Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Grupo Aço Cearense

Projeto EducAço, do Grupo Aço Cearense, forma mais uma turma

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

22 de junho de 2016

 

Formatura EducAço1

Dar oportunidade aos colaboradores do Grupo Aço Cearense de concluir os estudos e viabilizar o crescimento pessoal e profissional de seus colaboradores. Esse é o objetivo do projeto EducAço, do Grupo Aço Cearense, que em sua 3ª edição acaba de formar mais uma turma de ensino médio, com 12 colaboradores. A solenidade de formatura aconteceu no último dia 14, na área de lazer da Aço Cearense Industrial.

Para o orador da turma, Fábio Ribeiro, da área de Estoque e Fracionamento de Produtos, esse foi um grande desafio. “Minha família me incentivou muito, principalmente a minha esposa. Eu tive que começar a trabalhar muito cedo e os estudos ficaram para segundo plano. Eu vi a oportunidade aqui na empresa e resolvi fazer parte do EducaAço. Hoje meus planos são fazer uma faculdade de Logística e me qualificar mais para o mercado de trabalho”, contou.

O Vice-Presidente de Operações e Controladoria do Grupo Aço Cearense, Ian Corrêa, afirmou em seu discurso que fica muito feliz da empresa poder proporcionar momentos como esse. “A educação é algo muito importante, eu digo sempre isso para as minhas filhas: vocês podem conseguir o que vocês quiserem se tiverem foco e forem conscientes de que a educação é um conhecimento que ninguém poderá retirar de vocês. Esse é só o primeiro passo, não parem por aqui”, disse ele.

No encerramento do evento, o Diretor Industrial Milton Lima cumprimentou os formandos e contou sua história de vida e também de conquistas. “Eu quero parabenizar todos vocês pela dedicação, pois sabemos que a educação para adultos tem outro ritmo, ainda mais para quem concilia o estudo com o trabalho e família. Eu já passei por isso e vocês também conseguiram, deram um passo muito importante. Não pensem que acabou, vocês precisam transformar essa conquista em resultado, proporcionando melhor qualidade de vida para vocês e suas famílias”, pontuou o diretor.

 

Sobre o EducaAço

O projeto, que iniciou em 2013 e já formou 113 colaboradores, é resultado de parceria do Grupo Aço Cearense com o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Social do Comércio (SESC). Para participar, basta apenas o colaborador que ainda não concluiu o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio, procurar a área de Qualidade de Vida e Benefícios para fazer parte do projeto.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Dia Mundial da Reciclagem é comemorado nesta terça-feira (17). Logística reversa é prática importante para esse mercado

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

17 de Maio de 2016

Há alguns anos atrás, uma empresa que produzia pneus, tinha a preocupação apenas de colocar o seu produto no mercado, sem responsabilizar-se pelo futuro daquele material. O descarte ficaria por conta do consumidor que adquiriu o pneu, que poderia dar como destino uma borracharia ou ainda, lança-lo no próprio meio natural. Segundo dados da ABRELPE (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais), em 2012, cerca de 40% dos resíduos sólidos urbanos produzidos pela população brasileira deixaram de ser coletados e, por consequência, tiveram destino impróprio. Em outras palavras, quase 24 milhões de toneladas de lixo – o equivalente a 168 estádios do Maracanã lotados – foram descartados de forma incorreta em lixões ou aterros controlados, locais desprovidos do conjunto de sistemas necessários para a proteção do meio ambiente e da saúde pública, gerando inúmeros danos ambientais que comprometem seriamente a qualidade de vida e a conservação do meio natural.

Essa realidade começou a mudar após a instituição da Lei 12.305/10 – a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), em 12 de agosto de 2010, que, dentre outros princípios e instrumentos relativas à gestão e ao gerenciamento de resíduos sólidos, introduziu a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e a logística reversa.

Nos termos da PNRS, a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos é o “conjunto de atribuições individualizadas e encadeadas dos fabricantes, importadores distribuidores e comerciantes, dos consumidores e dos titulares dos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo dos resíduos sólidos, para minimizar o volume de resíduos e rejeitos gerados, bem como para reduzir os impactos causados à saúde humana e à qualidade ambiental decorrentes do ciclo de vida dos produtos, nos termos desta Lei”.

Já a logística reversa é um dos instrumentos para aplicação da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. A PNRS define a logística reversa como um “instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada”.

A logística reversa é a prática mais visível de como a gestão dos resíduos está atrelada ao planejamento e à visão de “cadeia de valor”, envolvendo desde o insumo básico, até o reprocessamento da sucata para a produção de novos produtos. Diminuir a demanda por matérias primas extraídas da natureza e a reintegração dos materiais ao ciclo produtivo industrial é o que torna a logística reversa um fator importante para o mercado de reciclagem.

É o que realiza o Grupo Aço Cearense, grupo cearense produtor e distribuidor de aço, formado por cinco empresas, situadas no Ceará, Pará e Tocantins. Hoje, 70% da matéria prima utilizada na produção do aço na sua siderúrgica em Marabá (PA), a SINOBRAS, é proveniente de sucata, material reciclado, tornando-a a maior recicladora do Norte e Nordeste. Grande parte material utilizado na sua produção é reaproveitado. Uma das últimas aquisições do Grupo para otimizar esse processo de reciclagem, inclusive, foi um moderno equipamento, o Shredder, aumentando o beneficiamento de sucata para 170 mil toneladas/ano.

 

Para tratar do reaproveitamento de matérias primas e de outras formas de potencializar os negócios do setor de reciclagem, o SINDIVERDE-CE (Sindicato das Empresas de Reciclagem de Resíduos Sólidos Domésticos e Industriais do Estado do Ceará) realiza a 6ª edição do Recicla Nordeste, Feira da Indústria da Reciclagem e Transformação, um evento que traz produtos e serviços voltados para indústria e comércio de reciclagem e transformação. A feira é promovida pela Dinâmica Eventos, responsável por todo o planejamento e execução do evento, que será realizado entre os dias 15 e 17 de junho, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, das 14h às 21h.

Sendo a única feira do setor de reciclagem e transformação da região Nordeste, a Recicla Nordeste irá reunir empresários, executivos, compradores, gestores ambientais, profissionais autônomos e representantes do poder público e de ONGs de todas as regiões do Brasil, possibilitando a convergência de interesses para o conhecimento de oportunidades de negócios, de lançamentos de tecnologias e tendências de produtos, proporcionando a concretização de parcerias estratégicas e abrindo novas perspectivas de mercado.

“Apesar de já gerar R$ 22 bilhões em negócios, as cadeias produtivas envolvidas com o lixo podem gerar bem mais. O Brasil perde, anualmente, cerca de R$ 8 bilhões com lixo não reaproveitado. Trata-se de um mercado ainda com muito a ser explorado, das mais diversas formas. Segundo estudos realizados pelo SINDIVERDE-CE, somente no estado do Ceará, R$ 200 milhões poderiam ser gerados com o aumento da reciclagem de resíduos produzidos nas empresas e residências, prova de que, além de uma necessidade urgente de maior cuidado com o meio ambiente, a reciclagem é também um investimento lucrativo e cada vez mais promissor”, justifica o Diretor-presidente da Dinâmica Eventos, Sérgio Resende.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti

 

Publicidade

Hoje (17) é o Dia Mundial da Reciclagem. Siderúrgica do Grupo Aço Cearense é a maior recicladora do Norte e Nordeste

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

17 de Maio de 2016

 

Sucata utilizada como matéria prima_SINOBRAS_mod

Nesta terça-feira (17), comemora-se o Dia Mundial da Reciclagem, prática bastante conhecida e utilizada pelo Grupo Aço Cearense, grupo cearense produtor e distribuidor de aço, formado por cinco empresas, situadas no Ceará, Pará e Tocantins. Hoje, 70% da matéria prima utilizada na produção do aço na sua siderúrgica em Marabá (PA) é proveniente de sucata, material reciclado, tornando-a a maior recicladora do Norte e Nordeste do país. Além disso, grande parte do material utilizado na sua produção é reaproveitado. Uma das últimas aquisições do Grupo para otimizar esse processo de reciclagem, inclusive, foi um moderno equipamento, o Shredder, aumentando o beneficiamento de sucata para 170 mil toneladas/ano.

 * postado por Oswaldo Scaliotti

Publicidade

Grupo Aço Cearense realiza o Concurso Jingle entre os seus colaboradores

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

09 de Maio de 2016

 

GAC_Jingle 2016_Emkt Vencedores.cdr

Visando estimular a criatividade, a integração entre os colaboradores e o desenvolvimento cultural dentro das suas empresas, o Grupo Aço Cearense realizou o Concurso Jingle, por meio do qual, os colaboradores da Aço Cearense Comercial (Matriz e Filial), Aço Cearense Industrial, SINOBRAS e SINOBRAS Florestal criaram e inscreveram composições musicais tendo a empresa como tema. O resultado foram 44 jingles nos mais diversos ritmos e letras criativas, que deram trabalho aos jurados para escolher, tamanha qualidade das criações. O júri, formado por membros da diretoria do Grupo, não teve acesso ao nome, área e unidade dos participantes para que não houvesse favoritismo.

O 1° lugar do concurso e o prêmio de R$ 2.000,00 ficou com a dupla Jeimison Barbosa e Erika Aguiar, da Aço Cearense Comercial Matriz, com a composição “Aço Cearense, Excelência em Aço”. Já o 2° lugar, premiado com R$ 1.000,00, foi ocupado pelo colaborador Francisco de Assis Duarte, da Aço Cearense Comercial Filial, com a música “Produtos Aço Cearense”. E o 3° lugar, o jingle “Aço de Qualidade”, foi uma composição do colaborador Mateus dos Santos Coelho, da SINOBRAS, que garantiu R$ 500 pela colocação. A diretoria decidiu ainda fazer duas menções honrosas a dois participantes que empataram, ficando em 4° lugar na classificação geral. Ambos receberam o valor de R$ 300 cada pela participação.

“Ficamos muito satisfeitos com o resultado da iniciativa, o que nos motiva a realizar mais ações como essa com os colaboradores do Grupo. As empresas foram muito bem representadas no concurso e os participantes imprimiram muita criatividade aos trabalhos inscritos”, disse Neliza Ferraz, Coordenadora de Comunicação do Grupo Aço Cearense.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Neste 1º de maio, empresas que incluem são exemplos a serem seguidos

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

29 de Abril de 2016

 

 

DSC_9406

 

Neste 1° de maio, Dia do Trabalhador, uma das grandes conquistas a serem comemoradas é a compreensão por parte de muitas empresas da importância da inclusão de PCD’s (pessoas com deficiência) em seus quadros de funcionários. Muitos empresários estão percebendo que estimular a diversidade dentro de seus times só traz ganhos: favorece o compartilhamento de experiências, traz diferentes visões sobre um mesmo assunto e faz com que os colaboradores cresçam como pessoas e profissionais.

É o caso do Grupo Aço Cearense, que mais do que uma obrigatoriedade imposta à empresa por conta da Lei de Cotas (8213/1991), enxerga a inclusão de PCD’s em seu quadro de colaboradores como parte da sua responsabilidade social, empregando atualmente 114 colaboradores PCD’s, atuando em diversas funções – auxiliar operacional, auxiliar administrativo, assistentes, entre outras – e contribuindo efetivamente para o crescimento da empresa. Hoje, a quantidade de colaboradores com esse perfil em suas empresas vai além da porcentagem estabelecida juridicamente. Por conta disso, em 2015, o Grupo foi agraciado com a certificação “Empresa Completa – Empresa que inclui”. O prêmio é concedido anualmente pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social e do SINE-CE / IDT da Região Metropolitana, que reconhece publicamente as instituições que mais incluem pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Outra empresa que preza pela inclusão é o Pinheiro Supermercado, com mais de 60 colaboradores com algum tipo de deficiência em seu quadro de colaboradores. Não se admire se algum dia chegar a uma das unidades da rede e uma moça simpática com Síndrome de Down embalar as suas compras e desejar um “bom dia”. É Samea Maria da Silva Leite, que já está na empresa há 4 anos, exercendo a função de empacotadora. Na parte administrativa, o Pinheiro Supermercado também emprega o Samir Negrão de Sousa, que possui uma deficiência física e mesmo com a baixa estatura e pequenas dificuldades motoras desempenha muito bem a função de coordenador de custo, sendo colaborador da rede há 12 anos.

O Pinheiro Supermercado também recebeu por duas vezes o certificado “Empresa completa – Empresa que inclui” (2013 e 2015), do Governo do Estado. Além de treinamentos técnicos e comportamentais específicos de acordo com a função que o PCD atua, o Pinheiro Supermercado também conta com um projeto de desenvolvimento para essas pessoas, onde são trabalhados temas como marketing pessoal, postura profissional e excelência no atendimento. “Além de todos os ganhos em termos de integração e compartilhamento de experiências entre os colaboradores, os PCD’s, por vezes, acabam se tornando fonte de inspiração e motivação para toda a equipe”, explica a diretora de Desenvolvimento Humano (DH) do Pinheiro Supermercado.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Gestores do Grupo Aço Cearense participam de workshop de comunicação nesta sexta-feira (4)

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

03 de Março de 2016

Workshop de Comunicação_Grupo Aço Cearense

Comunicar é uma necessidade essencial a todo líder. Saber passar uma mensagem, seja à sua equipe ou à comunidade em geral é uma característica cada vez mais indispensável a essas pessoas que carregam a responsabilidade de gerir da melhor forma os negócios da empresa. Sabendo da importância da comunicação efetiva, os gestores do Grupo Aço Cearense participam, na tarde desta sexta-feira (4), de um Workshop de Comunicação na Aço Cearense Comercial.

Na oportunidade, eles ouvirão profissionais especialistas da área: Ana Celina Bueno, Sócia e Diretora de Planejamento e Pesquisa da Acesso Comunicação, da Develop Live (eventos promocionais) e da Código Digital (comunicação digital), que falará da “Comunicação em tempos de crise”; Mauro Costa, Sócio-fundador e Diretor de Comunicação Institucional da AD2M Engenharia de Comunicação e da agência Loa Publicidade, abordando a “Assessoria de Imprensa”; Rachel Pessoa, Gerente de Comunicação da Companhia Siderúrgica do Pecém, levantando o perfil do “Líder Comunicador”; e Neliza Ferraz, Coordenadora de Comunicação do Grupo Aço Cearense, fechando o momento de atualizações com o tema “Comunicação: a solução é o maior problema.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Aline Ferreira, Sócia Executiva do Grupo Aço Cearense, compartilha a sua trajetória nesta quarta (2) para alunos de MBA Internacional

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

29 de Fevereiro de 2016

 

Aline Ferreira_Aço Cearense

Aline Ferreira, que segue os caminhos do pai, Vilmar Ferreira, no Grupo Aço Cearense, e atualmente é Sócia Executiva da empresa, é a convidada especial do Business Executive Events (BEE), promovido pelo MBA Internacional da Devry Brasil, nesta quarta-feira (2). Aline, que também é a primeira mulher Embaixadora da Endeavor, instituto que apoia negócios empreendedores, irá compartilhar a sua inspiradora e crescente trajetória como executiva buscando contribuir com a visão de mundo e de mercado dos alunos de MBA Internacional da instituição e profissionais da área. Haverá também inscrições para os interessados em conferir a palestra.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Grupo Aço Cearense lança vídeo natalino especial para celebrar a data

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

18 de dezembro de 2015

Vídeo natalino do Grupo Aço Cearense

Neste ano, o Grupo Aço Cearense apostou mais uma vez em um cartão natalino interativo para celebrar a data. A empresa acredita que o Natal deve acontecer durante todo o ano, por meio das pequenas atitudes do dia a dia que espalham amor, solidariedade e compaixão e são capazes de mudar o mundo. O vídeo, que foi idealizado pela área de comunicação do Grupo e produzido pela Acesso Comunicação e 14 Bis, foi compartilhado com os colaboradores via intranet, na página da Aço Cearense no facebook e nos sites do Grupo (www.grupoacocearense.com.br ewww.sinobras.com.br) . O material também pode ser conferido no YouTube, em português e inglês, por meio do link:https://www.youtube.com/watch?v=uZ7mSBgVNfU.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Instituto Aço Cearense comemora os 10 anos da Escola de Campeões contribuindo cada vez mais com a associação

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

15 de dezembro de 2015

20151210_214207

O Instituto Aço Cearense, responsável pelas ações de cunho social do Grupo Aço Cearense, comemorou na quinta-feira (10), junto com a Escola de Campeões, os 10 anos da associação, que atende crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, em Caucaia (CE). A parceria entre as duas instituições iniciou ainda em 2007, quando a Aço Cearense se dispôs a realizar um investimento social junto à Escola. A partir de então, a relação só tem crescido e hoje, o Instituto Aço Cearense mantém o recurso humano da instituição, com estrutura física no próprio local e realização de atividades pedagógicas, voltadas para um público de 8 a 20 anos e suas famílias.

Além de eventos de lazer, entretenimento, passeios, reunião com as famílias e o Papo de Campeões, atendendo diretamente 150 crianças e adolescentes e 520 de forma indireta, o Instituto Aço Cearense realiza reformas na própria estrutura física da associação, como a que resultou na construção e coberta da quadra de esporte, construção da sala de arte, teatro e dança, reconstrução e ampliação da piscina de natação e hidroginástica. Nos últimos três anos de apoio à Escola de Campeões, o Instituto Aço Cearense investiu cerca de R$ 1 milhão na transformação de vidas, uma vez que por meio das ações realizadas na Escola, crianças e adolescentes têm a oportunidade de traçar novos caminhos direcionados a grandes vitórias pessoais e profissionais.

Em tempo: o Grupo Aço Cearense, por meio do Instituto Aço Cearense, já investiu cerca de R$ 5,5 milhões em ações sociais, beneficiando mais de 160 instituições e somando um total de 52 mil pessoas favorecidas, nos últimos 5 anos. O Instituto colabora atualmente com 10 instituições, de forma permanente, que recebem doações mensais e são acompanhadas em suas ações cotidianas.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Grupo Aço Cearense é um dos incentivadores do Festival Concreto – Festival Internacional de Arte Urbana

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

24 de novembro de 2015

DSC01316

O Grupo Aço Cearense é um dos incentivadores do Festival Concreto – Festival Internacional de Arte Urbana, que está sendo realizado pela segunda vez em Fortaleza e visa levar mais cores às ruas e elevar a discussão acerca da arte urbana no mundo. A empresa mostrou que apoia a street art e cedeu alguns de seus muros (na Avenida Duque de Caxias e na rua Padre Ibiapina) para pintura dos artistas. O resultado ficou lindo de se ver.

Desde o último dia 6 até 28 de novembro, 25 artistas de 12 países, 30 artistas nacionais, 100 artistas locais e 5 bandas estão reunidos em Fortaleza para o Festival, celebrando a arte de rua com intervenções, seminários, oficinas, worshops e palestras e dando novo cenário às ruas e à consciência das pessoas em relação a esse tipo de arte.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Grupo Aço Cearense é um dos incentivadores do Festival Concreto – Festival Internacional de Arte Urbana

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

24 de novembro de 2015

DSC01316

O Grupo Aço Cearense é um dos incentivadores do Festival Concreto – Festival Internacional de Arte Urbana, que está sendo realizado pela segunda vez em Fortaleza e visa levar mais cores às ruas e elevar a discussão acerca da arte urbana no mundo. A empresa mostrou que apoia a street art e cedeu alguns de seus muros (na Avenida Duque de Caxias e na rua Padre Ibiapina) para pintura dos artistas. O resultado ficou lindo de se ver.

Desde o último dia 6 até 28 de novembro, 25 artistas de 12 países, 30 artistas nacionais, 100 artistas locais e 5 bandas estão reunidos em Fortaleza para o Festival, celebrando a arte de rua com intervenções, seminários, oficinas, worshops e palestras e dando novo cenário às ruas e à consciência das pessoas em relação a esse tipo de arte.

  • postado por Oswaldo Scaliotti