Ultramaratonista de 63 anos soma quase 200 medalhas em provas de corrida
CAMPEÃO

Ultramaratonista de 63 anos soma quase 200 medalhas em provas de corrida

Seu Didi expõe com orgulho as conquistas. Já são 15 troféus de 1º lugar. E detalhe: as corridas mais queridas do cearense são as de longa distância, acima de 42 km

Por Nordestv em Pode Contar

25 de agosto de 2017 às 07:00

Há 2 meses
"Seu Didi" é um verdadeiro exemplo de superação (FOTO: Reprodução Nordestv)

“Seu Didi” é um verdadeiro exemplo de superação (FOTO: Reprodução Nordestv)

Seu José Edilmar, de 63 anos, é um homem que entra na história para deixar a sua marca.  Casado há 36 anos e com três filhos, “Seu Didi” – como é carinhosamente conhecido – é um ótimo dono de casa e um verdadeiro exemplo. Ele trabalha como motorista; mas, nas horas vagas, gosta mesmo é de correr.

Na casa de Seu Didi, 15 troféus de 1º lugar, 11 de 2º e 10 de 3º são expostos com orgulho. Ao todo, o corredor tem quase 200 medalhas. E as corridas são sempre longas: acima de 42 km.

Em entrevistas, ele conta que já viveu uma fase bem difícil. “Eu passei 20 anos bebendo, era campeão no copo. Hoje sou ultramaratonista e tenho orgulho de dizer isso”.

Veja todos os detalhes no vídeo do Pode Contar, da Nordestv/Band:

Veja outros vídeos do Pode Contar.

Publicidade

Dê sua opinião

CAMPEÃO

Ultramaratonista de 63 anos soma quase 200 medalhas em provas de corrida

Seu Didi expõe com orgulho as conquistas. Já são 15 troféus de 1º lugar. E detalhe: as corridas mais queridas do cearense são as de longa distância, acima de 42 km

Por Nordestv em Pode Contar

25 de agosto de 2017 às 07:00

Há 2 meses
"Seu Didi" é um verdadeiro exemplo de superação (FOTO: Reprodução Nordestv)

“Seu Didi” é um verdadeiro exemplo de superação (FOTO: Reprodução Nordestv)

Seu José Edilmar, de 63 anos, é um homem que entra na história para deixar a sua marca.  Casado há 36 anos e com três filhos, “Seu Didi” – como é carinhosamente conhecido – é um ótimo dono de casa e um verdadeiro exemplo. Ele trabalha como motorista; mas, nas horas vagas, gosta mesmo é de correr.

Na casa de Seu Didi, 15 troféus de 1º lugar, 11 de 2º e 10 de 3º são expostos com orgulho. Ao todo, o corredor tem quase 200 medalhas. E as corridas são sempre longas: acima de 42 km.

Em entrevistas, ele conta que já viveu uma fase bem difícil. “Eu passei 20 anos bebendo, era campeão no copo. Hoje sou ultramaratonista e tenho orgulho de dizer isso”.

Veja todos os detalhes no vídeo do Pode Contar, da Nordestv/Band:

Veja outros vídeos do Pode Contar.