Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Abrasel

Abrasel apresenta os vencedores do Festival Brasil Sabor 2019

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

05 de junho de 2019

Evento acontecerá na próxima quinta-feira (06), no Mercado dos Pinhões
A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel no Ceará) realiza, na próxima quinta-feira (06), a festa de encerramento e premiação do Festival Brasil Sabor. O evento acontecerá a partir das 19h, no Mercado dos Pinhões. Na ocasião, serão anunciados os três ganhadores do concurso gastronômico eleitos por voto popular.
Com o tema “Original do Brasil”, a 14ª edição do festival aconteceu entre os dias 16 e maio e 02 de junho, celebrando a diversidade da gastronomia brasileira. A proposta era simples: cada restaurante participante criou uma receita tipicamente regional e comercializou o prato por um valor promocional durante o evento.
No Ceará, os ingredientes escolhidos foram o queijo coalho, o camarão e o corte de carne entrecôte, que fizeram parte do cardápio de 64 estabelecimentos inscritos. O circuito aconteceu simultaneamente em Fortaleza, Aquiraz, Aracati, Icapuí, Juazeiro do Norte e no Crato. Em 2019, foram registrados mais de 500 participantes espalhados em 42 cidades de 19 estados do país.
Os ganhadores foram eleitos a partir de voto popular, no app Guia Abrasel. A avaliação contou com critérios como: apresentação do prato, sabor, uso de ingredientes regionais e originalidade. Ao todo, serão mais de R$ 4 mil reais em prêmios divididos para os três primeiros colocados.
Rodolphe Trindade, presidente da Abrasel no Ceará, celebra o festival como uma forma de divulgação da culinária regional. “O Brasil Sabor é uma grande oportunidade para que os restaurantes desenvolvam receitas que valorizem a gastronomia brasileira e ainda testem a aceitação desses pratos junto ao público durante o período do evento”, avalia.
Em Fortaleza, o Festival Brasil Sabor contou com o patrocínio da Fribal, Stella Artois e da Cegás, além do apoio da Secretaria Municipal de Turismo, Secretaria Municipal da Cultura e da Associação dos Chefs de Cozinha do Ceará (ACC).
Serviço:
Premiação do Festival Brasil Sabor
Data: 06 de junho
Horário: 19h
Local:Mercado dos Pinhões (Praça Visconde de Pelotas, s/n – Centro)
Entrada gratuita
Publicidade

“Escondidinho do Dandan”, do Mel Amigo, é eleito o melhor petisco do Ceará

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de dezembro de 2018

Resultado do 12º Festival Bar em Bar apontou ainda a “Asinha Invertida”, do Bar Teresa & Jorge, e o “Franguinho do Floresta”, do Floresta Bar, respectivamente como 2º e 3º melhores

Após 17 dias de evento, ocorridos entre os dias 8 e 25 de novembro, o Festival Bar em Bar conheceu nesta terça-feira (11) o melhor petisco do Ceará (excetuando a região do Cariri, que ainda definirá seu vencedor). O “Escondidinho do Dandan”, que consiste em um delicioso purê de abóbora com carne do sol e melaço de cana gratinado, do Mel Amigo Cervejas e Petiscos, foi o grande campeão da disputa entre 39 bares de Fortaleza, Aquiraz e Aracati (Canoa Quebrada).

O anúncio foi feito durante a festa de confraternização de fim de ano da Abrasel no Ceará, realizada no Pirata Bar. A celebração reuniu empresários do ramo de alimentação fora do lar e jornalistas convidados, entre outras personalidades. Na oportunidade, foram premiados também os petiscos “Asinha Invertida” (2º lugar) e “Franguinho do Floresta” (3º lugar), do Bar Teresa & Jorge e Floresta Bar, respectivamente. De acordo com o presidente da entidade, Rodolphe Trindade, “nós conseguimos aprimorar os nossos festivais em 2018. Em todos eles ficamos entre os três estados com o maior número de estabelecimentos participantes e, no caso do ‘Brasil Sabor’ (realizado no 1º semestre), ficamos com a primeira colocação em termos de participação. O Ceará está de vento em popa!”.

Além do Bar em Bar e do Brasil Sabor, a Abrasel no Ceará promoveu em 2018, a 2ª edição do concurso O Quilo é Nosso, que teve os vencedores anunciados no início de novembro, mas cuja premiação também foi realizada na última terça. Nesse evento, o grande campeão estadual e finalista nacional foi o Restaurante Renascença.

Incremento na clientela

Bares de todo o Ceará participaram da 12ª Edição do Festival Bar em Bar, trazendo receitas exclusivas de porções e petiscos. No total, 35 estabelecimentos de Fortaleza, 10 do Crato, 7 de Juazeiro do Norte, 3 de Aracati e 1 de Aquiraz integraram o evento. Além disso, 18 petiscos inscritos pela Associação dos Chefs de Cozinha do Ceará (ACC), entidade parceira do evento, também estiveram na disputa.

“O Festival Bar em Bar foi uma experiência fantástica para o Mel Amigo, onde apresentamos um petisco valorizando insumos regionais como jerimum, manteiga de garrafa e melaço de cana. Nosso intuito foi mostrar que podemos ter comida boa de qualidade e sem ‘frescura’. O Mel Amigo surgiu como Food Truck, e hoje estamos com o nosso bar”, relata Telmo Campos, proprietário do estabelecimento vencedor da disputa local.

Segundo o diretor-executivo da Abrasel no Ceará, Taiene Righetto, a escolha dos vencedores se deu completamente por decisão popular. “Foram cerca de 4.200 votantes. Além do envolvimento com a eleição dos melhores petiscos no Ceará, estimamos um incremento de 50 mil clientes, tanto nos bares, no período do festival, quanto nos dias de passeios de trenzinho (que em Fortaleza ocorreu nos dias 3 e 17 de novembro)”, explicou.

No próximo dia 18, é a vez de a Abrasel Cariri divulgar seus petiscos e bares vencedores. Por lá, também houve passeio de trenzinho (nos dias 16,17, 23 e 24), com direito à venda de abadás para quem quisesse visitar os estabelecimentos participantes.

Resultado final (Festival Bar em Bar)

Campeão: Escondidinho do Dandan (Mel Amigo Cervejas e Petiscos)
Vice-campeão: Asinha Invertida (Bar Teresa & Jorge)
3º lugar: Franguinho do Floresta (Floresta Bar)

Publicidade

Parceria ACEPRAG e SINDIREST no Ceará

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

18 de Janeiro de 2018

A diretoria da Associação das Empresas de Controle de Pragas do Ceará (ACEPRAG) esteve no dia 17/01/18 na sede do Sindicato dos Bares e Restaurantes do estado do Ceará com seu Presidente Moraes Neto. Na ocasião, os setores puderam conversar sobre futuras ações-conjuntas já discutidas e definidas para este ano.

Os setores unidos tem muito a contribuir na orientação e ações para as Boas Práticas Operacionais e Manutenção do ambiente sadio e sem a presença de Vetores e Pragas.

A ACEPRAG propôs diversas formas de parcerias como participações em workshops, ações educacionais, informações técnicas para o setor de alimentação no estado do Ceará.

Os empresários e profissionais ressaltaram a importância e o Valor da contratação de uma empresa Especializada e Associada a ACEPRAG, que cumpre as Leis e Normas da atividade, que estão sempre na busca de atualização Técnica constante, e do acompanhamento Minimamente Mensal.

Publicidade

Abrasel realiza concurso para eleger melhor restaurante a quilo do Brasil

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de setembro de 2017

No Ceará, 15 restaurantes da categoria participam do evento, criando receitas exclusivas. Concurso segue até o dia 25 de setembro.
Um verdadeiro fast-food com aquele jeitinho brasileiro. Assim são os restaurantes a quilo, mais conhecidos como self-service. A modalidade, apesar de usar um nome em inglês, é genuinamente brasileira. Começou na década de 80 em Minas Gerais. O sucesso tratou de fazer com que este tipo de serviço se espalhasse rapidamente pelo país.
Agora, um concurso realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes vai escolher os melhores (e mais gostosos!) restaurantes a quilo no Brasil. A disputa vai ser acirrada, portanto, as escolhas devem começar por regionais. No Ceará, quem comanda é a Abrasel-CE, com Rodolphe Trindade, na presidência da entidade.
“Essa é a primeira edição do concurso que quer fortalecer ainda mais aqueles restaurantes que prestam um serviço tão procurado pelos brasileiros, principalmente naquele horário de almoço, que querem comer bem, mas devido ao pouco tempo, precisam de agilidade no atendimento”, diz Rodolphe
Para a primeira edição do concurso, que vai até o dia 25 de setembro, 16 estados estão na disputa. Ao todo são mais de 200 restaurantes e no Ceará, 15 estão concorrendo ao título de melhor restaurante a quilo do país.
Para participar os restaurantes irão desenvolver receitas exclusivas e promoções para o público. Na primeira fase do concurso, quem define é o próprio frequentador do restaurante. Serão avaliados itens como limpeza do estabelecimento, qualidade geral do buffet, atendimento, ambiente e receita. Já as fases seguintes, estaduais e nacional, terão a avaliação das receitas feitas por um júri técnico, indicado pela revista de gastronomia Prazeres da Mesa.
Os vencedores, municipais, estaduais e nacional serão tema de reportagem na revista Prazeres da Mesa e Bares & Restaurantes e receberão placas de vencedor para serem instaladas em seus estabelecimentos, além de outros prêmios. Ao consumidor final, há o benefício oferecido do prato especial durante todo o tempo vigente do concurso, além de promoções desenvolvidas pelos estabelecimentos participantes.
Para votar
O voto do júri popular é feito pela internet, por meio do site www.oquiloenosso.com. Lá, após um cadastro que irá garantir a segurança da votação, o frequentador do restaurante poderá escolher o estado e o restaurante que deseja votar.
Serviço:
O Quilo é Nosso
de 11 a 25 de setembro
votação pelo site www.oquiloenosso.com
Restaurantes participantes:
Bom Bocado – Torta de Bacalhau
Caravelle – Carne de sol com macaxeira
La Bombonera – Filé de Frango à milanesa
Da Matta restô – Vatapá de Legumes
Divina Comida (Desembargador Leite Albuquerque) – Carne de sol gratinada na moranga com purê de abóbora
Divina Comida (Torres Câmara) – Moqueca de caju
Garfo – Salpicão Delícia Vegano com Molho de Maionese de Castanha
Le Chef Supreme – Filé de Peixe ao Molho de Vinho com Queijo
Mãe Chica – Torta de Macaxeira com Carne de Sol
Malu Self Service – Risotto Cariri
Monarca – Carne de Sol com Nata
Sabor Caseiro (Centro) – Bacalhau a Braga
Sabor Caseiro (Leonardo Mota) – Carne de sol com Nata
Taty Gourmet – Rocambole de Camarão
Voi lá Slef Service – Filé Migon na Manteiga com Açafrão
* postado ´por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Abrasel reúne líderes e empresários para discutir o setor

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

15 de agosto de 2017


Considerado o maior evento de inteligência e relacionamento para bares e restaurantes, 29º Congresso Nacional Abrasel acontece de 15 a 17 de agosto em Brasília

Empresários de bares e restaurantes se reúnem, em Brasília, para dois dias de imersão no conteúdo mais completo e especializado sobre o setor de alimentação fora do lar: o 29º Congresso Nacional Abrasel e o Mesa ao Vivo Brasília trazem, nos dias 16 e 17 de agosto, grandes empresários e chefs para dividir conhecimento com os participantes do evento. Com foco em relacionamento e geração de inteligência, o Congresso é considerado o maior encontro do setor realizado no Brasil. Este ano o tema é “Conectar – Saberes, Pessoas, Iniciativas”, que vai ao encontro do que propõe a Abrasel, uma das realizadoras do evento: conectar ações, conhecimento e atores em prol do desenvolvimento do Brasil, em especial do setor.

De acordo com Paulo Solmucci, presidente-executivo da Abrasel, o tema simboliza a necessidade de aglutinar inteligências para discutir os desafios, apresentar melhorias e impulsionar o atual ambiente empreendedor no país. “A entidade mostra o poder das conexões e coloca em pauta assuntos de interesse não só do setor, mas da sociedade como um todo. O objetivo é fazer com que o Brasil reencontre, a partir da prevalência da economia, o seu caminho. É um assunto que não poderia ser mais atual”, diz.

Presenças confirmadas

O Congresso Nacional Abrasel é o maior evento de conhecimento e inteligência do setor da alimentação fora do lar no país, e conta tradicionalmente com a participação das principais lideranças políticas, empresariais e da gastronomia. A solenidade de abertura, na noite de 15 de agosto, acontece no Hotel Royal Tulip Brasília, ao lado do Palácio da Alvorada, e é exclusiva para convidados e tem a presença de líderes políticos nacionais.

Para a programação técnica deste ano, que acontece nos dias 16 e 17 no Centro Universitário IESB – Asa Sul, importantes nomes já foram confirmados. Entre eles estão Robinson Shiba, sócio fundador do Grupo Trendfoods (detentor das marcas China In Box e Gendai); Marcos Livi, chef e proprietário dos restaurantes Quintana e Veríssimo; Checho Gonzales, chef e proprietário do Comedoria Gonzales; Renzo Garibaldi, chef e proprietário do Osso;  Facundo Guerra, sócio fundador do Grupo Vegas; Janete Vaz, sócia-proprietária e diretora-executiva do Grupo Sabin; Alexandre Guerra, conselheiro de Administração do Giraffas, Afrânio Barreira, fundador do Coco Bambu; Alberto Weisser, diretor de Estabelecimentos e Consumidores da Sodexo; Percival Maricato, advogado e presidente da Abrasel em São Paulo;  Josimar Melo, jornalista e crítico da Folha de São Paulo e da revista Restaurant; Carlos Azevedo, CEO da Marktup e Gil Guimarães, chef e sócio-proprietário da Baco Pizzaria.

Parcerias estratégicas

Junto da programação técnica, os participantes poderão desfrutar do Lounge Abrasel, espaço de relacionamento com a presença dos principais parceiros da associação. E, em paralelo, são realizados o Mesa ao Vivo Brasília e a Vinum Brasilis. Promovido pela revista Prazeres da Mesa, o Mesa ao Vivo é uma espécie de “reality show” da gastronomia, que propõe a experiência de produção em tempo real de uma edição da revista, com sessões de degustação, aulas-show e cozinhas montadas para a performance de chefs renomados. Já a Vinum Brasílis é o maior encontro exclusivo de vinhos brasileiros realizado fora do Rio Grande do Sul. O projeto é singular por unir degustações e negócios. Para esta edição, 22 vinícolas já estão confirmadas.

O 29º Congresso Nacional Abrasel é realizado pela Abrasel em parceria com a Prazeres da Mesa e o IESB, conta com o patrocínio da Ambev, Ecolab, Getnet, Philip Morris, Sebrae, Sodexo, e Souza Cruz; apoio da Fispal Food Service, parceria com a Vinum Brasilis e tem como parceiros de mídia o Correio Brasiliense, e as revistas Prazeres da Mesa e Bares & Restaurantes.


Serviço:

29º Congresso Nacional Abrasel

Conectar – Saberes, Pessoas, Iniciativas

Data: 15 a 17 de agosto em 2017

Local: Brasília/DF

Mais informações em: www.congressoabrasel.com.br

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Monsenhor Tabosa leva festa junina e forró pé serra para o Aeroporto

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

16 de junho de 2017

A ação, em parceria com a Setfor, Infraero e Abrasel acontecerá durante o mês de junho e tem como objetivo dar boas vindas aos turistas

 

Festa, apresentação de quadrilhas e muito forró pé de serra. Esta será a programação para recepcionar os turistas que estiverem desembarcando nesta quinta-feira (15/09), a partir das 13 horas, no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

 

A ação é uma parceira da Almont (Associação dos Lojistas da Monsenhor Tabosa), Prefeitura de Fortaleza, Infraero e Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes).

 

As apresentações devem acontecer durante o mês de junho, as segundas, quintas e sextas-feiras. Além do festejo junino, com a Quadrilha Zé Testinha, acompanhada por trios de forró pé de serra, os lojistas da Monsenhor Tabosa também estarão divulgando a avenida com material informativo e folders.

 

“Como corredor turístico estaremos recepcionando os turistas e divulgando a avenida, mostrando as variedades de produtos que eles podem encontrar na Monsenhor Tabosa. Também já estamos, em parceria com a Setfor preparando outras ações para julho”, destacou Márcia Sérgia, presidente da Almont.

 

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Agenda varejista

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

07 de junho de 2017

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Pinheiro Supermercado, Honório Pinheiro, está com a agenda movimentada essa semana. O líder do varejo esteve na capital paulista nesta segunda (05), para participar do 29º Encontro Nacional Abrasel São Paulo. Já nesta terça (06) ele embarca para Manaus (AM), onde cumpre compromissos do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV). Encerrando a semana, na quinta-feira (08), Honório Pinheiro desembarca em Natal (RN) para a 18ª Convenção do Comércio e Serviços do Rio Grande do Norte, onde participará do painel “Novos Tempos, novas atitudes”, que vai abordar o cenário político e econômico brasileiro.

Publicidade

Comunicado à sociedade e imprensa sobre a abertura do mercado brasileiro à importação de camarões

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

10 de Maio de 2017


Esclarecimento à sociedade sobre a abertura do mercado nacional à importação de camarões provenientes do Equador

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) vem, por meio desta carta, prestar esclarecimentos à sociedade brasileira sobre a acertada conclusão da Análise de Risco de Importação, realizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, sobre a “liberação de importação de camarões sem cabeça, descascados e congelados originários da aquicultura proveniente do Equador para consumo humano”.

Em primeiro lugar, é importante pontuar que a produção nacional de camarões para abastecimento do mercado interno não só está estagnada há mais de uma década como vem sendo comprometida recentemente pela propagação do vírus da mancha branca. Apesar de não causar qualquer dano aos consumidores, esse vírus tem alto impacto na capacidade produtiva deste mercado, já que a taxa de mortalidade é de, pelo menos, 40% dos camarões cultivados. As consequências são a redução da capacidade de entrega frente à demanda de bares, restaurantes, hotéis e supermercados, uma vez que a vazão do mercado interno é de 3 (três) a 4 (quatro) vezes maior do que a produção nacional, além de um aumento exponencial de custos, que não consegue ser absorvido pelo mercado da alimentação, em especial pelos bares e restaurantes.

Como consequência disto, hoje, o consumidor brasileiro paga cerca de 50% a mais pelo camarão comprado em supermercados e 20% a mais nos bares e restaurantes, situação que tem se agravado diariamente. O impacto no consumo já é sentido pelos estabelecimentos do setor de alimentação fora do lar, com queda de faturamento e risco de encerramento das atividades, o que, além de colocar em risco milhares de empresas, ameaça também milhares de empregos neste setor.

Num cenário em que a produção interna não consegue suprir a demanda, o mercado de alimentação nacional buscou alternativas de importação de camarões para consumo humano, encontrando no Equador um mercado com capacidade de fazê-lo. A solução encontrada é fazer a importação franqueada, em caráter exclusivo, aos camarões descascados, eviscerados e sem cabeça, impedindo qualquer possibilidade de contaminação dos viveiros e mananciais brasileiros. Dessa forma, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realizou uma análise de risco da importação deste produto nestas condições e emitiu parecer favorável.

O Ministério, atento à importante causa social relacionada ao problema de desabastecimento do camarão no mercado nacional, fez a opção pela liberação apenas do filé do camarão. Isso significa que não haverá o trânsito de resíduos sólidos, não demandando qualquer atividade de reprocessamento no Brasil, impedindo, portanto, qualquer sorte de risco sanitário.

O processo de importação começará, de fato, após amplo processo de credenciamento de empresas equatorianas, imediatamente sucedido pela rotulagem do produto, procedimento de certificação técnica que elimina qualquer possibilidade de risco ambiental ao País. Nesse cenário, deve-se ressaltar que o camarão proveniente do Equador possui credibilidade fitossanitária a salvo de qualquer contestação, mesmo porque é exportado para diversas potencias mundiais, como Estados Unidos e que possuem sistemas de proteção sanitária reconhecidamente rígidos e complexos.

Dessa forma, a Abrasel busca esclarecer dúvidas que surgiram sobre o processo de importação de camarão do Equador e apoia o relatório de análise de risco de importação emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Por Paulo Solmucci, presidente da Abrasel

Publicidade

Inscrições abertas para o Festival Brasil Sabor

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

09 de Maio de 2017

Estão abertas até quarta-feira (10) as inscrições para a 12ª edição do Festival Brasil Sabor. Organizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o evento busca resgatar e valorizar ingredientes e técnicas gastronômicas de diversas regiões do país, além de reunir os melhores restaurantes do Brasil. O tema deste ano é “Original do Brasil”. No Ceará, o evento acontece entre os dias 18 de maio e 4 de junho; e o lançamento oficial será no dia 20 de maio, no Estoril. O ingrediente principal é o Carneiro. Os interessados podem fazer a inscrição através do link: https://goo.gl/forms/1a8spbWmh7cYINfj1
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Instituições orientam empresários a abrir, e manter abertos, bares e restaurantes de Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

25 de Abril de 2017

Segundo o IBGE, seis a cada dez empresas fecham após cinco anos em funcionamento

O apelo turístico e a crescente demanda no setor alimentício são fatores que têm influenciado a abertura de novos bares e restaurantes em Fortaleza. Segundo o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), divulgado pela Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC), os comerciantes estão mais confiantes neste período, com acréscimo de 18,6% em relação a fevereiro de 2016.

Mas, é necessário atentar para alguns cuidados na hora de montar um empreendimento, para não entrar na estatística de empresas fechadas após cinco anos em funcionamento – a cada dez empresas, seis não sobrevivem, segundo pesquisa do IBGE de 2016.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Ceará (Abrasel-CE) orienta empresários do setor e pessoas interessadas em montar um empreendimento a seguir um caminho mais seguro para manter o serviço em plena atividade. “A Abrasel reúne os maiores empresários da cidade e dispões gratuitamente de apoio empresarial, que vão desde despachante, a orientações com contador, advogado, workshops e treinamentos oferecidos junto ao poder público”, afirma Rodolphe Trindade, presidente da Abrasel.

Além disso, acrescenta o presidente, a instituição tem forte parceria com o SEBRAE, que subsidia 70% nos custos de cursos de capacitação. Outro benefício que o novo empresário pode obter é uma banco de informações com: fornecedores, clientes potenciais, funcionários, entre outros.

Interessados em montar uma nova empresa também podem contar com a assessoria do Sebrae, que especifica os primeiros passos para a criação de um negócio. Alice Mesquista, Articuladora da Unidade de Atendimento do Sebrae CE, explica que o ciclo da criação de negócios é composto inicialmente por uma boa ideia, porém só ter uma boa ideia não é suficiente. “No ramo da alimentação, por exemplo, o mercado varia desde o foodbike a restaurantes finos. O desejo e necessidade para cada um desse público é diferente, o que o consumidor espera encontrar em termos de produto e serviço é totalmente diferente para cada um desses modelos de negócio”, destaca.

“Outro ponto extremamente necessário de atenção para a área de alimentação diz respeito à mão-de-obra. É necessário escolher uma boa equipe, seja para a área de preparação dos pratos ou para o atendimento, esse pode ser um dos diferencias da sua empresa”, diz Alice.

Ainda segundo a articuladora, é sempre bom lembrar: “tenha um bom projeto, ele pode ajudar a evitar gastos desnecessários. O mercado está muito competitivo, procure identificar qual é o seu diferencial, por que o cliente irá procurar a sua empresa e não a do concorrente? É o atendimento? É a forma como você entrega o produto? É o ambiente (incluindo ambiente físico, acesso, etc)? Seja inovador, seja competitivo”, reforça.

De acordo com o balanço divulgado pela Junta Comercial do Estado do Ceará (JUCEC), em 2016 o número de aberturas de empresas é maior que o dobro do número de empreendimentos fechados no mesmo ano, crescendo 1,89%. Com a modernização do processo de abertura e legalização de empreendimentos, a tendência é que o número de novos negócios evolua durante este ano de 2017.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Instituições orientam empresários a abrir, e manter abertos, bares e restaurantes de Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

25 de Abril de 2017

Segundo o IBGE, seis a cada dez empresas fecham após cinco anos em funcionamento

O apelo turístico e a crescente demanda no setor alimentício são fatores que têm influenciado a abertura de novos bares e restaurantes em Fortaleza. Segundo o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), divulgado pela Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC), os comerciantes estão mais confiantes neste período, com acréscimo de 18,6% em relação a fevereiro de 2016.

Mas, é necessário atentar para alguns cuidados na hora de montar um empreendimento, para não entrar na estatística de empresas fechadas após cinco anos em funcionamento – a cada dez empresas, seis não sobrevivem, segundo pesquisa do IBGE de 2016.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Ceará (Abrasel-CE) orienta empresários do setor e pessoas interessadas em montar um empreendimento a seguir um caminho mais seguro para manter o serviço em plena atividade. “A Abrasel reúne os maiores empresários da cidade e dispões gratuitamente de apoio empresarial, que vão desde despachante, a orientações com contador, advogado, workshops e treinamentos oferecidos junto ao poder público”, afirma Rodolphe Trindade, presidente da Abrasel.

Além disso, acrescenta o presidente, a instituição tem forte parceria com o SEBRAE, que subsidia 70% nos custos de cursos de capacitação. Outro benefício que o novo empresário pode obter é uma banco de informações com: fornecedores, clientes potenciais, funcionários, entre outros.

Interessados em montar uma nova empresa também podem contar com a assessoria do Sebrae, que especifica os primeiros passos para a criação de um negócio. Alice Mesquista, Articuladora da Unidade de Atendimento do Sebrae CE, explica que o ciclo da criação de negócios é composto inicialmente por uma boa ideia, porém só ter uma boa ideia não é suficiente. “No ramo da alimentação, por exemplo, o mercado varia desde o foodbike a restaurantes finos. O desejo e necessidade para cada um desse público é diferente, o que o consumidor espera encontrar em termos de produto e serviço é totalmente diferente para cada um desses modelos de negócio”, destaca.

“Outro ponto extremamente necessário de atenção para a área de alimentação diz respeito à mão-de-obra. É necessário escolher uma boa equipe, seja para a área de preparação dos pratos ou para o atendimento, esse pode ser um dos diferencias da sua empresa”, diz Alice.

Ainda segundo a articuladora, é sempre bom lembrar: “tenha um bom projeto, ele pode ajudar a evitar gastos desnecessários. O mercado está muito competitivo, procure identificar qual é o seu diferencial, por que o cliente irá procurar a sua empresa e não a do concorrente? É o atendimento? É a forma como você entrega o produto? É o ambiente (incluindo ambiente físico, acesso, etc)? Seja inovador, seja competitivo”, reforça.

De acordo com o balanço divulgado pela Junta Comercial do Estado do Ceará (JUCEC), em 2016 o número de aberturas de empresas é maior que o dobro do número de empreendimentos fechados no mesmo ano, crescendo 1,89%. Com a modernização do processo de abertura e legalização de empreendimentos, a tendência é que o número de novos negócios evolua durante este ano de 2017.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti