"Ele olhou e disse: 'você vai levar um tiro", revela professora ameaçada de morte na sala de aula
VIOLÊNCIA

“Ele olhou e disse: ‘você vai levar um tiro”, revela professora ameaçada de morte na sala de aula

Em Fortaleza e na Região Metropolitana, o nobre sonho de dar aula agora se torna um pesadelo

Por TV Jangadeiro em Vem que tem

11 de outubro de 2017 às 14:40

Há 1 semana
O drama de quem dá educação e recebe violência (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O drama de quem dá educação e recebe violência (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Agressões, ameaças e humilhação. Os relatos da violência em Fortaleza têm sido cada vez maiores. O que mais chama a atenção é quando quem esta por trás de todas essas ações são adolescentes e crianças.

O Vem que Tem, da TV Jangadeiro/SBT, conta relatos de professoras brutalmente agredidos por alunos. ” Ele se revoltou e começou a jogar cadeira em mim. Ele subiu na janela, subiu na grade, destelhou a sala, pulou para um terreno, olhou pra mim e disse: ‘a senhora vai levar um tiro, eu vou da um tiro em você”, conta uma professora que não quis se identificar.

Em uma pesquisa recente, dos 10.484  professores cearenses entrevistados, 187 informaram que já sofreram algum tipo agressão à vida dentro de uma escola. 44% do total também conhece outros docentes que sofreram algum tipo de ameaças dos alunos. Em Fortaleza e na Região Metropolitana, o nobre sonho de dar aula agora se torna um pesadelo.

Confira também: 1,8 mil professores recebem gratificação para compensar violência diária dentro e fora de escolas

Veja mais detalhes no vídeo do Vem que Tem da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Vem Que Tem.

Publicidade

Dê sua opinião

VIOLÊNCIA

“Ele olhou e disse: ‘você vai levar um tiro”, revela professora ameaçada de morte na sala de aula

Em Fortaleza e na Região Metropolitana, o nobre sonho de dar aula agora se torna um pesadelo

Por TV Jangadeiro em Vem que tem

11 de outubro de 2017 às 14:40

Há 1 semana
O drama de quem dá educação e recebe violência (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

O drama de quem dá educação e recebe violência (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

Agressões, ameaças e humilhação. Os relatos da violência em Fortaleza têm sido cada vez maiores. O que mais chama a atenção é quando quem esta por trás de todas essas ações são adolescentes e crianças.

O Vem que Tem, da TV Jangadeiro/SBT, conta relatos de professoras brutalmente agredidos por alunos. ” Ele se revoltou e começou a jogar cadeira em mim. Ele subiu na janela, subiu na grade, destelhou a sala, pulou para um terreno, olhou pra mim e disse: ‘a senhora vai levar um tiro, eu vou da um tiro em você”, conta uma professora que não quis se identificar.

Em uma pesquisa recente, dos 10.484  professores cearenses entrevistados, 187 informaram que já sofreram algum tipo agressão à vida dentro de uma escola. 44% do total também conhece outros docentes que sofreram algum tipo de ameaças dos alunos. Em Fortaleza e na Região Metropolitana, o nobre sonho de dar aula agora se torna um pesadelo.

Confira também: 1,8 mil professores recebem gratificação para compensar violência diária dentro e fora de escolas

Veja mais detalhes no vídeo do Vem que Tem da TV Jangadeiro/SBT: 

Veja outros vídeos do Vem Que Tem.