Paralisação dos motoristas rodoviários intermunicipais completa 8 dias

GREVE

Paralisação dos motoristas rodoviários intermunicipais completa 8 dias no Ceará

Mesmo com a paralisação dos motoristas, as passagens continuavam sendo vendidas pela manhã. Usuários reclamam do impasse

Por Nordestv em Nordestv Notícias

17 de julho de 2018 às 18:53

Há 1 mês
Paralisação dos motoristas rodoviários (FOTO: Reprodução Nordestv)

Paralisação dos motoristas rodoviários (FOTO: Reprodução Nordestv)

Um longa fila de ônibus parados e muita gente chateada. Devido a liminares expedidas pelo Tribunal Regional do Trabalho, os grevistas não tiveram permissão para bloquear a entrada e saída de veículos do terminal.

Apenas os motoristas poderiam ser sensibilizados para não deixarem o local. E muitos ficaram de braços cruzados. O carro de som também teve de ficar a 50 metros do acesso ao terminal. Uma das reivindicações dos rodoviários é por melhorias salariais. Eles também são contra a redução de jornada de trabalho de 44 horas para 24 horas semanais.

Mesmo com todo o impasse, as passagens continuavam sendo vendidas pela manhã. A professora Ananka Aylla, que tentava viajar para Teresina, não teve muito o que fazer, a não ser esperar. “Eu acho importante a manifestação deles, mas acho que deveria ser em um horário que não atrapalhasse os passageiros. A gente tem horários a cumprir”, afirma.

Veja mais detalhes no vídeo do Nordestv Notícias, da Nordestv/Band: 

Veja outros vídeos Nordestv Notícias.

Publicidade

Dê sua opinião

GREVE

Paralisação dos motoristas rodoviários intermunicipais completa 8 dias no Ceará

Mesmo com a paralisação dos motoristas, as passagens continuavam sendo vendidas pela manhã. Usuários reclamam do impasse

Por Nordestv em Nordestv Notícias

17 de julho de 2018 às 18:53

Há 1 mês
Paralisação dos motoristas rodoviários (FOTO: Reprodução Nordestv)

Paralisação dos motoristas rodoviários (FOTO: Reprodução Nordestv)

Um longa fila de ônibus parados e muita gente chateada. Devido a liminares expedidas pelo Tribunal Regional do Trabalho, os grevistas não tiveram permissão para bloquear a entrada e saída de veículos do terminal.

Apenas os motoristas poderiam ser sensibilizados para não deixarem o local. E muitos ficaram de braços cruzados. O carro de som também teve de ficar a 50 metros do acesso ao terminal. Uma das reivindicações dos rodoviários é por melhorias salariais. Eles também são contra a redução de jornada de trabalho de 44 horas para 24 horas semanais.

Mesmo com todo o impasse, as passagens continuavam sendo vendidas pela manhã. A professora Ananka Aylla, que tentava viajar para Teresina, não teve muito o que fazer, a não ser esperar. “Eu acho importante a manifestação deles, mas acho que deveria ser em um horário que não atrapalhasse os passageiros. A gente tem horários a cumprir”, afirma.

Veja mais detalhes no vídeo do Nordestv Notícias, da Nordestv/Band: 

Veja outros vídeos Nordestv Notícias.