Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Presidente da CNDL

Presidente da CNDL, Honório Pinheiro, reúne-se com ministro Eliseu Padilha para discutir a modernização trabalhista

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de agosto de 2017

 

Nesta segunda-feira (31), o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Pinheiro Supermercado e coordenador da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS), Honório Pinheiro, se reuniu com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, no Palácio do Planalto. Ao lado do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, do secretário executivo do MDIC, Marcos Jorge de Lima, do deputado federal, Rogério Marinho, e lideranças de outras 11 entidades representativas, discutiram a importância da modernização trabalhista para o crescimento do Brasil.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Ceará recebe 2° encontro de programa para desenvolvimento do varejo no estado

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

13 de Maio de 2017

 

O segundo evento do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV), uma parceria da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com o SEBRAE nacional, no Ceará aconteceu nesta sexta-feira (12), em Fortaleza, na Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE), durante o “Seminário de disseminação e articulação de propostas de Políticas Públicas para o desenvolvimento do varejo“. A pauta desse segundo momento foram as principais demandas de políticas públicas para desenvolvimento do varejo no estado. Dessa vez, as necessidades foram apresentadas e discutidas com políticos locais e lideranças varejistas. Dentre as presenças, a prefeita de Madalena-CE, Maria Sônia Costa, e o vereador de Fortaleza, Guilherme Sampaio (PT-CE).

 

Na oportunidade, foram apresentadas propostas para melhoria do ambiente de negócios no varejo, que vão desde a infraestrutura das cidades até a simplificação tributária. Todas foram elencadas durante a realização do primeiro encontro do PNDV, realizado no mês de fevereiro na Capital cearense, que resultou em um conjunto de instrumentos normativos aplicáveis às demandas apresentadas e discutidas com empresários do setor do comércio.

 

Lançado em outubro do ano passado, o convênio foi desenvolvido com o objetivo de melhor o ambiente de negócios e acelerar o desenvolvimento de vantagens competitivas no setor varejista, por meio da identificação, proposição e disseminação de políticas públicas e do fortalecimento das lideranças do setor. “O evento é uma oportunidade para discutir as principais necessidades dos micro e pequenos empresários do estado com as autoridades responsáveis. Nossa expectativa é de que as demandas sejam atendidas o quanto antes, isso permitirá uma melhora significativa no desenvolvimento do setor”, destaca o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

 

O presidente da FCDL-CE, Freitas Cordeiro, que apoia a concretização do programa no estado, falou da importância do trabalho conjunto que é base do PNDV. “Para que uma reivindicação saia bem fundamentada, bem estruturada, bem alicerçada, nós temos que buscar um apoio acadêmico. E nós temos pessoas competentes e dispostas a contribuir, que só precisavam de um espaço para construir essas soluções. E não tenham dúvida que com o alicerce acadêmico da Faculdade CDL, essas propostas que serão apresentadas têm tudo para prosperar”, acrescenta Freitas Cordeiro, presidente da FCDL-CE.

 

Serão realizadas ações do PNDV em todas as regiões do país, atingindo mais da metade dos estados brasileiros. O projeto prevê quatro tipos de eventos para: elaboração de propostas de políticas públicas para o desenvolvimento do varejo; disseminação de propostas para o desenvolvimento do varejo e articulação junto aos atores políticos locais; propagação de ferramentas tecnológicas inovadoras e articulação do tema junto ao poder público local e qualificação de lideranças empresariais e dirigentes do Sistema CNDL para melhoria do ambiente de negócios do varejo e estruturação das demandas do setor na agenda governamental.

 

Ao final do projeto terão sido investidos R$ 3,5 milhões, valor destinado, principalmente, à organização de eventos com líderes e dirigentes lojistas e à criação de políticas públicas para o setor. A CNDL é responsável por 30% do valor do convênio e os outros 70% ficam a cargo do SEBRAE. A aplicação dos recursos é de responsabilidade da Confederação, de acordo com as necessidades de cada estado que será beneficiado com a parceria das duas instituições.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Honório Pinheiro, presidente da CNDL, participa de Audiência Pública sobre proposta de novo Bureau de Crédito dos bancos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

14 de dezembro de 2016

 

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, participou, nesta quarta-feira (14), na Câmara dos Deputados, em Brasília, de Audiência Pública da Comissão de Defesa do Consumidor sobre o novo Bureau de Crédito que os grandes bancos desejam criar. No entendimento da CNDL, um novo bureau aumentaria a concentração de poder dos bancos e prejudicaria a concorrência.

Reunião sobre o novo Bureau de crédito

No destaque, Honório Pinheiro, presidente da CNDL; Marcelo Nunes, Coordenador do Cade; deputado João Fernando Coutinho, do PSB/PE; e o representante da Febraban, Rubens Sademberg.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Honório Pinheiro apresenta Novo Modelo de Governança do Sistema CNDL na CDL Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

22 de agosto de 2016

DSC_2094

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, apresentou, em almoço, nesta segunda-feira (22), na CDL Fortaleza, a proposta do Novo Modelo de Governança do Sistema CDNL. O momento contou com a presença do presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE), Freitas Cordeiro, e do diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Fortaleza), Severino Ramalho Neto, além de outros membros das entidades varejistas.

Na oportunidade, Honório, acompanhado do presidente da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (ABAD), José do Egito, apresentou também aos presentes a Unecs – União Nacional das Entidades de Comércio e Serviços. Constituída em 2014, a Unecs é formada por sete das maiores instituições brasileiras representativas da área do comércio e serviços: Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

A União representa a voz organizada do setor de comércio e serviços com mais de 15% do PIB brasileiro, concentrando mais de 21% dos empregos formais do País, responsável por 83,7% das vendas de alimentos e bebidas, com faturamento conjunto de R$ 885,9 bilhões e respondendo por 65% das transações de cartões de crédito e débito. Busca, junto ao Poder Público, priorizar temas centrais para agenda de progresso e crescimento.

 

Os presentes elogiaram e viram com bons olhos tanto o Novo Modelo de Governança quanto o trabalho da Unecs.

 

Sobre o Novo Modelo de Governança do Sistema CNDL

 O Novo Modelo de Governança da CNDL proposto pela atual gestão é fruto de parceria com a KPMG, Fundação Dom Cabral e das premissas levantadas com os dirigentes do Sistema CNDL. A KPMG pesquisou entidades no Brasil e diagnosticou que o modelo atual tem altos riscos operacionais e financeiros para o Sistema CNDL, além de grande insegurança jurídica com riscos de perda e isenção tributária.

O presidente da CNDL, Honório Pinheiro, explica que o novo modelo inclui o formato de empresa com fins lucrativos, no caso uma sociedade anônima, de capital fechado, oferece os melhores resultados em termos de potencialização dos negócios e mitigação dos riscos.  O modelo também permite captar financiamento para crescer e formar joint ventures – cooperação econômica ou estrutural entre duas ou mais empresas.

Para o professor da Fundação Dom Cabral, Valdemar Barros, o atual modelo é fusionado, ou seja, mistura associativismo com prestação de serviços. “A nova solução passa a se configurar como diferenciada, cujos componentes representatividade e serviços destravam as limitações e potencializam o associativismo como instrumento de rede e oferta de serviços”, explica.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Presidente da CNDL, Honório Pinheiro, reúne-se com o Presidente dos Correios, Giovanni Queiroz

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

15 de Abril de 2016

 

Honório com presidente dos Correios

A semana foi de articulações para o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro. Depois de participar, no Rio de Janeiro – RJ, de reunião com a diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES para tratar dos programas de Competitividade do Varejo e de Eficiência Energética e o desenvolvimento de uma linha de crédito para empresas do varejo, Honório reuniu-se, na quinta-feira (14), com o Presidente dos Correios, Giovanni Correa Queiroz; o chefe de gabinete do presidente, Jânio Cezar Luiz Pohren e o chefe de departamento de vendas, Denny Shinya Tomaya, em Brasília – DF. Na pauta do encontro: a participação dos Correios na 55ª Convenção Nacional do Comércio Lojista; o desenvolvimento de parceria para a democratização dos serviços de inclusão do pequeno lojista no e-commerce; e a massificação da certificação digital para Pessoa Física. Os assuntos são de grande importância para o varejo brasileiro, pois ampliam o bom relacionamento com a entidade, abrem oportunidade de extensão de outros serviços e também da simplificação, desburocratização e redução de custos para consumidores e empresas.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Presidente da CNDL, Honório Pinheiro, reúne-se com o Presidente dos Correios, Giovanni Queiroz

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

15 de Abril de 2016

 

Honório com presidente dos Correios

A semana foi de articulações para o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro. Depois de participar, no Rio de Janeiro – RJ, de reunião com a diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES para tratar dos programas de Competitividade do Varejo e de Eficiência Energética e o desenvolvimento de uma linha de crédito para empresas do varejo, Honório reuniu-se, na quinta-feira (14), com o Presidente dos Correios, Giovanni Correa Queiroz; o chefe de gabinete do presidente, Jânio Cezar Luiz Pohren e o chefe de departamento de vendas, Denny Shinya Tomaya, em Brasília – DF. Na pauta do encontro: a participação dos Correios na 55ª Convenção Nacional do Comércio Lojista; o desenvolvimento de parceria para a democratização dos serviços de inclusão do pequeno lojista no e-commerce; e a massificação da certificação digital para Pessoa Física. Os assuntos são de grande importância para o varejo brasileiro, pois ampliam o bom relacionamento com a entidade, abrem oportunidade de extensão de outros serviços e também da simplificação, desburocratização e redução de custos para consumidores e empresas.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti