O Sindquímica Ceará realizará no próximo dia 3 de dezembro, às 20h, no Museu da Indústria, a festa anual de confraternização do setor. Na oportunidade, serão conhecidos os ganhadores do 1° Prêmio InovePlast de Inovação Aberta  e feita homenagem a secretária de Desenvolvimento Econômico do Ceará, Nicolle Barbosa.

O 1° Prêmio InovePlast de Inovação Aberta recebeu 49 inscrições com novas ideias de produtos e processos para o setor plástico e novas aplicações para os métodos já existentes.  O prêmio é uma promoção da Rede de Indústrias do Setor Plástico – InovePlast, iniciativa de associados do Sindicato da Indústria Química (Sindquímica Ceará), com apoio do Programa de Desenvolvimento da Indústria (PDI), da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). Já foi divulgada a lista dos classificados nessa primeira fase do Prêmio Inoveplast. Confira no link a seguir.

O prêmio se baseia no conceito de Inovação Aberta pelo qual as organizações abrem suas portas para fluxos de ideias promissoras, recursos tecnológicos e capital humano qualificados vindos de fora da empresa. Por meio da inovação aberta, as empresas têm a possibilidade de elevar seu nível de competitividade em concursos e desafios de ideias abertos a diversos segmentos da sociedade.

Perfil Nicolle Barbosa

Fortalezense, Nicolle Barbosa é filha do industrial Isaias Barbosa e da médica Maria do Socorro Bezerra Barbosa. É secretária do Desenvolvimento Econômico do Estado. Líder empresarial com vínculo direto com o setor gráfico, foi diretora e presidente do Sindicato das Indústrias Gráficas do Ceará (SINDIGRAFICA) entre os anos de 2005 e 2010; Diretora e Presidente do Centro Industrial do Ceará (CIC) entre os anos de 2010 e 2014; presidente da Comissão Eleitoral da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) no ano de 2011. Atualmente é presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica no Ceará (ABIGRAF/CE).

Criou e coordenou o “Integra Brasil – Fórum Nordeste no Brasil e no Mundo”, movimento que envolveu o país inteiro do debate acerca do papel do Nordeste na construção do processo de desenvolvimento sustentável do Brasil.

Também criou e coordenou a “Caravana do Desenvolvimento”, iniciativa que culminou com um documento contendo as linhas mestras de um Plano de Desenvolvimento Econômico para o Ceará.

Publicidade

Indústrias cearenses do setor plástico lançam prêmio de Inovação Aberta

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

03 de agosto de 2015

Buscar novas ideias de produtos e processos para o setor plástico e novas aplicações para os métodos já existentes é o objetivo do 1° Prêmio InovePlast de Inovação Aberta, promovido pela Rede de indústrias do setor plástico – InovePlast, iniciativa de associados do Sindquímica Ceará. A premiação será lançada durante a 10ª edição da Feira Embala Nordeste, que ocorre no dia 4 de agosto, em Olinda, Pernambuco.
 
O prêmio se baseia no conceito de Inovação Aberta pelo qual as organizações abrem suas portas para fluxos de ideias promissoras, recursos tecnológicos e capital humano qualificados vindos de fora da empresa. Por meio da inovação aberta, as empresas têm a possibilidade de elevar seu nível de competitividade em concursos e desafios de ideias abertos a diversos segmentos da sociedade.
 
Podem se inscrever estudantes, consultores, instituições de ensino, funcionários das próprias empresas, fornecedores, empresários, startups, aceleradoras e organizações da sociedade civil. Os projetos podem ser inscritos individualmente ou em equipe para inovações em produtos, processos de fabricação e matérias-primas. O objetivo é receber projetos de todo o país. O prazo final de inscrição é 22 de setembro. Serão distribuídos 18 mil reais em prêmios para os três primeiros colocados.
 
O prêmio tem apoio da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/CE), Sindicato das Indústrias Químicas, Farmacêuticas e da Destilação e Refinação de Petróleo no Estado do Ceará (Sindquímica), Sindicato das Indústrias de Papel, Papelão, Celulose e Embalagens em Geral no Estado do Ceará (Sindiembalagens) e Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado de Pernambuco (Simpepe). Patrocinam o prêmio o Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Ceará (SDE), SEBRAE, Moldemba e MTF Termoformadoras.
 
Rede InovePlast
 
A rede InovePlast nasceu de um grupo de empresários industriais do setor de plásticos do Ceará que deseja inovar na área, elevando sua competitividade no cenário atual por meio do fomento à inovação. Participam da rede as empresas Kipo Plásticos, INSOPRO, BSPet, Intraplast e Plastsan. Pioneiro no estado, o grupo segue a tendência da economia do compartilhamento. As indústrias integrantes da rede buscam conhecimento e inovação em contextos que se encontram muito além de suas próprias fronteiras, estabelecendo parcerias e desenvolvimento de projetos de cooperação entre empresas, sua cadeia de valor, entidades do ecossistema de inovação.
 
A intenção é formar arranjos interinstitucionais que contribuem para a competitividade e sustentabilidade a partir de inovações que mitiguem os impactos sobre o meio ambiente, promovam a inclusão social e proporcionem desempenho superior no atual contexto de crise hídrica e energética, baixa produtividade do trabalho, crescimento econômico estagnado e falta de políticas públicas de desenvolvimento regional.
 
Indústria de plástico no Ceará
 
A indústria plástica tem grande potencial de crescimento no Ceará. Atualmente, representa apenas 0,9% da produção do setor industrial cearense, ocupando a 15º posição no Brasil, entretanto, possui melhor posicionamento nos segmentos de embalagens de material plástico e na produção de outros artefatos. Em relação ao mercado de trabalho formal, o setor detém 1,2% dos empregos formais e estabelecimentos.
 
Em termos de distribuição geográfica no Estado, mais de 3 mil empregos são gerados apenas em Maracanaú, Fortaleza e Eusébio, todos municípios da Região Metropolitana de Fortaleza.
 
Serviço
1° Prêmio InovePlast de Inovação Aberta
Mais informações e inscrições: www.inoveplast.com.br
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Indústrias cearenses do setor plástico lançam prêmio de Inovação Aberta

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

03 de agosto de 2015

Buscar novas ideias de produtos e processos para o setor plástico e novas aplicações para os métodos já existentes é o objetivo do 1° Prêmio InovePlast de Inovação Aberta, promovido pela Rede de indústrias do setor plástico – InovePlast, iniciativa de associados do Sindquímica Ceará. A premiação será lançada durante a 10ª edição da Feira Embala Nordeste, que ocorre no dia 4 de agosto, em Olinda, Pernambuco.
 
O prêmio se baseia no conceito de Inovação Aberta pelo qual as organizações abrem suas portas para fluxos de ideias promissoras, recursos tecnológicos e capital humano qualificados vindos de fora da empresa. Por meio da inovação aberta, as empresas têm a possibilidade de elevar seu nível de competitividade em concursos e desafios de ideias abertos a diversos segmentos da sociedade.
 
Podem se inscrever estudantes, consultores, instituições de ensino, funcionários das próprias empresas, fornecedores, empresários, startups, aceleradoras e organizações da sociedade civil. Os projetos podem ser inscritos individualmente ou em equipe para inovações em produtos, processos de fabricação e matérias-primas. O objetivo é receber projetos de todo o país. O prazo final de inscrição é 22 de setembro. Serão distribuídos 18 mil reais em prêmios para os três primeiros colocados.
 
O prêmio tem apoio da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/CE), Sindicato das Indústrias Químicas, Farmacêuticas e da Destilação e Refinação de Petróleo no Estado do Ceará (Sindquímica), Sindicato das Indústrias de Papel, Papelão, Celulose e Embalagens em Geral no Estado do Ceará (Sindiembalagens) e Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado de Pernambuco (Simpepe). Patrocinam o prêmio o Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Ceará (SDE), SEBRAE, Moldemba e MTF Termoformadoras.
 
Rede InovePlast
 
A rede InovePlast nasceu de um grupo de empresários industriais do setor de plásticos do Ceará que deseja inovar na área, elevando sua competitividade no cenário atual por meio do fomento à inovação. Participam da rede as empresas Kipo Plásticos, INSOPRO, BSPet, Intraplast e Plastsan. Pioneiro no estado, o grupo segue a tendência da economia do compartilhamento. As indústrias integrantes da rede buscam conhecimento e inovação em contextos que se encontram muito além de suas próprias fronteiras, estabelecendo parcerias e desenvolvimento de projetos de cooperação entre empresas, sua cadeia de valor, entidades do ecossistema de inovação.
 
A intenção é formar arranjos interinstitucionais que contribuem para a competitividade e sustentabilidade a partir de inovações que mitiguem os impactos sobre o meio ambiente, promovam a inclusão social e proporcionem desempenho superior no atual contexto de crise hídrica e energética, baixa produtividade do trabalho, crescimento econômico estagnado e falta de políticas públicas de desenvolvimento regional.
 
Indústria de plástico no Ceará
 
A indústria plástica tem grande potencial de crescimento no Ceará. Atualmente, representa apenas 0,9% da produção do setor industrial cearense, ocupando a 15º posição no Brasil, entretanto, possui melhor posicionamento nos segmentos de embalagens de material plástico e na produção de outros artefatos. Em relação ao mercado de trabalho formal, o setor detém 1,2% dos empregos formais e estabelecimentos.
 
Em termos de distribuição geográfica no Estado, mais de 3 mil empregos são gerados apenas em Maracanaú, Fortaleza e Eusébio, todos municípios da Região Metropolitana de Fortaleza.
 
Serviço
1° Prêmio InovePlast de Inovação Aberta
Mais informações e inscrições: www.inoveplast.com.br
* postado por Oswaldo Scaliotti