Filho é incentivado por pai a doar plaquetas: "meu pai sempre me deu os melhores exemplos"
SOLIDARIEDADE

Filho é incentivado por pai a doar plaquetas: “meu pai sempre me deu os melhores exemplos”

Leonardo Rivieira e Leonardo Júnior mostram como o elo de pai e filho pode gerar frutos positivos

Por TV Jangadeiro em Nordestv Notícias

13 de agosto de 2017 às 07:00

Há 6 dias

Exemplo é passado de pai para filho (FOTO: Divulgação Nordestv)

Neste domingo (13) é dia de celebrar a vida de todos que são pais. Movidos pela onda do amor que essa relação pode ter, atos de solidariedade aparecem pela cidade.

Leonardo Rivieira e Leonardo Júnior mostram como o elo de pai e filho pode gerar frutos positivos. Os dois foram juntos ao Hemoce para doar plaquetas.

É um sentimento muito gratificante eu ter incentivado outras pessoas da minha família. Acredito que não apenas pela conscientização, mas pelo sentimento cristão, de saber que tudo que a gente planta a gente colhe. Na vida não é obrigado você semear nada, mas a colheita será obrigatória”, relata Leonardo Rivieira.

Para Léo Júnior, o pai sempre foi um exemplo. “Desde que eu me entendo por gente, meu pai sempre me deu os melhores exemplos. Eu senti vontade de ajudar o próximo, de doar sangue. Eu sei a importância que tem você se dispor a ajudar o próximo”, conta Léo Júnior.

Confira mais detalhes na matéria do Nordestv Notícias, da Nordestv/Band:

Publicidade

Dê sua opinião

SOLIDARIEDADE

Filho é incentivado por pai a doar plaquetas: “meu pai sempre me deu os melhores exemplos”

Leonardo Rivieira e Leonardo Júnior mostram como o elo de pai e filho pode gerar frutos positivos

Por TV Jangadeiro em Nordestv Notícias

13 de agosto de 2017 às 07:00

Há 6 dias

Exemplo é passado de pai para filho (FOTO: Divulgação Nordestv)

Neste domingo (13) é dia de celebrar a vida de todos que são pais. Movidos pela onda do amor que essa relação pode ter, atos de solidariedade aparecem pela cidade.

Leonardo Rivieira e Leonardo Júnior mostram como o elo de pai e filho pode gerar frutos positivos. Os dois foram juntos ao Hemoce para doar plaquetas.

É um sentimento muito gratificante eu ter incentivado outras pessoas da minha família. Acredito que não apenas pela conscientização, mas pelo sentimento cristão, de saber que tudo que a gente planta a gente colhe. Na vida não é obrigado você semear nada, mas a colheita será obrigatória”, relata Leonardo Rivieira.

Para Léo Júnior, o pai sempre foi um exemplo. “Desde que eu me entendo por gente, meu pai sempre me deu os melhores exemplos. Eu senti vontade de ajudar o próximo, de doar sangue. Eu sei a importância que tem você se dispor a ajudar o próximo”, conta Léo Júnior.

Confira mais detalhes na matéria do Nordestv Notícias, da Nordestv/Band: