Reportagem visita local em que motorista do Uber foi morto e confirma existência de pichações
ASSISTA À MATÉRIA

Reportagem visita local em que motorista do Uber foi morto e confirma existência de pichações

Alameda das Palmeiras seria “dominada” por traficantes ligadas a uma facção criminosa. Reportagem teve carro apedrejado quando deixava o local

Por TV Jangadeiro em Vem que tem

26 de julho de 2017 às 18:05

Há 4 semanas

Uma das pichações do condomínio Alameda das Palmeiras. Traficantes visariam coibir ataque de inimigos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A reportagem do programa Vem que Tem, da TV Jangadeiro/SBT, esteve na rua em que o motorista de Uber Guilherme Maia, de 22 anos, foi assassinado nesse domingo (23), supostamente por desobedecer orientações de criminosos.

O apresentador Nilson Fagata atestou que o local possui pichações com tais ordens, assinadas pela facção conhecida como Guardiões do Estado (GDE).

Ao entrar de carro, abaixe o vidro e, de moto, tire o capacete. Assinado: o crime“, consta em uma das pichações da Rua Rua Palmeira dos Índios, na entrada do condomínio Alameda das Palmeiras, no bairro Ancuri, local em que Guilherme foi morto.

Nilson Fagata conversou com moradores da região, que confirmaram a exigência dos bandidos. Pensa-se que carros com vidros fumê escuros transportam inimigos dos traficantes, contaram.

Uma moradora relata que um carro perseguia Guilherme no momento em que ele deixava o conjunto. Ela, no entanto, não diz ter certeza se foram os homens desse veículo que executaram o motorista e estudante universitário.

No momento em que o carro da equipe do Vem que Tem deixava a Alameda das Palmeiras várias pedras foram arremessadas contra o veículo. Confira a matéria na íntegra:

 

Veja a cobertura do Tribuna do Ceará sobre o caso:

26 de julho — Motorista do Uber assassinado cursava Publicidade em faculdade de Fortaleza

26 de julho — Secretário de Segurança determina foco nas buscas ao assassino de motorista do Uber

25 de julho — Uber nega risco para motoristas, após morte de jovem de 22 anos em Fortaleza

25 de julho — Motorista do Uber foi morto porque não baixou o vidro do carro ao entrar em zona do tráfico

24 de julho — Motorista do Uber é assassinado enquanto dirigia no bairro Ancuri

24 de julho — Motoristas do Uber fazem protesto para reivindicar mais segurança

Publicidade

Dê sua opinião

ASSISTA À MATÉRIA

Reportagem visita local em que motorista do Uber foi morto e confirma existência de pichações

Alameda das Palmeiras seria “dominada” por traficantes ligadas a uma facção criminosa. Reportagem teve carro apedrejado quando deixava o local

Por TV Jangadeiro em Vem que tem

26 de julho de 2017 às 18:05

Há 4 semanas

Uma das pichações do condomínio Alameda das Palmeiras. Traficantes visariam coibir ataque de inimigos (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A reportagem do programa Vem que Tem, da TV Jangadeiro/SBT, esteve na rua em que o motorista de Uber Guilherme Maia, de 22 anos, foi assassinado nesse domingo (23), supostamente por desobedecer orientações de criminosos.

O apresentador Nilson Fagata atestou que o local possui pichações com tais ordens, assinadas pela facção conhecida como Guardiões do Estado (GDE).

Ao entrar de carro, abaixe o vidro e, de moto, tire o capacete. Assinado: o crime“, consta em uma das pichações da Rua Rua Palmeira dos Índios, na entrada do condomínio Alameda das Palmeiras, no bairro Ancuri, local em que Guilherme foi morto.

Nilson Fagata conversou com moradores da região, que confirmaram a exigência dos bandidos. Pensa-se que carros com vidros fumê escuros transportam inimigos dos traficantes, contaram.

Uma moradora relata que um carro perseguia Guilherme no momento em que ele deixava o conjunto. Ela, no entanto, não diz ter certeza se foram os homens desse veículo que executaram o motorista e estudante universitário.

No momento em que o carro da equipe do Vem que Tem deixava a Alameda das Palmeiras várias pedras foram arremessadas contra o veículo. Confira a matéria na íntegra:

 

Veja a cobertura do Tribuna do Ceará sobre o caso:

26 de julho — Motorista do Uber assassinado cursava Publicidade em faculdade de Fortaleza

26 de julho — Secretário de Segurança determina foco nas buscas ao assassino de motorista do Uber

25 de julho — Uber nega risco para motoristas, após morte de jovem de 22 anos em Fortaleza

25 de julho — Motorista do Uber foi morto porque não baixou o vidro do carro ao entrar em zona do tráfico

24 de julho — Motorista do Uber é assassinado enquanto dirigia no bairro Ancuri

24 de julho — Motoristas do Uber fazem protesto para reivindicar mais segurança