Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

no bairro Aldeota

Abril Verde: Praça do Ferreira recebe nesta quinta-feira (25/4) ato público para promover prevenção de acidentes e doenças do trabalho

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

23 de Abril de 2019

Um ato público, que ocorre nesta quinta-feira (25/4), a partir das 8h, na Praça do Ferreira (Centro de Fortaleza), vai marcar as ações que a Justiça do Trabalho do Ceará promove durante o Abril Verde. O objetivo da campanha é promover conscientização sobre a importância da segurança e da saúde do trabalhador. O ato público envolve diversos órgãos e instituições parceiras e contará com atividades de prestação de serviços jurídicos e de saúde à população, caminhada e distribuição de material informativo. A campanha faz alusão à data 28 de abril, Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

Estatísticas dos acidentes

Segundo o Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, plataforma fruto de parceria entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização  Internacional do Trabalho (OIT), no Brasil ocorre em média um acidente de trabalho a cada 48 segundos, com uma morte a cada 3 horas. De janeiro de 2018 até 29 de março de 2019, foram registrados mais de 802 mil acidentes de trabalho, resultando em pelo menos 2.995 mortes. No Ceará, a média é de um acidente de trabalho por hora.

Já conforme a Previdência Social, de acordo com dados de seu Anuário Estatístico mais recente (2017), foram registrados 549.405 acidentes de trabalho no Brasil naquele ano, sendo 10.950 no Ceará. Do total cearense, foram consideradas acidentes de trabalho típicos 5.677 ocorrências; 2.874 foram acidentes de trajeto; e 179, doenças do trabalho. Completam as estatísticas 2.220 acidentes de trabalho sem registro de CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho).

De 2012 até 2017, o Brasil gastou mais de R$ 80,2 bilhões com benefícios acidentários pagos pela Previdência Social. Segundo o desembargador do TRT/CE Francisco José Gomes, os custos negativos pela falta de prevenção atingem tanto trabalhadores quanto empregadores. “Os acidentes criam um impacto na vida e na família do trabalhador, na sociedade, na Previdência Social, nas empresas e na economia. Além de gerar anualmente milhares de processos com pedidos de indenizações por dano material e moral”, afirma o magistrado, que é um dos gestores regionais do Programa Trabalho Seguro no Ceará.

Dados da OIT mostram que dois milhões de pessoas morrem no mundo, a cada ano, por doenças resultantes das atividades desempenhadas no trabalho, as chamadas doenças ocupacionais, e mais de 320 mil sofrem acidentes de trabalho fatais. O Brasil é o quarto país do ranking mundial de acidentes de trabalho com morte. Em 2017, 2.096 pessoas perderam a vida durante o trabalho, o que resulta em uma morte a cada quatro horas.

 

A sede do TRT/CE, no bairro Aldeota, fica iluminada com a cor verde durante todo o mês de abril

Ações

Em todo o Brasil, órgãos públicos e instituições participantes engajam-se em promover a campanha com peças publicitárias gráficas e virtuais para divulgação em seus canais de Comunicação; produção de pautas jornalísticas relativas ao tema; iluminação com a cor verde de prédios públicos e monumentos, como o Cristo Redentor, a Catedral de Brasília, o Tribunal Superior do Trabalho, a Basílica de Aparecida do Norte e a sede do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará; convocação de audiências públicas; realização de atos públicos; exposições de fotografias em locais de grande circulação; passeios ciclísticos e caminhadas; concurso de redação e fotografia; minuto de silêncio nos jogos de futebol e entrada de jogadores nas partidas com camisetas do Abril Verde e faixas; frases em extratos bancários sobre o tema, entre outras ações.

Por que abril

O mês foi escolhido como forma de homenagear as 78 vítimas de um acidente ocorrido numa mina no estado de Virgínia, nos Estados Unidos, em 28 de abril de 1969. A iniciativa foi endossada pela OIT em 2001 e tornou-se lei no Brasil em 2005.

Instituições parceiras

Na Justiça do Trabalho, o Abril Verde é promovido pela Gestão Nacional do Programa Trabalho Seguro, iniciativa do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). No Ceará, a campanha é realizada pela Gestão Regional do Programa Trabalho Seguro.

No Ceará, diversos órgãos públicos e instituições parceiras adotam a campanha Abril Verde, como o MPT-CE, Federação Cearense de Futebol, Secretaria Estadual de Saúde, Conselho Estadual de Saúde, Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará, Sindicato dos Técnicos em Segurança do Trabalho, Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), entre outros.

Publicidade

Fortaleza recebe primeira edição do “Café sem Chupeta”

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

18 de setembro de 2018

O momento de retirar a chupeta de uma criança, muitas vezes, é traumático para pais e filhos. Choro e inquietação são algumas das coisas vividas pelas famílias. Pensando em não fazer desta situação uma época de tanto sofrimento, especialistas lançam, em Fortaleza, no próximo dia 6 de outubro, a primeira edição do “Café sem Chupeta”.
O evento acontece no Vida Infantil – Espaço de Desenvolvimento, localizado na Rua Afonso Celso, no bairro Aldeota, a partir das 8h30. Participam do encontro a odontopediatra Rafaella Aragão, fonoaudióloga Susy Gomes e a psicóloga Lívia Rolim.
Rafaella Aragão explica que o evento é voltado para mães e pais interessados em remover definitivamente, com estratégias e de forma inteligente, a chupeta da vida dos filhos. As inscrições já estão abertas e devem ser realizadas na Le Petit Clinique. Mais informações sobre como participar podem ser consultadas por meio do (85) 986261515.
“O evento é pioneiro, não é um simples café da manhã. Vai haver um ciclo de palestras e as crianças contarão com atividades lúdicas. Os pequenos que se sentirem preparados para dar adeus à chupeta ganharão um certificado. Também vai haver um coffee break kids”, acrescentou a odontopediatra.
Publicidade

Praça Portugal recebe atividade de lazer gratuita aos domingos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

05 de julho de 2017

 

A Praça Portugal, no bairro Aldeota, estará repleta de atividades culturais, esportivas e recreativas, aos domingos, durante o mês de Julho. A iniciativa visa promover a ocupação saudável dos espaços públicos e combater o sedentarismo, por meio da atividade física.

A programação matinal iniciada no último domingo (02.07) segue por todos os domingos do mês, a partir das 07h da manhã. Os shoppings Aldeota, Del Paseo, Pátio Dom Luís e Jardins Open Mall organizaram uma vasta programação, onde o público poderá participar de recreação, massagem, treinamento funcional, alongamento, espaço para animais de estimação, estação de bicicletas, skate e patins. Além das aulas de ginástica rítmica, zumba e dança de salão.

 

Ainda pela manhã, a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), ofertará serviço de massoterapia realizado por empreendedores com deficiência visual, a fim de apoiar e incentivar a habilidade empreendedora das pessoas com deficiência. Cada sessão custa R$ 10,00 e tem duração de 15 a 20 minutos, entre as modalidades básica e completa. O valor cobrado nas sessões é repassado integralmente aos profissionais.

 

Todas as atividades são gratuitas e apoiadas pela Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional II. “Essas parcerias com as instituições privadas, no desenvolvimento de atividades de lazer gratuitas, favorece imensamente a população. Buscamos o uso saudável dos espaços públicos e convidados às famílias para vivenciarem sua cidade”, explica Ferruccio Feitosa, titular da Secretaria Regional II.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Praça Portugal recebe atividade de lazer gratuita aos domingos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

05 de julho de 2017

 

A Praça Portugal, no bairro Aldeota, estará repleta de atividades culturais, esportivas e recreativas, aos domingos, durante o mês de Julho. A iniciativa visa promover a ocupação saudável dos espaços públicos e combater o sedentarismo, por meio da atividade física.

A programação matinal iniciada no último domingo (02.07) segue por todos os domingos do mês, a partir das 07h da manhã. Os shoppings Aldeota, Del Paseo, Pátio Dom Luís e Jardins Open Mall organizaram uma vasta programação, onde o público poderá participar de recreação, massagem, treinamento funcional, alongamento, espaço para animais de estimação, estação de bicicletas, skate e patins. Além das aulas de ginástica rítmica, zumba e dança de salão.

 

Ainda pela manhã, a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), ofertará serviço de massoterapia realizado por empreendedores com deficiência visual, a fim de apoiar e incentivar a habilidade empreendedora das pessoas com deficiência. Cada sessão custa R$ 10,00 e tem duração de 15 a 20 minutos, entre as modalidades básica e completa. O valor cobrado nas sessões é repassado integralmente aos profissionais.

 

Todas as atividades são gratuitas e apoiadas pela Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional II. “Essas parcerias com as instituições privadas, no desenvolvimento de atividades de lazer gratuitas, favorece imensamente a população. Buscamos o uso saudável dos espaços públicos e convidados às famílias para vivenciarem sua cidade”, explica Ferruccio Feitosa, titular da Secretaria Regional II.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti