Moradores denunciam constantes assaltos na Avenida Rogaciano Leite: "não tem quem suporte"
INSEGURANÇA

Moradores denunciam constantes assaltos na Avenida Rogaciano Leite: “não tem quem suporte”

Os relatos de moradores e motoristas que utilizam a via revelam as dificuldades de quem passa pelo local

Por Nordestv em Nordestv Notícias

12 de setembro de 2017 às 17:06

Há 7 dias

Assaltos estão frequentes no local (FOTO: Nordestv/Band)

Os assaltos parecem ter virado rotina na vida dos fortalezenses. A triste realidade também faz parte de quem passa pela Avenida Rogaciano Leite, em Fortaleza.

Os relatos de moradores e motoristas que utilizam a via revelam as dificuldades de quem passa pelo local.

“Aqui é muito perigoso, ninguém consegue ficar na parada de ônibus. Passa uns assaltantes de bicicleta ali no sinal perto da Câmera do Vereadores… é cheio de assalto. Não tem quem suporte o Luciano Cavalcante (bairro)”, conta um mulher que frequenta a região.

Uma outra mulher, que também prefere não se identificar, conta que sofreu uma tentativa de assalto no cruzamento da Avenida Rogaciano Leite com a Rua Monsenhor Carneiro. “Um cara chegou e abordou o nosso carro mostrando uma arma. Estava dentro do carro com meu marido, meu filho e minha mãe. Ele (assaltante) chegou pedindo os nossos pertences. Quando o sinal abriu, meu marido arrancou, o meu medo maior era que ele atirasse”, relata a vítima.

Confira mais detalhes na matéria do Nordestv Notícias, da Nordestv/Band:

Publicidade

Dê sua opinião

INSEGURANÇA

Moradores denunciam constantes assaltos na Avenida Rogaciano Leite: “não tem quem suporte”

Os relatos de moradores e motoristas que utilizam a via revelam as dificuldades de quem passa pelo local

Por Nordestv em Nordestv Notícias

12 de setembro de 2017 às 17:06

Há 7 dias

Assaltos estão frequentes no local (FOTO: Nordestv/Band)

Os assaltos parecem ter virado rotina na vida dos fortalezenses. A triste realidade também faz parte de quem passa pela Avenida Rogaciano Leite, em Fortaleza.

Os relatos de moradores e motoristas que utilizam a via revelam as dificuldades de quem passa pelo local.

“Aqui é muito perigoso, ninguém consegue ficar na parada de ônibus. Passa uns assaltantes de bicicleta ali no sinal perto da Câmera do Vereadores… é cheio de assalto. Não tem quem suporte o Luciano Cavalcante (bairro)”, conta um mulher que frequenta a região.

Uma outra mulher, que também prefere não se identificar, conta que sofreu uma tentativa de assalto no cruzamento da Avenida Rogaciano Leite com a Rua Monsenhor Carneiro. “Um cara chegou e abordou o nosso carro mostrando uma arma. Estava dentro do carro com meu marido, meu filho e minha mãe. Ele (assaltante) chegou pedindo os nossos pertences. Quando o sinal abriu, meu marido arrancou, o meu medo maior era que ele atirasse”, relata a vítima.

Confira mais detalhes na matéria do Nordestv Notícias, da Nordestv/Band: