Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Abril 2018

Grupo Deixe In Off lança novo single nas plataformas digitais

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de Abril de 2018

A atual música de trabalho dos pagodeiros leva o título de ‘O Movimento’ e já está disponível no Spotify, Deezer, SoundClou,  iTunes Store, Apple Music e Tidal.

 

 

Acaba de sair do forno a nova música de trabalho do grupo de pagode Deixe In Off. O sigle leva o título de ‘O Movimento’ e já está disponível no Spotify, Deezer, SoundClou,  iTunes Store, Apple Music e Tidal.

 

O hit é uma composição de Buga Pádua, um dos cinco integrantes do grupo que tem ainda na comissão de frente Tatá Carfi, Neném, Allan Pádua e Paulo Irlan.

 

Fugindo um pouco da pegada do grupo, que é o pagode romântico, “O Movimento” é uma música dançante e de refrão chiclete. O quinteto já está na produção de um videoclipe da canção, que será lançado em breve no canal oficial do grupo no You Tube.

 

A Deixe In Off é formada por quatro baianos e um pernambucano, mas foi em Fortaleza que começaram a tocar juntos, em 2012. 

leia tudo sobre

Publicidade

1ª Exposição do Projeto Pesca, realizado pelo Porto do Pecém, acontece a partir de segunda-feira (23)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de Abril de 2018

A partir de segunda-feira (23),será realizada a 1ª Exposição Fotográfica do Projeto Pesca, uma das oficinas promovidas com as comunidades de Taíba, Pecém e Cumbuco, pelo Programa de Educação Ambiental (PEA), do Porto do Pecém. A exibição das fotos captadas pelos alunos estará disponível para visitação no Bloco de Utilidades (BUS) do porto até o dia 27 de abril e é aberta ao público.

O presidente do Porto do Pecém, Danilo Serpa, fica feliz ao acompanhar o resultado das oficinas que estão sendo realizadas nas comunidades do entorno do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP S/A). “Estamos promovendo o desenvolvimento do Ceará, mas queremos contribuir com o crescimento de todas essas pessoas que moram aqui. Entendemos que somos parceiros e, com o crescimento do CIPP, com a instalação de novas empresas, empregos serão gerados e vamos precisar de pessoas para trabalhar, então, nada melhor do que qualificar quem mora na região”, declara satisfeito Serpa.

O projeto, dividido em quatro módulos (fotografia, audiovisual, roteiro e produção documental), está em sua primeira turma e é composta por 15 alunos. Equipados com material de ultima geração, o grupo tem a oportunidade de adquirir habilidades e conhecer um novo mundo através das aulas promovidas pelo programa. “São 10 meses de curso e 300 horas/aula. Já finalizamos dois módulos, agora eles vão começar a aprender a produzir roteiro”, destaca o professor Fábio Arruda. Segundo Arruda, não foi estabelecido um tema, os alunos apenas tiveram que captar imagens do seu local de origem.

Juliana Pereira de Lima, de apenas 21 anos, é uma das beneficiadas com o curso. Moradora da praia de Cumbuco, diz que sempre gostou de fotografar e, antes do projeto, batia fotos para amigos e conhecidos, mas com o celular. “Usava o meu celular e, quando me chamavam para bater fotos a noite, eu pegava emprestada a câmera de um amigo”, declara. Para Juliana, que é filha de pescador, o PESCA apareceu no momento certo, “Eu pesquisei, queria me profissionalizar, mas não tive condições de fazer um curso em Fortaleza. Quando soube do projeto, logo me inscrevi e estou amando”. Para a aluna, que quer seguir a carreira de fotógrafa, está sendo enriquecedora a experiência. “Estamos aprendendo muito, a câmera é um mundo e eu não tinha noção disso”,finaliza.

1ª Exposição Fotográfica do Projeto Pesca
Quando: 23 a 27 de abril
Local: Bloco de Utilidades do Porto do Pecém (Esplanada do Pecém, S/N, Porto do Pecém)

Publicidade

Shopping promove Festival de Dança com apresentações musicais e workshops gratuitos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de Abril de 2018

 

Imagem: apresentação do Instituto Katiana Pena (Foto: Albert Alan) 

 

A 2ª Edição do Festival de Dança contará com uma semana de programação gratuita das 14h às 20h, no RioMar Kennedy.

 

A dança vai ganhar espaço no RioMar Kennedy com a 2ª Edição do Festival de Dança “Viva o Encontro de Todos os Ritmos” que tem início neste domingo, 22 de abril, e segue até o dia 28 de abril. O evento traz durante sete dias 33 apresentações de escolas e grupos de dança renomados em Fortaleza, como Edisca, Instituto Katiana Pena, Escola de Ballet Gorette Quintela, Escola de Dança Michele Fonteles, Side Project, Escola de Dança Janne Ruth, Usina M e workshop e sessão de fotos com o bailarino e coreógrafo Paulo Victor do Programa Dancing Brasil da Record TV. As apresentações serão das 14h às 20h, na Praça de Eventos do Piso L3.

 

Além das apresentações, haverá também 13 workshops de dança de diversos ritmos, como Jazz, Forró, Dança de Salão, Dança do Ventre, Ballet, Danças Urbanas, Hip Hop, Jazz Funk, Sapateado, Samba, Gafieira, Salsa, Zouk, entre outros. Qualquer pessoa pode participar dos workshops e das aulas que serão ministradas por bailarinos conhecidos no meio artístico local e nacional.

 

O Festival de Dança do RioMar Kennedy tem entrada gratuita e um dos destaques na programação será o espetáculo “Religare”, encenado por bailarinos da Edisca com idades entre 12 e 20 anos. A Edisca tem consolidado a imagem de centro de formação de agentes culturais e construtora de espetáculos de dança, que a credenciaram a receber, em 2012, a Ordem do Mérito Cultural, maior comenda da cultura de nosso país, concedida pelo Governo Federal.

 

Sobre Paulo Victor

Outro destaque na programação é o coreógrafo Paulo Victor que no dia 22 de abril, às 17h, participa de um Workshop aberto ao público com sessão de fotos. O coreógrafo nasceu em Vitória (ES) e ao longo de sua trajetória atuou em várias companhias de dança e festivais em todo Brasil. Participou da primeira temporada do Dancing Brasil da Record TV, o bailarino foi parceiro da atriz Maytê Piragibe e venceu o programa. O reality de dança apresentado por Xuxa Meneghel é sucesso no mundo inteiro e segue o formato original do Dancing With the Stars, da BBC Worldwide.

 

SERVIÇO

Festival de Dança RioMar Kennedy

Data: 22 a 28 de abril

Horário: 14h às 20h

Local: Piso L3, Praça de Eventos – RioMar Kennedy (Av. Sargento Hermínio Sampaio, 3100 Presidente Kennedy)

Telefone: (85)3089-0909

Entrada gratuita

 

Programação

22 de abril

14h –  Workshop com Sonick Dancer

15h – Especial Pop

16h – Workshop: Danças Urbanas

17h – Grupo de Dança Santa Isabel

17h30 – Workshop com Paulo Victor coreógrafo do Programa Dancing Brasil

18h – Grupo Batista de Dança

19h –  Side Project

20h – Apresentação do Instituto Katiana Pena

 

23 de abril

14h – Workshop: Contemporâneo, Jazz com Katiana Pena

15h – Workshop: Samba de Gafieira com Saulo

16h – Workshop: Tango com a Escola de Dança Bailando

16h50 – Apresentação de Tango com Cleidson e Bel

17h – Stúdio de Dança Sonhos em Movimento

17h20 – FitDance Kids

19h30 – Apresentação do Instituto Katiana Pena

 

24 de abril

14h – Workshop: Jazz Funk com Bruno Peixoto

15h – Workshop: Waaching com Nina Andrade

16h – Workshop: Forró para iniciantes

17h – Apresentação de Forró com Escola Bailando

18h – Dança do Ventre com a Escola Carol & Isa Moreira

19h – Apresentação da Escola de Ballet Lucymeire Aires

19h30 – Show com Ciro Santos

 

25 de abril

14h – Workshop: Jazz Infantil com Lucymeire e Jessé Anastácio

15h – Workshop: Salsa com Saulo Dias

16h30 – Espetáculo “Religare” da Edisca

17h – Dança de Salão com Saulo Arte Movimento

18h – Apresentação da Escola Michele Fonteles

19h30 – Apresentação de Tango com Cláudio e Isa

 

26 de abril

14h – Workshop: Danças Urbanas com Lucymeire e Breno Franklin

15h – FitDance Teen

16h – Workshop: Zouk com Diego

17h – Workshop: Ballet e Jazz Infantil com Carolyne Forte

18h – Apresentação do Grupo CF e Ballet Infantil com Carolyne Forte

18h50 – Cia Jovem Projeto em Defesa da Vida

19h – Apresentação da Escola de Dança Pequenos Passos

 

27 de abril

16h – Apresentação especial da Cia de Dança sobre Rodas

16h20 – Apresentação com FitDance Classic

17h – Espetáculo “Grease” com o Grupo Expressão

18h – Apresentação Kharis Studio de Dança

19h – Espetáculo “Famous” com o Colégio Salomé Bastos

20h – Apresentação da Escola de Dança Michelle Fontenelle

 

28 de abril

14h – Apresentação da Escola de Dança Goretti Quintela

15h – Apresentação da Escola de Dança Janne Ruth

16h – Apresentação da Escola de Dança Renata Gomes

16h50 – Apresentação Adelia Soolsma

17h – Apresentação da Escola de Ballet Monica Luiza

18h – Apresentação da Escola de Ballet Lucymeire Aires

19h – Academia de Dança Arte em Movimento

19h25 – Apresentação da Escola de Dança O Casulo

19h40 – Apresentação Usina M

 

Publicidade

PREFEITO ROBERTO CLAUDIO RECEBERÁ REPRESENTANTES DO GOVERNO DA GUINÉ -BISSAU

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

21 de Abril de 2018

 

O prefeito Roberto Claudio recebe em audiência, na manhã da próxima segunda-feira, 23 de abril, no Paço Municipal, representantes do Governo e da sociedade civil da Guiné-Bissau. 

A visita faz parte da missão de estudo no Brasil sobre Governança e Desenvolvimento Local, que conta com apoio técnico e financeiro do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Após o encontro com o prefeito, a comitiva guineense participa de reunião técnica sobre o Plano Fortaleza 2040 e estratégias de implementação local dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS). 

A reunião contará com a participação de gestores do Gabinete do Prefeito; das secretarias municipais de Meio Ambiente e Urbanismo (Seuma) e de Planejamento e Orçamento (Sepog); do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor); e da Coordenadoria Especial de Relações Internacionais (Cerif).

A comitiva da Guiné-Bissau é formada por membros dos ministérios de Economia e Finanças e de Administração Territorial; da Escola Nacional de Administração; do PNUD e de representantes da sociedade civil de Cacheu – uma das três cidades (Gabu e Quinra) onde serão implementados programas-pilotos de Governança e Desenvolvimento Local, com foco na redução da pobreza no país.

Publicidade

Ambev anuncia 25 ONGs escolhidas para fazerem curso de gestão com seus executivos

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

20 de Abril de 2018

 

Conheça as organizações que vão participar do VOA; executivos da companhia serão professores do curso e aula de estreia terá participação do CEO Bernardo Paiva

 

A Ambev anunciou os nomes das 25 ONGs brasileiras selecionadas para participarem do programa VOA, curso criado pela companhia para compartilhar seus conhecimentos em gestão. O objetivo do programa é transferir o conhecimento de gestão que a Ambev tem para essas organizações e assim ajudá-las expandirem sua atuação e, em consequência, seu impacto na sociedade.

 

O VOA terá quatro módulos, que serão divididos em seis encontros presenciais que acontecerão ao longo do ano na sede da Ambev. As aulas terão início na segunda metade de abril e serão lideradas por executivos e funcionários da Ambev, que se candidataram como voluntários do VOA. A primeira aula contará com a participação especial do CEO Bernardo Paiva, que vai abrir o programa.

 

Os voluntários da Ambev, especialistas em suas áreas de atuação, também serão responsáveis por oferecer mentoria personalizada para as organizações participantes. Cada ONG terá seu próprio padrinho, responsável pelo acompanhamento de sua evolução nas aulas, implementação do conteúdo e desenvolvimento do projeto a ser apresentado ao final do curso. Foram mais de 700 funcionários interessados em participar como voluntários do programa.

 

Após participarem dos encontros do VOA, as ONGs apresentarão um projeto prático realizado com base no aprendizado. A organização com o projeto mais bem avaliado receberá, ainda, um auxílio financeiro para aplicação na ONG.

 

O VOA foi criado alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 1, 4, 8 e 17 da ONU, que buscam tornar o mundo mais inclusivo e sustentável. O programa nasceu da vontade da cervejaria de ajudar a construir um mundo melhor, compartilhando os conhecimentos e práticas adotados pela própria companhia e reconhecidos no mercado. Assim, o VOA quer oferecer apoio às ONGs para que elas atinjam seus propósitos e ajudem suas causas de maneira mais eficiente e estruturada.

 

“Em nosso dia a dia, atendemos e visitamos diversas comunidades pelo país e, no contato com essas diferentes realidades, percebemos que poderíamos ajudar. Compartilhando nossas experiências em gestão, estamos ajudando o mundo a ser melhor. Junto com as ONGs, por meio de nossa troca de experiências, queremos deixar um legado de boas práticas”, afirma Carla Crippa, diretora de sustentabilidade da Ambev.

 

Mais de 2.000 ONGs se cadastraram para a seleção do programa. A escolha das participantes envolveu critérios como potencial de impacto social nas novas gerações, visão de futuro e comprometimento. Veja abaixo as ONGs que vão participar do VOA:

 

  • Arrastão Movimento de Promoção Humana:atua em São Paulo desde 1968. Oferece projetos de capacitação e programa de formação e empreendedorismo para jovens.

 

  • Associação Brasileira de Assistência e Desenvolvimento Social – ABADS: atende cerca de 1.000 pessoas por mês e promove a inclusão e capacitação de crianças e jovens com deficiência intelectual e transtorno do espectro autista na Grande SP.

 

  • Associação Celebreiros: capacita e encaminha jovens na região do Vale do Paraíba (SP); já produziu espetáculos teatrais, oficinais de cinema e tem um canal de TV produzido pelos jovens atendidos.

 

  • Associação Junior Achievement do Brasil:tem três pilares de atuação (educação financeira, preparação para o mercado de trabalho e empreendedorismo) para inspirar e capacitar jovens em todo o território nacional.

 

  • Associação Luta pela Paz: trabalha com crianças e jovens da comunidade da Maré (RJ) e oferece oportunidades em educação, esportes, qualificação profissional e liderança juvenil.

 

  • Associação Rede de Desenvolvimento da Maré: atendeu cerca de 4.500 pessoas em 2017 na comunidade da Maré (RJ); oferece curso pré-vestibular gratuito e desenvolve ações em diversas áreas como educação, arte, cultura e acesso à justiça.

 

  • Associação Social e Educacional Casa do Zezinho: com atuação na zona sul da cidade de São Paulo, atende crianças e jovens e oferece múltiplas atividade de educação e cultura.

 

  • Associação de ensino Profissionalizante – ESPRO: com abrangência nacional, atua desde 1979 promovendo a inclusão social por meio de ações socioeducativas.

 

  • Casa Azul Felipe Augusto: com atuação nas cidades satélite de Brasília (DF), oferece atividades de contraturno escolar, aulas de artes, música, dança, informática, esportes e capacitação profissional.

 

  • Ensina Brasil: recruta e seleciona jovens talentos oferecendo capacitação e mentoria constantes, tornando-os aptos a darem aulas em escolas vulneráveis da rede pública em sete cidades brasileiras.

 

  • Foco empreendedor: fomenta o empreendedorismo, desenvolvendo projetos com base na educação. Atua na região de Porto Alegre (RS).

 

  • Grupo Nós do Morro: oferece ações culturais e capacitação na comunidade do Vidigal, no Rio de Janeiro, onde atua desde 1987.

 

  • Grupo de Informática, Comunicação e Ação Local (GIRAL): tem como objetivo formar jovens agentes de desenvolvimento por meio de projetos de produção audiovisual em Pernambuco.

 

  • Instituição de Incentivo à Criança e ao adolescente de Mogi-Mirim: utiliza a arte-educação como ferramenta de transformação social e desenvolvimento de competências.

 

  • Instituto Beatriz e Lauro Fiuza: desenvolve programas de apoio à formação de crianças e adolescentes em Fortaleza (CE).

 

  • Instituto Bom Aluno do Brasil: fornece apoio educativo a alunos de escolas públicas e realiza atividades de desenvolvimento socioeducacional até a graduação na região metropolitana de Curitiba (PR).

 

  • Instituto Esporte Educação: criado pela ex-jogadora de vôlei Ana Moser, leva projetos esportivos e educacionais para crianças e jovens e também atua na formação de professores em São Paulo.

 

  • Instituto Gabriel Medina: é referência no trabalho de base para a formação de novos surfistas; jovens recebem, além dos treinos específicos, aulas de inglês, tecnologia, acompanhamento médico e palestras socioeducativas na região de São Sebastião (litoral de SP).

 

  • Instituto Guga Kuerten: atua prioritariamente em Florianópolis (SC) com projetos de educação e integração social de pessoas com deficiência e de uso do esporte como estratégia de desenvolvimento integral de crianças e adolescentes.

 

  • Instituto Verdescola: oferece cursos profissionalizantes em parceria com outras instituições e um programa multidisciplinar para crianças e jovens da rede pública de ensino do litoral norte do estado de São Paulo.

 

  • Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação – IPTI: promove o desenvolvimento com soluções inovadoras e utilizando tecnologias sociais, que associam arte, ciência e tecnologia no Sergipe.

 

  • Instituto de Responsabilidade e Investimento Social | IRIS: tem como objeto social a promoção gratuita da educação, cidadania e diretos humanos por meio de diversos projetos em Salvador (BA).

 

  • Projeto Ruas: trabalha para o bem-estar e a cidadania da população em situação de rua e treina voluntários para liderarem atividades com essa população no Rio de Janeiro.

 

  • Pró-Saber SP: oferece contraturno escolar para crianças e adolescentes da comunidade de Paraisópolis (SP) com atividades de música, literatura, dança e jogos.

 

  • União de Núcleos e Associações de Heliópolis e Região – UNAS: contribui para o desenvolvimento da comunidade de Heliópolis (SP) com ações nas áreas de educação e assistência social.

 

Sobre a Cervejaria Ambev

 

Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Cervejaria Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, somos mais de 32 mil pessoas que dividem a mesma paixão por produzir cerveja e trabalhamos juntos para garantir momentos de celebração e diversão.

 

A Ambev é uma cervejaria inovadora e temos o consumidor no centro de nossas decisões e iniciativas. Nosso portfólio conta com cervejas, refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos, sucos (de marcas reconhecidas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser, Stella Artois, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica, Fusion, do bem) e AMA, a água mineral que destina 100% de seu lucro para projetos que levam acesso à água potável para famílias do semiárido brasileiro.

 

Somente nos últimos cinco anos, investimos R$ 17,5 bilhões no país e deixamos um legado além dos investimentos com nossa ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois acreditamos que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.

leia tudo sobre

Publicidade

PÃO DE AÇÚCAR REALIZA ESPECIAL DE DRINKS PARA DEIXAR OS MOMENTOS COM OS AMIGOS AINDA MAIS ESPECIAIS

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Abril de 2018

 

Até o dia 22 de abril, bebidas e ingredientes para preparar as receitas estarão com desconto para clientes do programa de fidelidade Pão de Açúcar Mais

Celebrar e brindar os bons momentos da vida sempre fica melhor quando compartilhamos com quem amamos. Pensando nisso, o Pão de Açúcar preparou o preparou o primeiro Especial de Drinks, que traz bebidas para todos os gostos, desde as mais clássicas como  Whisky  e Vodkas até as mais versáteis, como o Gin, que tem conquistado o paladar de muitos. Clientes Pão de Açúcar Mais podem aproveitar descontos exclusivos no aplicativo, como o Gin Inglês Bombay Sapphire (750 ml) e a Vodka sueca Absolut tradicional (1 litro) 20% de desconto e ainda o Whisky norte americano Jim Beam Bourbon (1 litro) com 30%. Vale lembrar que é preciso ativar a oferta pelo aplicativo para que o desconto seja aplicado no momento da compra.

 

No Especial de Drinks, o cliente também encontrará algumas curiosidades sobre os ingredientes que deixam os drinks ainda mais saborosos, como o Bitter, bebida alcoólica altamente concentrada e produzida a partir de sementes, ervas, cascas, raízes, folhas, frutos e flores de várias plantas e utilizado para balancear os coquetéis; o Angostura, um tipo de bitter produzido originalmente na Venezuela e no Caribe, com sabor bastante amargo e inconfundível; e a Água tônica, que muitos confundem com água com gás, mas é um refrigerante à base de água, açúcar e quinina – substância amarga extraída da casca de uma árvore. Durante o Especial de Drinks, todas as águas tônicas em lata terão 30% de desconto.

 

No blog content.paodeacucar.com/especiais/especial-de-drinks, o cliente encontrará a revista digitalizada com todas as dicas, receitas deliciosas e as ofertas do Especial de Drinks.

leia tudo sobre

Publicidade

Internet das Coisas traz riscos e oportunidades de expansão, aponta IEEE

Por Oswaldo Scaliotti em Análise

20 de Abril de 2018

Embora haja ameaças de segurança que devem ser enfrentadas, a Iot também abre grandes possibilidades de inovação e negócios,

segundo a maior organização mundial técnico-profissional dedicada a avanços tecnológicos para benefício da humanidade.

Nos próximos dois anos, pesquisas preveem um crescimento exponencial da chamada Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês): cerca de 50 bilhões de equipamentos e aparelhos conectarão boa parte das empresas e pessoas a seus carros, lares, comunidades, informações de saúde e trabalho, o que vai tornar disponível uma enorme quantidade de dados. Quais os riscos e as oportunidades potenciais que surgirão com esse fenômeno, de acordo com IEEE, maior organização mundial técnico-profissional dedicada a avanços tecnológicos para benefício da humanidade?

Artur Ziviani, membro sênior da IEEE e pesquisador do Laboratório Nacional de Computação Científica, aponta três grandes desafios imediatos relacionados à segurança e a potenciais vulnerabilidades de equipamentos da IoT. “Nesse contexto, encontrar o equilíbrio entre nível adequado de segurança e custo desses dispositivos, a fim de manter sua implementação acessível e viável em larga escala, é um desafio-chave”, afirma Ziviani. “Considerando a potencial implantação em grande escala de muitos dispositivos de IoT, torná-los suficientemente seguros é um desafio para evitar seu uso malicioso, bem como proteger informações geradas por esses dispositivos”. Nesse sentido, acrescenta o membro do IEEE, a preservação da privacidade também é um desafio para os dispositivos de IoT.

Raul Colcher, também membro sênior da  IEEE e CEO da consultoria Questera, considera que o mais crítico desafio para a IoT se relaciona a aspectos de segurança e privacidade. “Com a crescente conscientização e maturidade de grandes redes de dispositivos para processos de automação cada vez mais críticos e sofisticados, torna-se crucial projetar uma proteção robusta contra possíveis ataques de hackers, terroristas e até mesmo da guerra cibernética por forças militares estrangeiras”, alerta Colcher.

Um segundo desafio derivaria do grande volume de normas necessárias, algumas delas relativamente complexas, refletidas nos programas de trabalho das organizações de normas nacionais e internacionais, consórcios e grupos de interesse. “Nem todos esses padrões estarão prontos no próximo ano, causando incerteza, diminuição da escala de mercado para fornecedores de dispositivos e software e perdas inevitáveis de investimentos por parte dos usuários finais”, observa Colcher.

“Uma terceira área desafiadora tem a ver com a necessidade de integração e colaboração. Com o surgimento de grandes aplicativos interorganizacionais de IoT, sistemas e redes terão de cooperar e ser integrados a outros processos internos e externos de organizações de usuários, o que exige modelos de referência, arquiteturas maduras, plataformas padrão, APIs, etc.”, acrescenta membro do IEEE.

Inovações na IoT

Nem só alertas e cenários incertos envolvem o futuro da IoT, mas também possíveis inovações que terão impacto na vida de todos nós. Para Ziviani, “inovações na análise de big data, incluindo pesquisa de dados e aprendizado de máquina, devem aprimorar os recursos para  processamento e  integração de dados de fontes heterogêneas da IoT. Estes também devem incluir pessoas que atuam como sensores participativos por meio de seu papel em redes sociais on-line, por exemplo”. Nesse sentido, Ziviani destaca a tendência de atrair as pessoas à IoT, considerando o comportamento humano no desenvolvimento de serviços mais centrados no usuário, adaptados a usuários individualizados. “Naturalmente, o desafio aqui é fornecer serviços individualizados que os usuários considerem úteis e benéficos, preservando a privacidade de cada um. Essa integração de dados de muitas fontes heterogêneas e análises em tempo real em escala são fundamentais para cenários previstos de IoT, como cidades inteligentes”.

Já na opinião de Colcher, embora um grande número de inovações vá impactar o desenvolvimento e o uso da IoT, “se estreitarmos nosso foco nos avanços realmente necessários para fazê-la funcionar de maneira adequada e permitir a difusão da tecnologia, o destaque principal são as plataformas de telecomunicações e, em especial, as funcionalidades 5G adequadas para apropriações na rede da IoT”, afirma o engenheiro.

Uma segunda área de inovação importante é a de energia: “Devemos esperar coisas como dispositivos de ponta de IoT mais eficientes, melhores maneiras de fornecer energia para dispositivos relacionados à IoT e novas tecnologias relacionadas à computação para aumentar a eficiência de energia de wearables e outros dispositivos de IoT com computação intensa”, prevê Colcher.  

Uma terceira área de impacto será a de ciência de dados (data science) e Inteligência Artificial, acrescenta o engenheiro, “para as quais os sistemas de IoT certamente serão uma fonte importante de dados, exigindo sistemas mais complexos de ferramentas e algoritmos, sobretudo em contextos de segurança e análise preditiva”.

Benefícios à economia

E quais seriam os setores da economia que mais se beneficiarão com a avanço da IoT? Para Artur Ziviani, a área de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC, na sigla em inglês) será beneficiada tanto como fornecedora de equipamentos de IoT quanto como desenvolvedora de soluções integradas para análise de dados em larga escala. Embora a IoT vá exercer grande impacto em muitas áreas, como saúde, automação, mobilidade e segurança, entre outras, seu avanço em diferentes setores depende de muitos aspectos econômicos, políticos e sociais de cada país, ressalva o engenheiro do IEEE. “No Brasil, considerando o potencial de investimentos em soluções inovadoras, o agronegócio será impactado com diretamente pelos equipamentos de IoT e análise de dados para otmizar cada área de produção”, prevê Ziviani.

Raul Colcher também aponta a TIC como área  a ser beneficiada. “Em particular, é provável que a evolução de redes de Internet e telecomunicações se relacione diretamente à evolução da tecnologia da IoT”, acrescenta Colcher. No caso de usuários dessa tecnologia, previsões destacam saúde, automação industrial, mobilidade urbana e cidades inteligentes como os setores que mais se utilizarão da IoT para avançar suas atividades. Também ratificando as previsões de Ziviani, Raul Colcher ressalva que esses avanços dependem de condições econômicas, tecnológicas, regulatórias e até culturais de cada país, o que implicará em diferentes cenários e ritmos. E igualmente prevê que, no Brasil, o setor de agronegócio desempenhará um importante papel nos rumos do mercado.

Sobre a IEEE

 Por meio das suas publicações altamente citadas, conferências, padrões de tecnologia e atividades profissionais e educacionais, IEEE é a voz de confiança numa ampla variedade de áreas da engenharia, desde de sistemas aeroespaciais, computadores e telecomunicações até engenharia biomédica, energia elétrica e eletroeletrônica de consumo. Saiba mais em http://www.ieee.org.

leia tudo sobre

Publicidade

71,1% dos consumidores da capital cearense possuem algum tipo de dívida

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

20 de Abril de 2018

A Pesquisa do Endividamento do Consumidor de Fortaleza, para o mês de abril, aponta que 71,1% dos consumidores fortalezenses possuem algum tipo de dívida. Apesar do índice ter vindo -0,6 pontos percentuais abaixo do indicador do último mês de março (71,7%), a taxa de consumidores com dívidas em atraso e a inadimplência potencial tiveram crescimento, indicando uma piora na qualidade do crédito.

 

A proporção de consumidores com contas ou dívidas em atraso subiu +3,9 pontos percentuais, passando de 20,6% dos consumidores em março, para 24,5% neste mês.

O tempo médio de atraso é de 68 dias e a principal justificativa para o não pagamento das dívidas é o desequilíbrio financeiro – a diferença entre a renda e os gastos correntes – citado por 58,0% dos consumidores. O segundo motivo mais citado é o adiamento por conta do uso dos recursos em outras finalidades, com 36,6%, seguido da contestação das dívidas (9,9%).

 

Comprometimento da renda

Em Fortaleza, 71,1% dos consumidores possuem algum tipo de dívida.

O consumidor utilizou o crédito para:

Consumo de itens de alimentação (57,1% das respostas)

Realização de despesas de educação e saúde (37,7%)

Aquisição de eletroeletrônicos (37,1%)

Compra de artigos de vestuário (32,1%)

 

O valor médio das dívidas é estimado em R$ 1.393, com prazo médio de sete meses, comprometendo 39,6% da renda familiar dos consumidores com o seu pagamento.

 

Inadimplência potencial

A taxa de inadimplência potencial, ou seja, a proporção de consumidores que não terão condições financeiras para honrar seus compromissos, aumentou +2,1 pontos percentuais, passando de 8,0%, em março, para 10,1% neste mês.

 

Orçamento familiar

A Pesquisa de Endividamento também revela que 76,1% dos consumidores de Fortaleza afirmam fazer orçamento mensal e acompanhamento eficaz dos seus gastos e rendimentos, o que contribui para um melhor controle dos níveis de endividamento. Dos entrevistados, 13,5% relataram que fazem orçamento dos rendimentos, mas sem controle eficaz dos gastos, e 10,5% informaram não possuir orçamento e tampouco controle dos gastos.

A falta de planejamento orçamentário é um problema crítico para o controle do endividamento, estando sempre entre um dos principais motivos para o atraso ou inadimplência. Dos fatores que os consumidores consideram que mais contribuem para esse problema, listam-se:

 

  • A falta de orçamento e controle dos gastos, com 40,1%;
  • O aumento dos gastos considerados essenciais, com 26,8%;
  • Redução dos rendimentos, com 22,4%;
  • As compras por impulso, sem necessidade ou além do necessário, com 20,0%;
  • Gastos imprevistos, com 17,7%;
  • Compras antecipadas, com 11,3%; e
  • Desemprego, com 11,2%.

 

Saiba mais

O Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC) da Fecomércio-CE foi criado para suprir a ausência de informações práticas e de dados estatísticos confiáveis que auxiliassem as ações de planejamento e de desenvolvimento das empresas do segmento de comércio de bens, serviços e turismo. O Instituto realiza e desenvolve pesquisas, sobretudo, de viés econômico, fornecendo dados referentes ao comportamento do consumidor, a situação econômica do comércio local e as tendências de mercado e de consumo dos fortalezenses.

 

A pesquisa de Endividamento é realizada mensalmente e tem como objetivo indicar a capacidade de endividamento do consumidor de Fortaleza, visando conhecer o comprometimento financeiro desse, em relação ao comércio local. Quatro indicadores distintos são verificados nessa pesquisa: Taxa de Consumidores com Contas ou Dívidas em Atrasos; Taxa de Comprometimento da Renda do Consumidor; Taxa de Inadimplência em Potencial e Planejamento

Financeiro e Orçamento Familiar. Mensalmente, cerca de mil consumidores da região metropolitana de Fortaleza são entrevistados pelo IPDC para a realização desta pesquisa.

 

Publicidade

Fametro realiza IV Jornada de Nutrição

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

20 de Abril de 2018

 

 

Nos dias 26 e 27 de abril a Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza (Fametro) realiza a IV Jornada de Nutrição. Na programação, voltada para estudantes e profissionais, estão palestras, oficinas, minicursos e apresentações de trabalhos acadêmicos.

Com organização do curso de Nutrição, a ação é dividida em áreas temáticas, como clínica, esportiva, alimentação e comportamento alimentar, com o objetivo de fomentar conhecimento teórico, prático e científico, e trocar experiências entre os participantes.

A participação é aberta ao público e as inscrições são feitas pelo endereço www.fametro.com.br/participe. Para as palestras e minicursos, ainda há vagas disponíveis para alunos de outras instituições de ensino e profissionais da área.

Publicidade

A Casa Sem Medida abre suas portas

Por Oswaldo Scaliotti em Negócios

20 de Abril de 2018

 

Espaço reúne empreendedores, designers, artistas, artesãos, estilistas e criativos para fomentar o design autoral, o entretenimento e a produção cultural em Fortaleza

 

No próximo sábado, 21 de abril, Fortaleza ganha um novo espaço colaborativo, voltado para a valorização do design, do artesanato e da economia criativa: a Casa Sem Medida, que surge como um ponto de encontro para a troca de experiências e divulgação do design autoral cearense em todas as suas vertentes, como ainda para o entretenimento e à produção cultural. Cada espaço d’A Casa abriga mentes criativas, que se norteiam pela economia colaborativa, o consumo consciente e o design como elemento diferencial.

No ambiente d’A Casa, aonde era a sala do imóvel, está agora A Loja da Casa. A multimarcas funciona como um showroomde designers, estilistas e criadores autônomos independentes, em comando integrado e colaborativo, ao reunir inicialmente oito marcas autorais cearenses que têm no seu DNA o design como elemento de diferenciação. São artistas da forma, que desenvolvem artesanal e minuciosamente roupas, artefatos e joias, privilegiando a qualidade, a criatividade e a exclusividade de cada peça.

Em joalheria, três marcas com estilos únicos enriquecem o espaço d’A Loja da Casa: a Elemento Fio, pela arquiteta Suyenne Lemos; a Padma, da designer Evelyn Matthews, e Telma Aguiar com sua Joalheria Contemporânea. Na moda, a criatividade e talento de Monique Dieb (na Tulipa), como das irmãs Monike, Marcelle e Manuella Oliveira (pela K); de Angélica Freitas com Jô de Paula (na Todos os Poemas) e de Ellen Mesquita (pela Freakstein) se mesclam para oferecer ao público um mix de peças que brincam com os desejos e imaginários. A Tirachiccompleta o time com acessórios femininos e objetos de decoração, desenvolvidos por Cláudia Capeto e Ione Pioner.

 

As oito marcas d’A Loja Da Casa:

 

Elemento Fio – As joias da Fio se caracterizam pelo desenho limpo, simples –  elementar- que por vezes dialoga com a rigidez geométrica do desenho técnico, para no momento seguinte, fluir livre seguindo o contorno irregular de uma pedra bruta. As peças são conceituadas, projetadas e executadas pela Arquiteta Suyenne Lemos.

 

* KÉ uma marca de moda com espírito de Startup. As peças, produzidas na cor preta, utilizam o conceito “all black”. Com estilo prático e atemporal, as peças da K ganham diferencial por seu mix de tecidos, nervuras, texturas e aplicações, em muitos casos artesanais, como os bordados e crochês. Criada pelas irmãs Oliveira (Monike, Marcelle e Manu), segundo Monike resume “o nosso estilo vai do básico ao nada básico”. #learnbydoing #BlackIsAlwaysTheNewBlack

 

PadmaTem como inspiração transformar vivências, experiências e emoções em uma jóia, num produto com sentimentos únicos e verdadeiros. Essas histórias são transformadas em joias autorais pela designer Evelyn Matthews. “Nosso nome já transmite o que sentimos na alma – pureza”, ressalta a criadora.

 

Tulipa – É cearense, é do mar, é da cidade. Vive o clássico e o novo ao mesmo tempo. As peças de vestuário buscam expressar leveza, força, simplicidade e o carinho pelas pessoas. A Tulipa dialoga com o espírito itinerante de Fortaleza. Em três anos de existência, a marca busca ver o novo, através das peças, já tendo participado de eventos como o Babado Coletivo e o Dragão Fashion Brasil, além de colaborações constantes com artistas visuais, ilustradores, fotógrafos e músicos da cena local.

 

Todos os Poemas – Na parceria e celebração de mais de 10 anos de cumplicidade entre as inquietas designers Angélica Freitas e Joana de Paula, nasceu a marca de moda Todos os Poemas, que se utiliza do design aliado ao artesanato para criar uma roupa simples e ao mesmo tempo sofisticada. Priorizando o exercício criativo, a experimentação e o cuidado com cada peça produzida à mão.

O vestuário da marca está incrustado de poesia bordada por mãos e gestos, cuidadosamente criados e desenvolvidos junto com artesãos e artistas cearenses, na valoração e compromisso com o processo artesanal de cada peça, em edições limitadas. Blusas e vestidos em linho, intensidade e paixão visceral escritos com linha no carrossel de imagens de cada coleção-poemeto.

 

Telma Aguiar Joalheria ContemporâneaTendo a natureza como inspiração e aplicando conceitos inovadores, a joalheira desenvolve peças criativas em diversos materiais para compor joias personalizadas. A formação e experiência internacional, obtidas em quatro anos de estudos e participação em exposições e eventos na Europa, estabeleceram a base criativa para as peças produzidas, cujos elementos básicos buscam contar histórias e experiências através da joalheria contemporânea.   

 

Freakstein – Fundadora e CEO da marca, Ellen Mesquita, cearense de Fortaleza e residente em São Paulo, é publicitária pós-graduanda em Marketing e Gestão. O empreendedorismo sempre presente em sua vida fez nascer a Freakstein, marca de roupa conectada com o urbano, o digital e o lifestyle da geração 18-24, tendo no design a essência da marca. Num universo de redes sociais, exposição e mídias, em que todos tentam vender o seu melhor lado, querendo ser personagens de si mesmos, a Freakstein vai de encontro a esse pensamento e convida o seu público a abraçar o lado mais estranho e que nos torna reais. Tudo possui falhas.

O conceito e posicionamento da marca transmitem a crença da equipe criativa: “Todos somos diferentes, cada um com sua estranheza. É importante nos aceitarmos e abraçar o nosso lado estranho”. Assim, a primeira coleção conta com produtos limitados e numerados, que são unissex e transmitem essa distinção conceitual e real em todas as peças. Em breve, a marca lançará novos itens. No mercado desde 2016, embora recente, além de vendas online, a Freakstein já está presente em Brasília, São Paulo e também agora em Fortaleza, na Casa Sem Medida.

 

Tirachic – Tiras de tecidos entrelaçadas com infinita beleza são a essência da marca de acessórios femininos e objetos de decoração. Produzidos com sensibilidade, bom gosto e com todo trabalho feito à mão, a Tirachic tem valor próprio, seja pela matéria-prima selecionada, pelo design, como também pela variedade de cores utilizadas. Sem falar do tempo! Sim, cada peça tem o seu tempo próprio até ser concluída, mas o resultado desse processo é sempre singular. A sofisticação começa pela variedade e qualidade dos tecidos, ressignificados na proposta sustentável, sem desperdícios da matéria-prima. Outro diferencial são as tramas, desenvolvidas com criatividade, beleza e exclusividade. Em tempos de Made in China, Tirachic é luxo!

A história da marca nasceu há mais de 10 anos, do feliz encontro casual entre as artesãs Claudia Capeto (Rio de Janeiro) e Ione Pioner (Rio Grande do Sul), ambas vivendo no Ceará. Desde então, a dupla não para de alinhavar ideias, histórias, projetos, sonhos e esperanças de um mundo melhor, mais leve, colorido e sustentável.

 

As ambiências e serviços da CASA SEM MEDIDA

 

O somar multiplica. Da necessidade de mais espaços criativos e de colaboração em Fortaleza, a Casa Sem Medida surge como ponto de encontro para a troca de experiências, a divulgação do design autoral cearense, o entretenimento e para a produção cultural.

A Casa é composta de cômodos, e estes compostos por pessoas. Em três dos quartos ficam a Miligrama Design — estúdio de design gráfico e produtora audiovisual com trabalhos premiados dentro e fora do Ceará—; a Liga — produtora que atua na criação, produção e difusão de narrativas audiovisuais, gerando transversalidade e cooperação entre criadores, produtores, exibidores e investidores — e a Prado Arquitetura — responsáveis pelo projeto da Casa e que, juntas, têm mais de 50 anos de experiências em arquitetura.

Por último, na garagem, um espaço multiuso. Pela manhã, o ambiente serve a reuniões, workshops, palestras, cursos, projeção de filmes, como refeitório e tudo que as mentes do nosso mercado criativo consigam propor. À noite, o mesmo espaço vira o Bar Clandestino, ponto de apoio gastronômico e etílico aos eventos d’A Casa e local de encontro na formulação de ideias.

A Casa Sem Medida é uma iniciativa da Miligrama, mas que não seria possível sem a confiança e colaboração das empresas envolvida e das pessoas por trás delas.

 

 

 

 

 

SERVIÇO: ABERTURA DA CASA SEM MEDIDA

Espaços: Miligrama Design, Liga, Prado e Arquitetura; Espaço multiuso e Bar Clandestino; Loja da Casa (com as marcas Elemento Fio, Padma, Joalheria Contemporânea, Tulipa, Todos os Poemas, K, Freakstein e Tirachic).

Endereço: R. José Vilar, nº 3040 – Dionísio Torres

Abertura: Sábado (21), às 16h;

Horário da loja – De terça a sexta-feira, de 10h às 19h. Aos sábados, de 10h às 18h;

Instagram:

@casasemedida

@alojadacasa

@elemento_fio          

@freakstein

@temaguiarjewelry

@tirachic

@todos_os_poemas

@soul_padma

@usetulipa

@usek_

@bar.clandestino

 

Publicidade

A Casa Sem Medida abre suas portas

Por Oswaldo Scaliotti em Negócios

20 de Abril de 2018

 

Espaço reúne empreendedores, designers, artistas, artesãos, estilistas e criativos para fomentar o design autoral, o entretenimento e a produção cultural em Fortaleza

 

No próximo sábado, 21 de abril, Fortaleza ganha um novo espaço colaborativo, voltado para a valorização do design, do artesanato e da economia criativa: a Casa Sem Medida, que surge como um ponto de encontro para a troca de experiências e divulgação do design autoral cearense em todas as suas vertentes, como ainda para o entretenimento e à produção cultural. Cada espaço d’A Casa abriga mentes criativas, que se norteiam pela economia colaborativa, o consumo consciente e o design como elemento diferencial.

No ambiente d’A Casa, aonde era a sala do imóvel, está agora A Loja da Casa. A multimarcas funciona como um showroomde designers, estilistas e criadores autônomos independentes, em comando integrado e colaborativo, ao reunir inicialmente oito marcas autorais cearenses que têm no seu DNA o design como elemento de diferenciação. São artistas da forma, que desenvolvem artesanal e minuciosamente roupas, artefatos e joias, privilegiando a qualidade, a criatividade e a exclusividade de cada peça.

Em joalheria, três marcas com estilos únicos enriquecem o espaço d’A Loja da Casa: a Elemento Fio, pela arquiteta Suyenne Lemos; a Padma, da designer Evelyn Matthews, e Telma Aguiar com sua Joalheria Contemporânea. Na moda, a criatividade e talento de Monique Dieb (na Tulipa), como das irmãs Monike, Marcelle e Manuella Oliveira (pela K); de Angélica Freitas com Jô de Paula (na Todos os Poemas) e de Ellen Mesquita (pela Freakstein) se mesclam para oferecer ao público um mix de peças que brincam com os desejos e imaginários. A Tirachiccompleta o time com acessórios femininos e objetos de decoração, desenvolvidos por Cláudia Capeto e Ione Pioner.

 

As oito marcas d’A Loja Da Casa:

 

Elemento Fio – As joias da Fio se caracterizam pelo desenho limpo, simples –  elementar- que por vezes dialoga com a rigidez geométrica do desenho técnico, para no momento seguinte, fluir livre seguindo o contorno irregular de uma pedra bruta. As peças são conceituadas, projetadas e executadas pela Arquiteta Suyenne Lemos.

 

* KÉ uma marca de moda com espírito de Startup. As peças, produzidas na cor preta, utilizam o conceito “all black”. Com estilo prático e atemporal, as peças da K ganham diferencial por seu mix de tecidos, nervuras, texturas e aplicações, em muitos casos artesanais, como os bordados e crochês. Criada pelas irmãs Oliveira (Monike, Marcelle e Manu), segundo Monike resume “o nosso estilo vai do básico ao nada básico”. #learnbydoing #BlackIsAlwaysTheNewBlack

 

PadmaTem como inspiração transformar vivências, experiências e emoções em uma jóia, num produto com sentimentos únicos e verdadeiros. Essas histórias são transformadas em joias autorais pela designer Evelyn Matthews. “Nosso nome já transmite o que sentimos na alma – pureza”, ressalta a criadora.

 

Tulipa – É cearense, é do mar, é da cidade. Vive o clássico e o novo ao mesmo tempo. As peças de vestuário buscam expressar leveza, força, simplicidade e o carinho pelas pessoas. A Tulipa dialoga com o espírito itinerante de Fortaleza. Em três anos de existência, a marca busca ver o novo, através das peças, já tendo participado de eventos como o Babado Coletivo e o Dragão Fashion Brasil, além de colaborações constantes com artistas visuais, ilustradores, fotógrafos e músicos da cena local.

 

Todos os Poemas – Na parceria e celebração de mais de 10 anos de cumplicidade entre as inquietas designers Angélica Freitas e Joana de Paula, nasceu a marca de moda Todos os Poemas, que se utiliza do design aliado ao artesanato para criar uma roupa simples e ao mesmo tempo sofisticada. Priorizando o exercício criativo, a experimentação e o cuidado com cada peça produzida à mão.

O vestuário da marca está incrustado de poesia bordada por mãos e gestos, cuidadosamente criados e desenvolvidos junto com artesãos e artistas cearenses, na valoração e compromisso com o processo artesanal de cada peça, em edições limitadas. Blusas e vestidos em linho, intensidade e paixão visceral escritos com linha no carrossel de imagens de cada coleção-poemeto.

 

Telma Aguiar Joalheria ContemporâneaTendo a natureza como inspiração e aplicando conceitos inovadores, a joalheira desenvolve peças criativas em diversos materiais para compor joias personalizadas. A formação e experiência internacional, obtidas em quatro anos de estudos e participação em exposições e eventos na Europa, estabeleceram a base criativa para as peças produzidas, cujos elementos básicos buscam contar histórias e experiências através da joalheria contemporânea.   

 

Freakstein – Fundadora e CEO da marca, Ellen Mesquita, cearense de Fortaleza e residente em São Paulo, é publicitária pós-graduanda em Marketing e Gestão. O empreendedorismo sempre presente em sua vida fez nascer a Freakstein, marca de roupa conectada com o urbano, o digital e o lifestyle da geração 18-24, tendo no design a essência da marca. Num universo de redes sociais, exposição e mídias, em que todos tentam vender o seu melhor lado, querendo ser personagens de si mesmos, a Freakstein vai de encontro a esse pensamento e convida o seu público a abraçar o lado mais estranho e que nos torna reais. Tudo possui falhas.

O conceito e posicionamento da marca transmitem a crença da equipe criativa: “Todos somos diferentes, cada um com sua estranheza. É importante nos aceitarmos e abraçar o nosso lado estranho”. Assim, a primeira coleção conta com produtos limitados e numerados, que são unissex e transmitem essa distinção conceitual e real em todas as peças. Em breve, a marca lançará novos itens. No mercado desde 2016, embora recente, além de vendas online, a Freakstein já está presente em Brasília, São Paulo e também agora em Fortaleza, na Casa Sem Medida.

 

Tirachic – Tiras de tecidos entrelaçadas com infinita beleza são a essência da marca de acessórios femininos e objetos de decoração. Produzidos com sensibilidade, bom gosto e com todo trabalho feito à mão, a Tirachic tem valor próprio, seja pela matéria-prima selecionada, pelo design, como também pela variedade de cores utilizadas. Sem falar do tempo! Sim, cada peça tem o seu tempo próprio até ser concluída, mas o resultado desse processo é sempre singular. A sofisticação começa pela variedade e qualidade dos tecidos, ressignificados na proposta sustentável, sem desperdícios da matéria-prima. Outro diferencial são as tramas, desenvolvidas com criatividade, beleza e exclusividade. Em tempos de Made in China, Tirachic é luxo!

A história da marca nasceu há mais de 10 anos, do feliz encontro casual entre as artesãs Claudia Capeto (Rio de Janeiro) e Ione Pioner (Rio Grande do Sul), ambas vivendo no Ceará. Desde então, a dupla não para de alinhavar ideias, histórias, projetos, sonhos e esperanças de um mundo melhor, mais leve, colorido e sustentável.

 

As ambiências e serviços da CASA SEM MEDIDA

 

O somar multiplica. Da necessidade de mais espaços criativos e de colaboração em Fortaleza, a Casa Sem Medida surge como ponto de encontro para a troca de experiências, a divulgação do design autoral cearense, o entretenimento e para a produção cultural.

A Casa é composta de cômodos, e estes compostos por pessoas. Em três dos quartos ficam a Miligrama Design — estúdio de design gráfico e produtora audiovisual com trabalhos premiados dentro e fora do Ceará—; a Liga — produtora que atua na criação, produção e difusão de narrativas audiovisuais, gerando transversalidade e cooperação entre criadores, produtores, exibidores e investidores — e a Prado Arquitetura — responsáveis pelo projeto da Casa e que, juntas, têm mais de 50 anos de experiências em arquitetura.

Por último, na garagem, um espaço multiuso. Pela manhã, o ambiente serve a reuniões, workshops, palestras, cursos, projeção de filmes, como refeitório e tudo que as mentes do nosso mercado criativo consigam propor. À noite, o mesmo espaço vira o Bar Clandestino, ponto de apoio gastronômico e etílico aos eventos d’A Casa e local de encontro na formulação de ideias.

A Casa Sem Medida é uma iniciativa da Miligrama, mas que não seria possível sem a confiança e colaboração das empresas envolvida e das pessoas por trás delas.

 

 

 

 

 

SERVIÇO: ABERTURA DA CASA SEM MEDIDA

Espaços: Miligrama Design, Liga, Prado e Arquitetura; Espaço multiuso e Bar Clandestino; Loja da Casa (com as marcas Elemento Fio, Padma, Joalheria Contemporânea, Tulipa, Todos os Poemas, K, Freakstein e Tirachic).

Endereço: R. José Vilar, nº 3040 – Dionísio Torres

Abertura: Sábado (21), às 16h;

Horário da loja – De terça a sexta-feira, de 10h às 19h. Aos sábados, de 10h às 18h;

Instagram:

@casasemedida

@alojadacasa

@elemento_fio          

@freakstein

@temaguiarjewelry

@tirachic

@todos_os_poemas

@soul_padma

@usetulipa

@usek_

@bar.clandestino