Obra de arte de cearense ultrapassa fronteiras e faz sucesso em outros países
ARTE EM MADEIRA

Obra de arte de cearense ultrapassa fronteiras e faz sucesso em outros países

Seu Dedé transforma a madeira em qualquer coisa: é só o cliente pedir. E, além do Brasil, ele tem clientes na Argentina, Itália e Portugal

Por Nordestv em Pode Contar

30 de janeiro de 2017 às 19:11

Há 2 meses
Arte em madeira que ultrapassa fronteiras (FOTO: Reprodução Nordestv)

Arte em madeira que ultrapassa fronteiras (FOTO: Reprodução Nordestv)

Há 40 anos, a madeira virou sinônimo de obra de arte nas mãos do Dedé, um cearense que tem suas obras espalhadas por diversos estados país.

Mas Dede foi além. Ultrapassou as fonteiras do Brasil e tem suas obras em outros países, como Argentina, Itália e Portugal. Ele conta que transforma a madeira em qualquer coisa: é só o cliente pedir.

Das suas obras, a peça mais pedida é o quadro da Santa Ceia. Seguida pela escultura de um cavalo.

O artesão passa 8 horas trabalhando e ama o que faz. Ele conta que, quando chega a noite, não vê a hora de amanhecer para continuar o trabalhando. Veja mais detalhes no vídeo, da matéria do Pode Contar da TV Nordestv/Band:

Veja outros vídeos do Pode Contar.

Publicidade

Dê sua opinião

ARTE EM MADEIRA

Obra de arte de cearense ultrapassa fronteiras e faz sucesso em outros países

Seu Dedé transforma a madeira em qualquer coisa: é só o cliente pedir. E, além do Brasil, ele tem clientes na Argentina, Itália e Portugal

Por Nordestv em Pode Contar

30 de janeiro de 2017 às 19:11

Há 2 meses
Arte em madeira que ultrapassa fronteiras (FOTO: Reprodução Nordestv)

Arte em madeira que ultrapassa fronteiras (FOTO: Reprodução Nordestv)

Há 40 anos, a madeira virou sinônimo de obra de arte nas mãos do Dedé, um cearense que tem suas obras espalhadas por diversos estados país.

Mas Dede foi além. Ultrapassou as fonteiras do Brasil e tem suas obras em outros países, como Argentina, Itália e Portugal. Ele conta que transforma a madeira em qualquer coisa: é só o cliente pedir.

Das suas obras, a peça mais pedida é o quadro da Santa Ceia. Seguida pela escultura de um cavalo.

O artesão passa 8 horas trabalhando e ama o que faz. Ele conta que, quando chega a noite, não vê a hora de amanhecer para continuar o trabalhando. Veja mais detalhes no vídeo, da matéria do Pode Contar da TV Nordestv/Band:

Veja outros vídeos do Pode Contar.